[Apresentação & Off-Topic] Prime Directive

[thumbnail=center]http://i.imgur.com/SmZwYci.png[/thumbnail]

[align=justify][font=Century Gothic][size=200][tab=30]Espaço. A Fronteira Final.
[tab=30]Data Estelar 77112.6. Estes são os registros do Grupo de Assuntos Espaciais Terranos – GAET -, responsável por coordenar todos os assuntos acerca da exploração espacial da Federação Terrana.

[tab=30]Para um melhor entendimento da situação atual, segue-se um resumo compilado de nossa história recente:

[tab=30]2020 – Uma nova crise mundial coloca o mundo em xeque. Alimentada pela crescente dívida dos países nas últimas décadas, grande parte dos mesmos não conseguiu se recompor, apesar de diversos esforços internacionais.

[tab=30]2023 – Guerra Civil instaurada nos Estados Unidos. A Costa Leste, apoiada pelo Canadá, pretende aumentar os investimentos para recolocar a economia nos eixos, enquanto a Costa Oeste, com apoio do México, procura manter a unidade cortando gastos públicos como subsídios e programas sociais.

[tab=30]2023 – A Europa, encabeçada por Inglaterra e Alemanha, decide por uma unificação total como tentativa de combater a crise instaurada. A nova União Européia abole fronteiras nacionais e inicia investimentos pesados em tecnologia.

[tab=30]2024 – América do Sul em situação crítica. Guerrilhas locais começam a tomar cidades.

[tab=30]2024 – Índia fecha suas fronteiras.

[tab=30]2024 – Egito invade seus vizinhos, com apoio do Irã e Turquia.

[tab=30]2025 – O impasse gerado pelo medo de uma grande guerra nuclear decide a Guerra Civil Americana: são reconhecidos internacionalmente a União dos Estados Americanos (Costa Leste, Canadá e Caribe) e a Confederação da Costa Oeste (Costa Oeste, México e América Central).

[tab=30]2025 – A crise de abastecimento no Japão força o governo a começar a ocupar as ilhas das Filipinas e da Indonésia.

[tab=30]2025 – África do Sul propõe a criação de uma Liga Sub-Saariana, sendo apoiada pela Nigéria e Nova União Africana.

[tab=30]2026 – As Forças Armadas brasileiras depõem o governo e iniciam uma supressão imediata das guerrilhas dentro do país.

[tab=30]2026 – A Federação Russa termina de anexar os antigos países da URSS.

[tab=30]2026 – A China invade a Mongólia, a Coréia e o Sudeste Asiático.

[tab=30]2027 – Austrália pede adesão ao Império Japonês.

[tab=30]2027 – Com a anexação do Oriente Médio e norte da África, é fundado o Novo Califado.

[tab=30]2028 – Brasil invade Venezuela, Colômbia e Argentina, sob alegação de serem o foco das guerrilhas sul-americanas.

[tab=30]2029 – Uruguay, Paraguay e Equador pedem adesão ao Brasil.

[tab=30]2029 – Liga Sub-Saariana aprovada pela maioria dos países ainda livres da África. Os restantes começam a ser anexados pela força conjunta.

[tab=30]2030 – Peru, Bolívia e Chile anexados pelo Brasil. Guianas pedem adesão e são aceitos.

[tab=30]2031 – O governo militar brasileiro convoca eleições gerais, ao mesmo tempo que declara o atual Chefe da Casa Imperial de Órleans e Bragança como Imperador do Novo Império do Brasil.

[tab=30]2033 – Afora pequenos conflitos locais, o mundo vive um clima de paz como não há muito tempo.

[thumbnail=center]http://i.imgur.com/5LCSbH5.jpg[/thumbnail]

[tab=30]2034 – Os Supervulcões de Yellowstone, Taupo, Vilama e Trapps Siberianos entram em erupção. 300 milhões de pessoas morrem na hora ou nos primeiros dias. O mundo entra em desespero.

[thumbnail=center]http://i.imgur.com/VKf5Ffs.jpg[/thumbnail]

[tab=30]2035 – Estudos dão conta de que em 5 anos a lava e resíduos lançados na atmosfera pelos Supervulcões tornará a Terra inabitável ao ser humano. Sem opção, as nações começam a unir esforços para evacuar o planeta. 600 milhões de pessoas já morreram.

[tab=30]2036 – O Posto Avançado Lunar é criado, utilizando um sistema de domos capazes de manter a vida e refletir a radiação espacial. A primeira leva de trabalhadores chega, iniciando a ampliação do complexo. Novos motores de plasma iônico são desenvolvidos, possibilitando que a viagem da Terra à Lua leve somente 24h.

[tab=30]2037 – 500.000 pessoas já vivem na Lua, e a primeira missão à Marte é lançada, com viagem estimada de 3 meses. Na Terra, a contagem de mortos já alcança 2 bilhões, devido à doenças causadas pelo ar cheio de resíduos e pela falta de comida.

[tab=30]2038 – A Lua alcança uma população de 1 bilhão de pessoas, considerado o limite do satélite, e Marte chega a 100.000. Um protótipo de uma nova nave capaz de transportar 5.000 pessoas em animação suspensa é desenvolvido.

[tab=30]2039 – Após dois desastres com os protótipos das naves de transporte, finalmente as mesmas são aperfeiçoadas, com nova propulsão de plasma iônico mais eficiente, movidas à usinas de fusão de hidrogênio sintético e com capacidade para 10.000 pessoas.

