Contos do Espaço Profundo

Quisera eu saber, @Richardlh… Tudo tranquilo, escudos suportando de boa, no fim da batalha, uma corveta abatida… Tive q dar um contexto pra esse… sumiço… :man_shrugging:

2 Curtidas

Acontece. A inteligência deve ter refeito um cáculo e “percebeu” alguma falha. Ou o contrário. hehehe

2 Curtidas

Uma coisa que eu sempre acho engraçado são os nomes com etnias totalmente variadas nesse globalismo simbólico. Matshediso Iwu, mulher negra com nome masculino [?] de língua desconhecida e sobrenome japonês.

3 Curtidas

Boa observação. kkkkk

3 Curtidas

Stellaris

Contos do Espaço Profundo

Capítulo XIV
Exploração e Colonização

 Rede Terrana de Notícias, 06 de Novembro de 2223

 O crescimento populacional e o constante fluxo migratório fizeram com que nossas colônias atingissem números surpreendentes em poucos anos. Embora tal crescimento demonstre o sucesso da colonização terrana em outros planetas, também traz seus problemas. As colônias de Wendel Prime e Erdosca Prime, apesar de toda a infraestrutura preparada, encontram um grave problema para sua contínua expansão: a falta de moradias.

 Com relatos contínuos de utilização de moradias improvisadas e da cessão de casas já ocupadas para o uso de múltiplas famílias, esse problema tem afetado negativamente a população das colônias.

 Para contornar esse problema, o Governador Vladislav Lazarev iniciou a construção de Distritos Urbanos nas colônias citadas, procurando, em médio espaço de tempo, resolver a questão. Uma decisão acertada, é claro, mas por que esperar a situação atingir esse ponto para então agir?

 Periódico Independente de Ciências, 08 de Janeiro de 2224

 O Departamento de Sociedade anunciou a conclusão do processo de mapeamento do genoma terrano, iniciado anos atrás. Quando questionado das possibilidades de uso de tal feito, o Chefe do Departamento, Cientista Salvadore Saldana, comentou:

 “Por muitos anos o sequenciamento do genoma terrano foi tentado, sempre esbarrando em partes dele que eram muito complexas para serem mapeadas, seja por sua estrutura seja pelas variações existentes indivíduo a indivíduo. Apenas agora, com a tecnologia no ponto que se encontra, foi possível mapear as diferentes variações possíveis e integrá-las ao genoma fixo que já conhecíamos. Entendo que muitos possam achar isso algo quase irrelevante, mas para provarmos as novas possibilidades que isso nos trará, estou anunciando que iniciaremos imediatamente a criação de um Plano de Saúde Genético, para que possamos tratar as doenças da população em nível jamais imaginado. Darei mais informações quando concluirmos essa nova etapa. Obrigado.”

 Aventuras Arqueológicas, 1º de Março de 2224

 As escavações em Ussaldon V seguem em ritmo acelerado. Explorar as ruínas de um planeta alienígena vai muito além do que nossos maiores nomes da arqueologia terrana jamais imaginaram, mas também traz complicações inesperadas.

 Sempre foi curioso o fato de a equipe conviver com cheiros terríveis e nauseantes, mas a recente descoberta da origem desse fedor é ainda mais curiosa, para dizer o mínimo.

 “Realmente não esperávamos encontrar… isso!” – relatou Johannes Krieser, um dos membros da equipe – “Por mais que soubéssemos que o planeta fora habitado por uma espécie que só podemos descrever como roedores humanóides, foi meio chocante encontrar uma área repleta de pilhas de excrementos.”

 “O mais estranho” – comentou Pedro de Matos, outro membro da equipe – “foi que, afora os restos semidigeridos dos habitantes do planeta, essa matéria fecal não possuía outros traços de DNA. É algo extremamente intrigante.”

 Outro membro da equipe, que preferiu não se identificar, disse que uma dessas pilhas de excrementos era “fresca”. Isso é estranho, visto que nenhum sinal de vida foi detectado na superfície do planeta. Também parece preocupar a equipe o fato de que a Capitã Yekaterina Ivanova parece estra sofrendo com a bebida. Será que as descobertas da Capitã têm sido tão inquietantes que ela acabou recorrendo a esse artifício degradante para suportar?

