A tentativa contra Hitler

O Sol estava a pico quando o navio que transportava Dr Julio, GMax e Hitler se aproximava da Condado de Gardenne o que tranformava as cabines internas do mesmo insuportável de ficar por causa do calor.

GMax se encontra na proa do navio admirado com ar da liberdade que a tempos não sentia, Hitler se encontrava escorado no mastro principal pensativo e Julio estava próximo a borda do navio observando o mar.

Julio percebe a movimentação de um homem outro tripulante que havia embarcado de um barco pequeno próximo a Monte Belo, de canto de olho Julio percebe que o homem saca uma pistola e aponta na direção de Hilter, em um ato de reflexo Julio salta de sobre o homem trombando nele com seu ombro o jogando no chão, mas sem antes disparar. Julio caído ao chão desvia seu olhar pra onde estava Hitler que se encontrava meio abaixado e um buraco no mastro principal revelara que o tiro não acertou.

O homem se levanta, Julio instintivamente tenta segurar-lo, o homem consegue se desfazer dos braço de Julio desferindo um soco no olho esquerdo dele.
O homem saca uma adaga e parte para cima de Hitler, Gmax se aproximava com um remo de um bote salva vidas na mão, e consegue desarmar o mesmo com um golpe, o homem se afasta sendo cercado pelos 3 homens, Julio se encontrava perdido pois nunca esteve em um combate corpo a corpo e seu olho doía.
De repente todos escutam um tiro e o home cai, o capitão do navio havia disparado contra o agressor. Hitler se aproxima do homem caído e tenta questionar que o havia mandado, mas o mesmo morre antes de responder qualquer coisa.

O Corpo do homem é levado para porão do navio, e a viajem prossegue mas é nítido a expressão dos 3 homens pensativos sobre o que havia acontecido, uma perguntar era certa na cabeça de todos, “Que havia ordenado o ataque?”.

Condado de Gardenne, já se encontrava a vista.

  • Acho que podemos almoçar no novo restaurante Ristorante Fratelli. - Comenta Julio tentando quebrar a tensão. - A Bisteca Bovina de lá é uma delicia.

Mal tive tempo para comemorar a minha liberdade, minha vida foi ameaçada por algum enviado dos senhores que praguejam contra a prosperidade de Gesébia, que querem me calar, provavelmente, um de muitos.
No acontecimento, fui afastado de meus pensamentos, quando uma pistola foi sacada em minha direção. O grandioso Júlio Cesar salvou minha vida pela segunda vez, partindo para cima do miserável, o que fez com que a bala desviasse de sua rota. Se não fosse por isso, provavelmente estaria morto.
O homem cai, mas se levanta e parte novamente para cima de mim, desta vez com uma adaga, e desta vez quem me salva é GMax. Este desarma o homem, que é cercado por nós, tento inutilmente saber quem havia lhe mandado, mas este morre antes de responder, deixando o mistério no ar. O silêncio só se cessa quando Júlio convida Hitler e GMax para um almoço, e Hitler aceita, com um sorriso no rosto.

[mod=“Stephano”]FAVOR NÃO CRIAR TÓPICOS ALEATÓRIOS, TODA E QUALQUER MANIFESTAÇÃO DEVE SER FEITA EM LUGARES PRÉ-DEFINIDOS, READEQUEM SEUS POSTS, OU SOLICITEM A CRIAÇÃO DE UM TÓPICO CENÁRIO APROPRIADO PARA A SITUAÇÃO[/mod]