[tab=30]01/01/2040 – A última nave de transporte deixa a Terra com destino a Marte. Os números totais da Grande Extinção são assustadores: dos 9 bilhões de pessoas que viviam na Terra quando da explosão dos Supervulcões, agora 1 bilhão vive na Lua e 2 bilhões em Marte, com 6 bilhões tendo morrido, bem como 99% de toda a vida do planeta. Inicia-se a Era Espacial Terrana. Para evitar incongruências indesejáveis, já que a humanidade restante agora habita planetas diferentes, adota-se a Data Estelar como unidade temporal padrão, embora extra-oficialmente muitas pessoas prefiram usar a datação EET.

01(EET) – É fundada a Federação Terrana, com representantes da Lua e de Marte. Iniciam-se pesquisas no intuito de melhorar a produção de comida e as viagens espaciais.

[tab=30]10 – Apesar da cooperação conjunta dos últimos 15 anos, ainda existem diversas divergências internas entre os terranos. Diversas facções surgem, mas todas respeitam o Grande Conselho, em parte pois o mesmo possui representantes de todas as facções. Europa, Titã e Vênus começam a ser colonizados.

[tab=30]15 – Embora melhorias sejam descobertas quase todos os meses nas áreas de produção de energia, comida e engenharia, é unânime a opinião de que o ser humano deverá procurar outros locais mais capazes de suportar a vida. Novos motores, ainda protótipos, são colocados em drones e lançados ao espaço como teste para futuras naves colonizadoras.

[tab=30]20 – A Federação Terrana cria o Grupo de Assuntos Espaciais Terranos, que passa a ser responsável por todas as pesquisas e assuntos relativos à atual e futura exploração espacial.

[tab=30]23 – Um cientista do GAET, ao pesquisar ondas gravitacionais utilizando antigos motores nucleares, descobre como utilizar as mesmas para “dobrar” o espaço, permitindo que uma nave dentro desta “bolha gravitacional” viaje mais rápido que a luz.

[tab=30]27 – Após anos de tentativas, o primeiro Warp Drive é testado com sucesso, ao utilizar a energia quântica negativa do próprio espaço como reagente nos geradores de campo eletromagnético.

[tab=30]29 – Pela primeira vez alcança-se Warp 1, dentro do padrão estabelecido pelo GAET de “a velocidade necessária para se viajar 1 parsec no período de 1 ano”.

[tab=30]30 – Atendendo a pedidos das lideranças das facções, o Grande Conselho autoriza o GAET a permitir à iniciativa privada a exploração espacial e colonização de quaisquer planetas encontrados. Embora pesquisas internas sejam permitidas – e incentivadas – dentro das facções, a única exigência do GAET é que quaisquer descobertas exploratórias devem ser divididos com toda a Federação, e o impedimento de qualquer discriminação imigratória para as futuras colônias, conquanto o governo das mesmas ficará à cargos das facções.

[tab=30]30.1 – Data Atual.[/size][/font][/align]

[align=center]Regras:[/align]

[align=justify][font=Century Gothic][size=150][tab=30]1 – O Objetivo do jogo é colonizar todos os planetas disponíveis enquanto se procura influenciar o Grande Conselho.

[tab=30]2 – Cada um dos players assume o comando de uma das facções, sendo que cada facção possui um bônus específico:
[tab=30]Confederação da Costa Oeste – Bônus de Influência
[tab=30]União dos Estados Americanos – Bônus de Espionagem
[tab=30]Novo Império do Brasil – Bônus de Influência
[tab=30]União Européia – Bônus de Pesquisa
[tab=30]Novo Califado – Bônus de Crescimento
[tab=30]Liga Sub-Saariana – Bônus de Produção
[tab=30]Federação Russa – Bônus de Espionagem
[tab=30]Índia – Bônus de Crescimento
[tab=30]República Chinesa – Bônus de Produção
[tab=30]Império do Japão – Bônus de Pesquisa
[tab=30]2.1 – Bônus:
[tab=30]- Bônus de Influência: +1 de Influência, por planeta, no Grande Conselho
[tab=30]- Bônus de Espionagem: Ações de Espionagem possuem +10 de chance de serem realizadas com sucesso e -10 de chance de serem descobertas
[tab=30]- Bônus de Pesquisa: +1 no ganho de Pontos de Pesquisa
[tab=30]- Bônus de Crescimento: +1 no Crescimento dos Planetas Colonizados
[tab=30]- Bônus de Produção: +1 no ganho de Pontos de Produção

[tab=30]3 – Colonização: O Objetivo principal do jogo é colonizar outros planetas.
[tab=30]3.1 – Um planeta pode ser colonizado pela primeira facção que chegar ao mesmo com uma nave de colonização e que possua a tecnologia necessária;
[tab=30]3.2 – O Crescimento do planeta se dará de forma automática, de acordo com o padrão pré-determinado mais quaisquer bônus e tecnologias que a facção possuir, até o limite permitido pelo tamanho do planeta;
[tab=30]3.3 – Um planeta colonizado passa a produzir à sua facção Pontos de Produção, Pontos de Pesquisa e Pontos de Influência de acordo com sua população e Tipo, mas nunca será inferior a 1/mês.
[tab=30]3.4 – O primeiro planeta colonizado por uma facção passa a ser a capital daquela facção. O Sistema Sol é neutro, comandado pelo Grande Conselho da Federação Terrana.
[tab=30]3.5 – Ao se colonizar um planeta, a nave em questão é “desmontada” para servir de base inicial aos colonos.