 Log 04-22240329, ISS Luchtaine, 29 de Março de 2224

 Nave de Construção ISS Luchtaine. Data, 29 de Março de 2224. Localização, sistema Durabbius. Situação, ordem de construção de estações de mineração no sistema.

 Periódico Independente de Ciências, 08 de Junho de 2224

 Em entrevista conjunta, os Departamentos de Física e de Engenharia da Tecnocracia terrana anunciaram suas últimas descobertas.

 A Cientista Qiao Hu, Chefe do Departamento de Física, iniciou dizendo que o anúncio foi feito em conjunto porque ambos os Departamentos trabalharam conjuntamente nesse caso. “Embora nossas pesquisas divergissem em seu objetivo, como ambas tratavam da melhor utilização de nossos sistemas no ambiente de zero gravidade de nossa Estações, foi possível a troca de conclusões em diversos pontos entre nossos Departamentos, o que acabou por acelerar ambos os resultados”, disse a cientista, “E com isso pudemos criar laboratórios especializados em pesquisa em zero gravidade, o que deve ampliar as possibilidades de nossas Estações de Pesquisa”.

 Já a Chefe do Departamento de Engenharia, Marie Tremblay, comentou que “A cooperação apenas demonstra que há possibilidade de maior integração, de forma a maximizar nossos resultados. A gravidade zero de nossas Estações traz diferenças substanciais em comparação ao trabalho em gravidade normal, como aqui na Terra. Uma das descobertas é que é mais efetivo construirmos refinarias internas em nossas Estações de Mineração, o que deve ampliar sua capacidade de produção.”

 Mesmo com ambos elogiando os frutos da integração entre os Departamentos, logo afirmaram que, de momento, suas pesquisas seguirão rumos diferentes. Qiao Hu disse que, com a baixa oferta de energia atual, seu Departamento irá priorizar formas mais eficientes de geração de energia, quanto Marie afirmou que continuará a pesquisar melhorias para que as Estações possam ampliar ainda mais sua produção mineral.

 Log 02-22240730, ISS Luchtaine, 30 de Julho de 2224

 Nave de Construção ISS Luchtaine. Data, 30 de Julho de 2224. Localização, sistema Durabbius. Situação, construção da estação de mineração em Durabbius concluída, recebida nova ordem de construção de base estelar no sistema Dimm, checando sistemas da nave para viagem via Hiperestrada.

 Log 01-22240903, ISS Wayfarer, 03 de Setembro de 2224

 Nave de Pesquisa ISS Wayfarer. Data, 03 de Setembro de 2224. Localização, sistema Takhvan. Situação, chegada ao sistema Takhvan via Hiperestrada Dimm, escâneres apontam o que somente podemos considerar ser uma espécie de Portal, embora pareça desativado, iniciando inspeção geral do sistema.

 Portal Última Hora, 03 de Setembro de 2224

 Notícias preocupantes chegam da equipe de escavação em Ussaldon V. Os recentes avanços da exploração do planeta sofrem um revés inesperado quando parte da equipe da ISS Wanderer adoecem misteriosamente. Relatos sugerem que, mesmo utilizando todos os equipamentos de segurança necessários, a abertura de uma câmara selada espalhou uma doença misteriosa entre a equipe. Com parte da equipe sendo tratada da melhor forma possível, atrasos na exploração são inevitáveis. Será essa uma nova “Maldição da Múmia”?

 Comunicado Oficial do Diretor Geral Pietro Giordano, 09 de Novembro de 2224

 “Meus caros terranos, um bom dia a todos. Há muitos anos demos nossos primeiros passos na exploração espacial. Muitas descobertas surpreendentes foram feitas, e continuam a serem, dia a dia. Mas uma das maiores e mais importantes, foi a descoberta de outros planetas capazes de suportar vida. Por anos, os corajosos pioneiros enfrentaram o desconhecido, e colocaram a Tecnocracia em Wendel Prime e Erdosca Prime. Hoje, um novo passo é dado. Pela terceira vez, uma Nave Colonial cruzará o espaço, cheia de pioneiros carregando nossos sonhos e esperanças. A ISS Exodus está pronta para partir, rumo à lua Durabbius IIIa. Muito aprendemos em Wendel e Erdosca, mas isso não diminui em nada a coragem destes bravos, que certamente enfrentaram perigos e dificuldades também. Uma boa sorte é meu desejo a eles, em mais uma aventura terrana. E a todos os terranos, um bom dia.”

