Alteração de Meta Fiscal.

[web 100%,500]http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/11/1550242-comissao-de-orcamento-aprova-projeto-que-altera-meta-fiscal.shtml[/web]

Bom vamos debater, meu ponto de vista.

Só por esse trecho “O Governo correu para votar o texto nesta terça, cancelando, inclusive, as votações no Plenário da Câmara.” pra mim já houve quebra da hegemonia da separação dos poderes. Segundo por que no ano da política as contas ficaram no vermelho?

Isso fere a lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000), me deixa com a duvida, ao invés de seguirem a lei, decidem burlar ela e modifica-la?

Bom espero a opinião dos colegas.

Simplesmente, o governo não pode querer gastar mais do que arrecada. Se uma pessoa comum é punida por não quitar suas dívidas, assim deve ser com o governo.

Bom seria se isso ocoresse…

Bem vamos ao assunto, se o governo for punido o problema vai inclusive para o beneficiado da punição,

Ex o pais mais endividado do mundo EUA é punido pela comunidade internacional, e pelos seus credores internos, ele fica sem dinheiro e todo mundo é obrigado a abandonar seus investimentos lá , eles consequentemente quebram criando uma crise internacional muitas vezes piores do que a de 29 , no Brasil a mesma coisa só em proporções menores

HOI3, vc está confundindo COMPLETAMENTE as coisas. As questão não é o Brasil estar ou não estar endividado - que por sinal está como nunca antes, mas por EMPRÉSTIMOS. A questão é que o superávit primário é a diferença entre entradas e saídas, e vamos ter um déficit monstro esse ano, e tão querendo encobrir. Não é questão de estar endividado, é questão de GASTAR MAIS DO QUE ARRECADA e ainda querer ESCONDER isso, BURLANDO a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A questão então é esconder eu entedi isso só tava respondendo o que comentará na primeira resposta ao topico