[tab=30]4 - Crescimento das Colônias: Por padrão, as colônias levam 4 meses para subirem de Pop, possuindo bônus de acordo com o tipo do planeta:
[tab=30]Gaia: +1
[tab=30]Terran: padrão
[tab=30]Oceânico: padrão
[tab=30]Desértico: -1
[tab=30]Ártico: -1
[tab=30]Estéril: -2
[tab=30]Tóxico: -2
[tab=30]Magma: -3

[tab=30]Em suma, sem contar outros bônus, uma colônia em um planeta tipo Terran leva 4 meses para subir de Pop, uma em um tipo Gaia leva 3 meses, enquanto uma em um tipo Tóxico leva 6 meses, e assim por diante.
[tab=30]4.1 - Níveis: Os níveis das colônias dependem de sua população, e iniciam de acordo com o módulo de colonização utilizado. Basicamente,


[tab=30]Em resumo, um exemplo: Uma colônia em um planeta tipo Terran, sem quaisquer bônus, usando um módulo de colonização básico, inicia com 10.000 habitantes. Após 4 meses, atinge 20.000 habitantes, após 8 meses, 30.000, e assim sucessivamente. Facção, tecnologias e outros bônus diminuem o tempo, e penalidades aumentam o mesmo; o mínimo sempre será, porém, de 1 mês.

[tab=30]5 – Pesquisa: Pesquisas permitem que você faça descobertas (não diga…), permitindo novas construções ou fornecendo bônus diversos.
[tab=30]5.1 – Uma descoberta torna-se pública 10 anos após sua descoberta, quando as demais facções que não a tenham pesquisado ainda recebem o conhecimento da mesma.
[tab=30]5.2 – O tempo necessário para as pesquisas varia conforme a quantidade de Pontos de Pesquisa produzidos pelos planetas colonizados, mais quaisquer bônus e tecnologias. Os custos de Pesquisa: Nível 1= 50, Nível 2 = 100, Nível 3 = 200, Nível 4 = 500, Nível 5 = 1000 Pontos de Pesquisa.
[tab=30]5.3 – Cada facção pode realizar sua própria Pesquisa no campo que desejar. As pesquisas se dividem em 4 grandes grupos: Guerra, Ciências Aplicadas, Exploração & Expansão e Influência & Espionagem.
[tab=30]Guerra: Pesquisas nesse grupos incluem novos tipos de Classes de Naves, bem como novas Armas e Defesas.


[spoil]Naves:
Corveta = 50
Fragata = 100
Destroyer = 200
Cruzador = 500
Encouraçado = 1000
Armas:
Raio:

Canhão Laser = 50
Canhão de Plasma = 100
Disruptor de Prótons = 200
Canhão de Phasers = 500
Mísseis:
Míssil Nuclear = 50
Torpedo de Plasma = 100
Torpedo de Pósitrons = 200
Torpedo de Photons = 500
Outros:
Railgun = 50
Canhão Gauss = 100
Hangar de Caças = 50
Bomba PEM = 50
Defesas:
Camada Extra de Casco I = 50
Camada Extra de Casco II = 100
Camada Extra de Casco III = 200
Escudo de Energia I = 50
Escudo de Energia II = 100
Escudo de Energia III = 200
Armas de Defesa de Ponto = 50
Emissor PEM = 50
Gerador de Camuflagem I = 50
Gerador de Camuflagem II = 100
Gerador de Camuflagem III = 200
Suporte:
Drones de Reparo = 50
Sensores I = 50
Sensores II = 100
Sensores III = 200
Hangar de Bombardeiro Planetário = 50
Hangar de Nave de Transporte = 50[/spoil]

[tab=30]Ciências Aplicadas: Pesquisas nesse grupo incluem construções que melhoram a Produção e a Pesquisa.


[spoil]Produção:
Fábricas Automatizadas = 50
Recyclotron = 100
Mineração em Núcleo Profundo = 200
Pesquisa:
Laboratório de Pesquisa = 50
Centro de Xeno-Pesquisa = 100
Universidade Planetária = 200
[tab=30]Outros:
StarPort = 50
Quartéis de Fuzileiros I = 50
Quartéis de Fuzileiros II = 100
Escudo Planetário de Radiação = 50
Escudo Planetário de Fluxo = 100
Sistemas de Defesa Planetária I = 50
Sistemas de Defesa Planetária II = 100[/spoil]

[tab=30]Exploração & Expansão: Pesquisas nesse grupo incluem a tecnologia necessária para colonizar certos tipos de planetas, novos tipos de Motores e construções que aumentem o Crescimento de um planeta.


[spoil]Colonização:
Gaia = 50
Terran = 50
Oceânico = 50
Desértico = 50
Ártico = 50
Estéril = 50
Tóxico = 50
Magma = 50
Terraformação = 100
Crescimento:
Fazendas Hidropônicas = 50
Fazendas Subterrâneas = 100
Replicador de Comida = 200
Propulsão:
Motor Iônico = 50
Motor Interfase = 100
Motor de Antimatéria = 200
Motor de Impulso = 500
Warp Drive I = 50
Warp Drive II = 100
Warp Drive III = 200
Warp Drive IV = 500
Warp Drive V = 1000
Módulos de Colonização:
Módulo de Colonização I = 50
Módulo de Colonização II = 100
Módulo de Colonização III = 200[/spoil]

[tab=30]Influência & Espionagem: Pesquisas nesse grupo incluem construções que aumentam a Influência e tecnologias voltadas às ações de Espionagem.


