[CG3] Tratado de Lübeck

[center]Tratado de Lübeck[/align]
[size=150][font=Old English Text MT][tab=30]Sua Majestade Philip I Lancaster, em substituição ao antigo Tratado de Copenhague firmado em 1399, apresenta o Tratado de Lübeck, firmado em Maio de 1517 entre o Reino Unido da Grã-Bretanha, o Reino da Escandinávia e o Reino dos Países Baixos, com as seguintes cláusulas:

  1. Com relação aos interesses mútuos nas terras da América, o Reino Unido da Grã-Bretanha apóia as pretensões escandinavas que tangem do Estreito de Belle Isle ao Estreito da Flórida, bem como de outros territórios que venham a ser de interesse escandinavo na América do Norte; e apóia as pretensões holandesas que tangem da Costa de Pernambuco ao Estreito de Magalhães, bem como de outros territórios que venham a ser de interesse holandês na América do Sul;
  2. Com relação aos interesses mútuos nas terras da América, o Reino da Escandinávia apóia as pretensões britânicas que tangem à terra conhecida como Greenland, aos territórios banhados pelo Mar de Labrador e pela Baía de Hudson, bem como outros possíveis interesses britânicos como a área de ilhas conhecida como “Caribe” e além do Estreito de Magalhães na América do Sul; e apóia as pretensões holandesas que tangem da Costa de Pernambuco ao Estreito de Magalhães, bem como de outros territórios que venham a ser de interesse holandês na América do Sul;
  3. Com relação aos interesses mútuos nas terras da América, o Reino dos Países Baixos apóia as pretensões britânicas que tangem à terra conhecida como Greenland, aos territórios banhados pelo Mar de Labrador e pela Baía de Hudson, bem como outros possíveis interesses britânicos como a área de ilhas conhecida como “Caribe” e além do Estreito de Magalhães na América do Sul; apóia as pretensões escandinavas que tangem do Estreito de Belle Isle ao Estreito da Flórida, bem como de outros territórios que venham a ser de interesse escandinavo na América do Norte;
  4. Apoio diplomático-financeiro-militar entre os três reinos, acerca das pretensões acima, enquanto durarem as boas relações entre os mesmos;
  5. Acesso militar liberado entre os países;
  6. Casamento Real entre as casas de Lancaster, Gryff e Oranje.

[tab=30]Que o Senhor abençoe e ilumine essa aliança.

Alexander Drake, Cavaleiro da Ordem do Dragão
Conselheiro-Mor de Sua Majestade Richard III Lancaster[/font][/size]


[font=Times New Roman]Vossa Majestade Imperial Erik VII Gryf mui aprova e ratifica este tratado. Que as relações entre o reino da Grã-Bretanha e o Império Escandinavo sejam longas e prósperas.

Gud velsigne jer alle,

Leif Erikssen, Magno-Diplomata do Império Escandinavo[/font]

[i]Em nome da Casa da Holanda ratifico este tratado, que a amizade entres os três reinos seja longa e próspera.

Agnietje Van Basten emissário a serviço da coroa Holandesa.[/i]