[spoil]Influência:
Embaixada = 50
Centro Cultural = 100
Guilda Comercial = 200
Espionagem:
Link Cibernético = 50
Scanner Neural = 100
Treinamento Psiônico = 200[/spoil]

[tab=30]6 – Produção: A Produção de Naves e Prédios nos planetas varia de acordo com os Pontos de Produção do planeta em questão, mais quaisquer bônus e tecnologias.
[tab=30]6.1 - Colônias produzem Pontos de Pesquisa, Pontos de Produção e Pontos de Influência de acordo com sua população, bônus e Prédios existentes. A fórmula é simples: 1(base) + (nível da colônia) + (população/bi) + (Prédios) + (outros bônus) – (penalidades).
[tab=30]Como exemplo, peguemos um planeta com 1 Bilhão e Meio de habitantes, sem prédios ou bônus/penalidades:
1 (base) + 6 (Nível da colônia) + 1.5 (população) = 8.5 Pontos de Pesquisa/Construção/Influência gerados mensalmente.
[tab=30]6.1a – Independente das penalidades, o mínimo que um planeta produz é 1 Ponto de Pesquisa/Construção/Influência por mês.
[tab=30]6.2 – Pontos de Pesquisa ou de Produção não podem ser “estocados”; são utilizados diretamente na pesquisa (global) e na construção (local) atuais. Pontos de Influência, ao contrário, são somados ao “pool” que, a cada novo ano, definirá a composição do Grande Conselho.

[tab=30]7 – Influência: A Influência é um valor que determina, digamos, o “poder” de uma facção dentro da Federação Terrana e, portanto, quão influente ela é no Grande Conselho.
[tab=30]7.1 – A Influência varia de acordo com a população dos planetas colonizados pelas facções e, em menor grau, de acordo com o poder militar das mesmas.
[tab=30]7.2 – Anualmente ocorrem eleições para o Conselho, com o número de membros eleitos de cada facção sendo relativo à Influência que a mesma possua.
[tab=30]7.3 – Quaisquer votações realizadas pelo Grande Conselho levam em conta a Influência das facções na contagem dos votos.
[tab=30]7.3a – Exemplos de votações são sanções por Espionagem, proibição de uso de armas específicas, auxílio econômico, etc.
[tab=30]7.3b – Qualquer votação para ser aprovada deve conseguir 501 votos do total de 1000 votos do Grande Conselho.

[tab=30]8 – Espionagem: Espionagem é a ação de conseguir algo por meios… não ortodoxos.
[tab=30]8.1 – As Ações de Espionagem são:
[tab=30]Roubar Tecnologia – Caso tenha sucesso, uma tecnologia descoberta pela facção alvo é roubada, podendo ser utilizada de imediato. Chance-Base de Sucesso 10, Chance-Base de Descoberta 60;
[tab=30]Espalhar Rumores – Caso tenha sucesso, rumores sobre um planeta são espalhados, atrasando o crescimento do mesmo por 2 meses. Chance-Base de Sucesso 30, Chance-Base de Descoberta 40;
[tab=30]Paralisar Produção – Caso tenha sucesso, a produção do planeta-alvo é paralisada por 2 meses. Chance-Base de Sucesso 20, Chance-Base de Descoberta 50;
[tab=30]Minar Influência – Caso tenha sucesso, o planeta-alvo não produz Pontos de Influência por 2 meses. Chance-Base de Sucesso 30, Chance-Base de Descoberta 40.
[tab=30]8.2 – Ações de Espionagem Descobertas: Uma Ação de Espionagem que tenha sido descoberta tem os seguintes efeitos:
[tab=30]8.2a – Anulação de quaisquer acordos que as duas facções possuam;
[tab=30]8.2b – A Facção que teve a Ação de Espionagem Descoberta não produz Influência por 1 mês.
[tab=30]8.2c – A Facção que teve a Ação de Espionagem Descoberta sofre uma votação de Sanção do Grande Conselho, de acordo com seu histórico de Sanções.
[tab=30]8.3 – Bônus: As Pesquisas Link Cibernético, Scanner Neural e Treinamento Psiônico dão, cada uma, +10 na Chance-Base de Sucesso e -10 na Chance-Base de Descoberta. Independente dos Bônus acumulados, a Chance-Base de Descoberta não pode ser menor o que 10.

[tab=30]9 – Naves: As naves são divididas de acordo com sua Classe, que determina a quantidade de “Slots” que a mesma possui, o que determina quantos equipamentos poderão ser instalados na mesma, bem como seus “Hit-Points”:
[tab=30]Classe Corveta – 10 Slots, 50 HP, Custo-Base 10
[tab=30]Classe Fragata – 20 Slots, 100 HP, Custo-Base 20
[tab=30]Classe Destroyer – 40 Slots, 200 HP, Custo-Base 40
[tab=30]Classe Cruzador – 100 Slots, 500 HP, Custo-Base 100
[tab=30]Classe Encouraçado – 200 Slots, 1000 HP, Custo-Base 200


[tab=30]9.1 – Cada Facção pode customizar suas naves da maneira que preferir, adicionando os Equipamentos que desejar, até o limite de Slots.
[tab=30]9.2 – O Custo em Construção é igual ao Custo-Base + (Total de Equipamentos) / Pontos de Construção do Planeta. Por exemplo, uma nave com função de Scout poderia ser uma Classe Corveta (10) com somente um Motor de Íons, e custaria 15 Pontos de Construção. Um Planeta que produza 5 Pontos de Construção por mês levaria 15 / 5 = 3 meses para construir essa nave.

[tab=30]10.1 – Equipamentos: Os Equipamentos que podem ser instalados em uma nave pertencem a cinco tipos:
Motores: Único absolutamente necessário – afinal, sem um motor a nave não se locomove. Variam desde pequenos (relativamente) Motores de Íons a enormes Geradores de Impulso. P.S.: Considera-se os Warp-Drives inclusos em todos os tipos de motores, sendo atualizados automaticamente; estes motores são considerados para movimentação local (batalhas).
[spoil][tab=30]Motor Iônico: Custo/Espaço: 5, Bônus de Combate: +5
[tab=30]Motor Interfase: Custo/Espaço: 10, Bônus de Combate: +10
[tab=30]Motor de Antimatéria: Custo/Espaço: 15, Bônus de Combate: +15
[tab=30]Gerador de Impulso: Custo/Espaço: 20, Bônus de Combate: +20
[tab=30]Warp Drive I: 1parsec/ano
[tab=30]Warp Drive II: 1parsec/5 meses
[tab=30]Warp Drive III: 1parsec/2 meses
[tab=30]Warp Drive IV: 1parsec/mês
[tab=30]Warp Drive V: 2parsecs/mês[/spoil]
[tab=30]Armas: Por Armas, considera-se qualquer Equipamento destinado a causar dano a outras naves. Variam de simples Canhões Laser e Mísseis Nucleares a Torpedos de Photons e Canhões Phaser. Hangares de Caças também se enquadram nessa categoria.
[spoil][tab=30]Raio:
[tab=30]Canhão Laser: Custo/Espaço: 1, Dano: 2
[tab=30]Canhão de Plasma: Custo/Espaço: 2, Dano: 5
[tab=30]Disruptor de Prótons: Custo/Espaço: 5, Dano: 15
[tab=30]Canhão Phaser: Custo/Espaço: 10, Dano: 40
[tab=30]Mísseis:
[tab=30]Míssil Nuclear: Custo/Espaço: 1, Dano: 5
[tab=30]Torpedo de Plasma: Custo/Espaço: 2, Dano: 15
[tab=30]Torpedo de Pósitrons: Custo/Espaço: 4, Dano: 35
[tab=30]Torpedo de Photons: Custo/Espaço: 5, Dano: 50
[tab=30]Outros:
[tab=30]RailGun: Custo/Espaço: 5, Dano: 15
[tab=30]Canhão Gauss: Custo/Espaço: 10, Dano: 35
[tab=30]Hangar de Caças: Custo/Espaço: 20, Dano: 10x(melhor Arma de Raio disponível), Bônus +10 contra ataques
[tab=30]Bomba PEM: Custo/Espaço: 10, Dano: 0, 10 Bombas orbitais, caso uma consiga passar pelas defesas do planeta, desativa escudos planetários e sistemas de defesa planetária.[/spoil]
[tab=30]Defesa: Por Defesa, considera-se qualquer Equipamento destinado a evitar o dano causado por outras naves. Variam de Camadas Extras de Casco e Escudos de Energia a Defletores, Armas de Defesa de Ponto e Emissores de PEM.
[spoil][tab=30]Camada Extra de Casco I, Custo/Espaço 5, HPx2
[tab=30]Camada Extra de Casco II, Custo/Espaço 10, HPx3
[tab=30]Camada Extra de Casco III, Custo/Espaço 15, HPx4
[tab=30]Escudo de Energia I, Custo/Espaço 5, Absorção de 50 Pontos de Dano de Armas de Raio, após, necessita de 2 turnos para recarregar
[tab=30]Escudo de Energia II, Custo/Espaço 5, Absorção de 100 Pontos de Dano de Armas de Raio, após, necessita de 2 turnos para recarregar
[tab=30]Defletores, Custo/Espaço 10, Absorção de 200 Pontos de Dano de Armas de Raio, de Mísseis e de Cinéticos, após, necessita de 2 turnos para recarregar
[tab=30]Armas de Defesa de Ponto, Custo/Espaço 10, 5x(melhor Arma de Raios) somente contra Mísseis e Caças
[tab=30]Emissor PEM, Custo/Espaço 10, gera um Pulso Eletro-Magnético que desativa todas as Naves e Mísseis na Batalha por 2 turnos (obviamente, Mísseis não voltam pro combate depois…). É utilizado uma vez por combate.
[tab=30]Gerador de Camuflagem I, Custo/Espaço 10, Bônus +10 contra ataques
[tab=30]Gerador de Camuflagem II, Custo/Espaço 10, Bônus +20 contra ataques
[tab=30]Gerador de Camuflagem III, Custo/Espaço 10, Bônus +30 contra ataques[/spoil]
Suporte: Quaisquer Equipamentos cuja função não seja causar ou evitar dano são considerados de Suporte. Incluem Drones de Reparo, Sensores e Hangares de Bombardeiros Planetários, entre outros.
[spoil][tab=30]Drones de Reparo, Custo/Espaço 5, restauram 10 Pontos de HP por turno
[tab=30]Sensores I, Custo/Espaço 10, Bônus de Combate: +10
[tab=30]Sensores II, Custo/Espaço 10, Bônus de Combate: +20
[tab=30]Sensores III, Custo/Espaço 10, Bônus de Combate: +30
[tab=30]Hangar de Bombardeiro Planetário, Custo/Espaço 20, 10 Bombardeiros que tentam atacar a superfície de um planeta, com bônus de +10 contra ataques, para destruir suas defesas
[tab=30]Hangar de Nave de Transporte, Custo/Espaço 20, 10 Naves que transportam 100 Fuzileiros cada para ataque à superfície do planeta[/spoil]
[tab=30]Colonização: São Equipamentos utilizados para colonizar outros planetas, transportando pessoas em animação suspensa.
[spoil][tab=30]Módulo de Colonização I: Custo/Espaço 10, inicia uma colônia com 10.000 habitantes
[tab=30]Módulo de Colonização II: Custo/Espaço 20, inicia uma colônia com 20.000 habitantes
[tab=30]Módulo de Colonização III: Custo/Espaço 30, inicia uma colônia com 50.000 habitantes[/spoil]
[tab=30]10.1 – Novos equipamentos, e versões melhores, são descobertos conforme se realizam pesquisas. Obviamente, os equipamentos devem respeitar a quantidade de Slots das naves onde forem instalados.
[tab=30]10.1a - Modelos antigos podem ser “upgradeados” para modelos novos, estacionando-os em um sistema e “pagando” os Pontos de Construção necessários para todos os Equipamentos instalados.
[tab=30]10.2 – Alguns equipamentos são Únicos, ou seja, somente um de cada pode ser instalado em uma nave. Os Equipamentos Únicos são: Motores, Camada Extra de Casco, Escudo de Energia/Defletores, Emissor PEM, Gerador de Camuflagem, Sensores e Módulo de Colonização.

[tab=30]11 - Planetas: Planetas variam em tipo e tamanho.
[tab=30]11.1 – Tipos: O Tipo de Planeta determina a base de crescimento da população e a produção do mesmo. Certos tipos somente podem ser colonizados com a tecnologia adequada. É possível terraformar um planeta para melhorar seu tipo, desde que se possua a tecnologia necessária.
[tab=30]Gaia: +1 em Crescimento e Produção
[tab=30]Terran: padrão
[tab=30]Oceânico: padrão
[tab=30]Desértico: -1 em Crescimento e Produção
[tab=30]Ártico: -1 em Crescimento e Produção
[tab=30]Estéril: -2 em Crescimento e Produção
[tab=30]Tóxico: -2 em Crescimento e Produção
[tab=30]Magma: -3 em Crescimento e Produção
[tab=30]Cinturão de Asteróides: - (pode ser terraformado)
[tab=30]Gasoso: - (mas sempre possui um satélite)
[tab=30]11.2 – Tamanho: Determina a quantidade máxima de população que pode habitar o planeta. Não tem relação com o tamanho real do planeta, mas sim com o total da área habitável.
[tab=30]Pequeno: 1 Bilhão
[tab=30]Médio: 2 Bilhões
[tab=30]Grande: 3 Bilhões
[tab=30]Enorme: 4 Bilhões
[tab=30]Gigante: 5 Bilhões
[tab=30]11.3 – Terraformação: Após pesquisar a colonização de todos os tipos de planetas, pode-se pesquisar a tecnologia de Terraformação. Com a mesma pesquisada, é possível melhorar o Tipo de um Planeta, ao custo de 100 Pontos de Produção. O Planeta não produz nada (exceto os Pontos de Produção) enquanto estiver sendo terraformado. Um Cinturão de Asteróides pode ser terraformado em um Planeta, isso requer uma nave estacionada no Sistema por 5 anos. O Planeta resultante sempre será do Tipo Magma e de Tamanho Grande. Um Planeta pode ser terraformado antes de ser colonizado, da mesma forma que o Cinturão de Asteróides, requerendo uma nave estacionada no sistema por 5 anos.
[tab=30]11.4 – Satélites: Qualquer Planeta, independente se seu Tipo ou Tamanho, pode possuir um Satélite. Planetas Gasosos sempre possuem um Satélite. Satélites sempre serão de Tamanho Pequeno e de Tipo Estéril, e não podem ser terraformados.

[tab=30]12 – Prédios: Prédios são construções que fornecem bônus na produção de um planeta ou outros efeitos. São liberados através de pesquisas e podem ser substituídos por versões superiores (obviamente o bônus não é cumulativo). O Custo de qualquer Prédio é de 50 Pontos de Produção. Se dividem em 5 grupos: Crescimento, Pesquisa, Produção, Influência e Outros.
[tab=30]Crescimento: Estes Prédios fornecem bônus ao crescimento da colônia, diminuindo o tempo necessário para aumentar a População. Incluem Fazendas Hidropônicas, Fazendas Subterrâneas e Replicadores de Comida; cada um custa 50 Pontos de Produção e dá um bônus de +1 ao Crescimento da Colônia.
[tab=30]Pesquisa: Estes Prédios fornecem bônus na pesquisa gerada pela colônia, diminuindo o tempo necessário para alcançar novas descobertas. Incluem Laboratórios de Pesquisa, Centros de Xeno-Pesquisa e Universidades; cada um custa 50 Pontos de Produção e dá um bônus de +1 aos Pontos de Pesquisa gerados pela Colônia.
[tab=30]Produção: Estes Prédios fornecem bônus na produção gerada pela colônia, diminuindo o tempo necessário para que as construções sejam concluídas. Incluem Fábricas Automatizadas, Recyclotrons e Mineração em Núcleo Profundo; cada um custa 50 Pontos de Produção e dá um bônus de +1 aos Pontos de Produção gerados pela colônia.
[tab=30]Influência: Estes Prédios fornecem bônus na Influência gerada pela colônia. Incluem Embaixadas, Centros Culturais e Guildas Comerciais; cada um custa 50 Pontos de Produção e dá um bônus de +1 aos Pontos de Influência gerados pela colônia.
[tab=30]Outros: Estes Prédios fornecem bônus diversos ou possibilitam outras construções. Incluem:
[tab=30]StarPorts, Custo de 50 Pontos de Produção, permite ao planeta construir naves Espaciais
[tab=30]Quartéis de Fuzileiros, Custo de 50 Pontos de Produção, 5.000 fuzileiros para defesa da superfície no nível I e 10.000 no nível II
[tab=30]Escudos Planetários, Custo de 50 Pontos de Produção, de Radiação dá uma penalidade às naves atacantes de -10 e de Fluxo de -20
[tab=30]Sistemas de Defesa Planetária, Custo de 50 Pontos de Produção, Bases de Mísseis e Defesa Antiaérea contra ataques orbitais, única defesa contra Bombas PEM, Bombardeiros e Naves de Transporte, Chance 50 no Nível I e 60 no Nível II para tentar abater os atacantes.

[tab=30]13 – Acordos: Facções podem realizar acordos entre elas, sem o conhecimento de outras facções. (aka, por MP. Mas, obviamente, o GM deve ser comunicado). Acordos incluem Aliança, Neutralidade, Apoio no Conselho, entre outros.

[tab=30]14 – Guerra: Uma Facção que declare guerra à outra automaticamente entra em guerra com a Federação Terrana e quaisquer outras facções com as quais não possua um Acordo.
[tab=30]14.1 – O Grande Conselho pode votar por declarar guerra à uma facção caso a mesma receba muitas Sanções.
[tab=30]14.2 – Uma Facção que esteja em guerra com outra (ou com a Federação) perde toda a Influência que possuía e não pode mais fazer parte do Grande Conselho.

[tab=30]15 – Combate: Caso uma facção entre em guerra, os combates são realizado automaticamente, de acordo com:
[tab=30]15.1 – Combates Espaciais: Determina-se a “velocidade” das naves de acordo com a relação entre seu tamanho e o motor instalado, mais quaisquer bônus de equipamentos. Os danos são calculados de acordo com as armas instaladas versus as defesas das outras naves. Após 3 turnos, o combate pode terminar em vitória para um dos lados ou empate.
[tab=30]15.2 – Combates Terrestres: No caso de uma invasão, a primeira fase é calculada entre as bombas das naves invasoras versus as defesas instaladas no planeta. Na segunda fase, entre as defesas restantes versus as naves de transporte. Na terceira fase, o combate é entre as tropas invasoras e as tropas defensoras restantes. O lado vencedor detém a posse do planeta.

[tab=30]16 – A Federação Terrana: A Federação possui domínio sobre todo o Sistema Sol, e ainda recebe 10% de toda a Produção e Pesquisa gerados pelas facções, sob forma de tributo (mas tal valor não é considerado nos cálculos internos das facções). Dada à não-necessidade de colonizar fora do Sistema Sol (já que tal foi delegado às Facções) o foco das pesquisas e construções da Federação são armamentos e naves de combate, tornando muito difícil que uma Facção sozinha consiga desafiá-la sem sofrer as consequências.

[tab=30]17 – Viagens espaciais: O tempo que uma nave espacial levará para chegar ao destino depende da Tecnologia de Warp Drive pesquisada. Por exemplo, Warp Drive I tem velocidade de 1 parsec/ano, logo para cobrir uma distância de 3 parsecs levará 3 anos.

[tab=30]18 – Eventos: A cada ano, há 1 chance em 3 de que ocorra um Evento. Eventos são acontecimentos fora do comum, com repercussões que podem ser tanto benéficas quanto prejudiciais. Eventos se dividem em:
[tab=30]Locais, quando afetam somente um planeta ou sistema. São os mais comuns, como uma Febre Turística, uma Peste ou Desvio de Eixo Orbital.
[tab=30]Faccionais, quando afetam toda uma facção, como Impulso Tecnológico, Explosão de Natalidade ou Pirataria.
[tab=30]Galáticos, quando afetam toda a galáxia. São os mais raros, como uma Supernova ou um Buraco Negro.
[tab=30]18.1 - Duração: Eventos podem ser imediatos, ter duração limitada (normalmente 1 ano), necessitar intervenção (sumindo quando o problema for resolvido) ou serem permanentes.

[tab=30]19 – A Rodada: As rodadas, invés de seguirem sempre “pausando” a cada mês, seguem até que uma decisão ou ação seja requerida de algum dos (ou de todos os) players, como quando das eleições para o Grande Conselho no começo de cada ano. Após a atualização da situação, os players terão 24h para enviar as ordens (ou queue de ordens) ao GM, por PM. Caso todos enviem antes do prazo, o GM irá atualizar a situação assim que possível. Caso o prazo se esgote e algum player não tenha enviado as ordens, sua facção não irá realizar nenhuma ação até a próxima “parada”, exceto, claro, as ordens dadas em “queue”.

[tab=30]20 – Jogabilidade Alternativa: Invés de cada player jogar como uma facção, vários players podem controlar, cada um, um aspecto da mesma facção. Um assume a parte política, dentro do Grande Conselho; outro a organização das colônias; outro a coordenação das frotas; talvez outro cuide da pesquisa…[/size][/font][/align]

Player interessados:
Renatowlopez = Califado
Bugado = Liga
Claudio Pontes = Europa
Guilherme Theodoro = Índia
Lagos = Japão
Lord Victor = Brasil
PedroDest = Rússia
Richardlh = China
StormBreaker = União
Wellington = Confederação

Me interessei, mas como o jogo vem do Hiryuu não entendi muito ainda não, mas estou dentro pra tentar jogar esse jogo :wink:.

Fiauei boiando a maior parte da narração mas o pouco que entendi gostei e muito, to demtro

:confused:
Isso qr dizer o q exatamente? Q eu complico demais?

Eu achei mt interessante mas n entendi quase nada :frowning:

Estou dentro! New Empire of Brazil, here I go.

Guerras ficaram deveras inviáveis…
Teremos aliens contra nós?
Porque com High Authority já não pode fazer guerra entre os vassalos(manjadores manjarão)

Pq inviáveis? Seria um Byzantium vs Otomanos…

Como min ser índio, min vai de Índia. :smiley:

Pelo pouco que entendi parace que vai ser mt legal.

Perguntas:

è possivel destroir Planestas (Colonias) de outros players.

As viagesn estelares tem tempos diferentes para tipos de naves.

Por exemplo Na serie BSG As naves bases podem Saltar de sistema em sistema com um alcance mt maior que os Raptors que são uma nave de comando pequena ja os caças não podem saltar… Ou seja para levar uma frota de cassas teria de ter uma nave Transportadora para os mesmos?

Se for preciso de uma nave Base para transportas naves menores uma nova classe sera incorporada?

Sugestão:
Que tal um tipo de nave Mineradora…bem este tipo de nave é civil sendo assim não pode combater é uma nave que serviria para minerar Asterois ou satelites em busca de recrussos para ajudar no crescimento do planeta (Colonia)

Nave De Batalha…Seria uma nave bem maior que as outras com um custo de produção grande…com mais armamentos que as outras naves iria servir de Posto de Comando para frotas que estão em expedições podem ser apenas uma pro frota.
(os atributos você escolhe)

Vamos lá:
1 - Sim (quando em guerra, obviamente)
2 - Sim, dependendo da tecnologia atual
3/4 - Caças e Bombardeiros devem ser “alocados” em uma nave maior (mínimo Destroyer)
5 - Bom, tem a tech/ação de Terraformação q é maomeno isso…
6 - Encouraçado? Além do alto custo em pesquisa, o custo de produção é elevado de forma q raramente se verá algum num early-mid game, e mesmo num late serão poucos…

Lembrando, there’s no money! E todas as naves são “customizadas”, os players pegam o “chassi” e adicionam os equipamentos que quiserem - ou seja, enquanto em uma facção uma Fragata pode ser só um Scout, sem armas, outra pode ter uma Fragata armada até os dentes com Canhões Laser, Torpedos de Plasma e Escudos de Energia (mas ela, obviamente, será mais “custosa” pra construir). Além disso, espero q o foco seja mais “político”, com uma “briga de Influência” dentro do Grande Conselho - facções podem propor embargos, punições ou ajuda a outras facções no Conselho, se acharem que terão apoio suficiente (ou tiverem acordos secretos acerca).

Eu não entendi, a “nave de colonização”, poderia ser qualquer nave?
Nós já possuiremos o mapa do universo ou teremos q explorar?

Qualquer Classe pode ser uma “colonizadora”, basta ter um módulo de colonização. Porém, uma nave só com essa configuração (ou seja, somente o motor e o módulo) seria mais “barata” de se produzir.
EDIT: Adicionei a regra 3.5 (ou algo assim…) sobre isso, pra evitar uma “colonização” infinita com uma única nave…
Sim, haverá um mapa mas, ao mesmo tempo, sim, terá que ser explorado…

Terminei (bom, maomeno…) o “Gerador de Sistema Solar”, não é lá grande coisa, but todavia porém…

Interessante,deveras interessante,provavelmente irei participar,e como sou o unico comunista do IG vou de Rússia,aí vem minha pergunta,teria ideologias ou algo parecido?

Como é a situação inicial das facções?

Pedro… a ideologia é tu q vai definir… as facções somente têm os bônus, de resto, é com o player…

GT, todos no Sistema Sol, com uma Fragata com um Módulo de Colonização I cedida pela Federação Terrana, e cada um decide pra qual sistema solar vai seguir - a primeira colônia da facção se tornará a capital da mesma.

Vc vai passar um mapa, ou a gente vê um mapa interestelar xD ?

Deve você paciência ter, jovem padawan…
(mas só pra não dizer q sou malvado…)


(e, antes q perguntem, não, ñ é em escala “real”, ninguém ia qrer demorar 50 anos pra atravessar a galáxia, né? rsrs)

A diferença é que Byzantium vs Otommans só dá pra ganhar porque é vs IA.
Ainda assim estou dentro.
Vai ter mercadorias, produtos, materias-primas ou algo pra negociar? Assim impulsionaria as relações entre os jogadores talvez mais que o Grande Conselho.
Inclusive, seria bom falar mais sobre ele, já que pelo que notei tá todo mundo meio no vácuo sobre isso que, como você falou, é o foco do jogo.

Mas eu vou ser a IA… :hihi
Vamos a um exemplo, então…
Índia está se expandindo mto mais rapidamente que os outros… Japão se sente ameaçado, mas ñ pode fazer nada sozinho, faz um acordo com Rússia pra que ela o apóie em um Bloqueio, em troca oferece apoio em uma proposta de Auxílio na próxima votação. Com isso, conseguem maioria no Conselho, freando a expansão hindu. UEA está no limite de Sanções de Espionagem, se receber mais uma é expulso do Conselho, propõe uma Anistia geral, após fazer acordo com outras 2 facções na mesma situação. Brasil foi expulso do Conselho, todos estão em guerra com ele, mas Confederados tem mais naves de Bombardeio e Invasão na área, pra evitar (ou ao menos atrasar) q ele tome todos os planetas brasileiros, Liga e China votam por vetar bombas orbitais. O Sistema Sirius é descoberto pelo Califado, mas ele ñ tem ainda a tech necessária pra colonizar os planetas, faz um acordo com Europa pra dividirem o sistema, votando que o mesmo não possa ser colonizado por x anos. Rússia, Europa e China se aliam para liberar a espionagem por 1 ano. Há muitas maneiras de “atrapalhar” uma facção sem ser por meio das armas…
Guerras não são esperadas inicialmente, mas conforme as facções forem ficando mais poderosas e acordos forem sendo feitos e quebrados, pactos de não agressão ou alianças podem fazer com q a independência da Federação Terrana seja uma alternativa bem plausível se se conseguir apoio ou neutralidade da maior parte das facções. Lembrem-se, a Federação não vai sair do Sistema Sol…
Quanto a aliens… The Truth Is Out There…