 Log 02-22241225, ISS Astute, 25 de Dezembro de 2224

 Nave de Pesquisa ISS Astute. Data, 25 de Dezembro de 2224. Localização, sistema Siccon. Situação, análise dos destroços do combate entre a Strike Force Scylla e Amebas Espaciais concluída, dados sobre Casco Regenerativo e Cultivo de Amebas enviado à Diretoria, iniciando inspeção do sistema.

 Log 02-22250129, ISS Astute, 29 de Janeiro de 2225

 Nave de Pesquisa ISS Astute. Data, 29 de Janeiro de 2225. Localização, sistema Siccon. Situação, inspeção do sistema suspensa, Anomalia detectada na estrela Siccon, padrão inexplicável de interferência, iniciando análise mais detalhada.

 Log 04-22250217, ISS Luchtaine, 17 de Fevereiro de 2225

 Nave de Construção ISS Luchtaine. Data, 17 de Fevereiro de 2225. Localização, sistema Dimm. Situação, construção da Base Estelar concluída, recebida nova ordem de construção de Estações de Mineração no sistema.

4 Curtidas

Stellaris

Contos do Espaço Profundo

Capítulo XV
Nossos Amigos Lavis

 Extraído do diário pessoal da Capitã Sally Charlesworth, 12 de Abril de 2225:

 Investigamos a interferência ocorrendo nas emissões da estrela Siccon. Descobrimos um sinal que só podemos descrever como música. Uma canção complexa, que pesquisando mais a fundo aponta para seu ponto de origem como fora da galáxia. Quem pode tê-la composto, e quão avançados devem ser para transmiti-la de tão longe, de forma a ser refletida pela estrela, é impossível sabermos. Será proposital? Ou um acaso do destino fez com que essa estrela tivesse os níveis exatos de emissão para se combinarem com esse sinal? Talvez nunca saibamos…

 Log 01-22250520, ISS Astute, 20 de Maio de 2225

 Nave Científica ISS Astute. Data, 20 de Maio de 2225. Localização, sistema Siccon. Situação, leituras energéticas incomuns detectadas no planeta Siccon I, iniciando investigação.

 Portal Última Hora, 05 de Junho de 2225

 O Departamento de Colonização informou hoje que iniciou os procedimentos para a colonização de mais um planeta, desta vez Dimm II.

 Embora seja um mundo Desértico, e, portanto, deveras dificultoso para ser colonizado, não foi isso o que mais surpreendeu no anúncio.

 O mais surpreendente é que Dimm II será colonizado por colonos provenientes de nossos vizinhos Lavis Synergetics. Sendo seu planeta natal, Bregglar III, um planeta tipo Savana, estão mais adaptados às condições de Dimm II.

 Esse é um novo passo entre as relações da Tecnocracia e da Megacorporação, fortalecidas desde a troca tecnológica e o tratado de migração assinados anos atrás.

 Log 02-22250613, ISS Wayfarer, 13 de Junho de 2225

 Nave Científica ISS Wayfarer. Data, 13 de Junho de 2225. Localização, sistema Takhvan. Situação, inspeção do sistema concluída, sistema com alta concentração mineral, Portal desativado encontrado necessita avanços científicos para poder ser mais bem estudado, seguindo para inspeção no próximo sistema.

 Extraído do diário pessoal da Capitã Sally Charlesworth, 24 de Julho de 2225:

 Parece inacreditável, mas tudo leva a crer que o que afetou Siccon I foi uma microssingularidade, que atravessou o planeta, mas afetou somente seu núcleo. Com isso, o núcleo do planeta passou a produzir energia de uma forma totalmente nova. Impressionante.

 Rede Terrana de Notícias, 24 de Setembro de 2225

 A expansão terrana segue sem esmorecer. A ISS Exodus pousou em Durabbius Prime, e os colonos já comunicaram o início da construção das unidades básicas para a colonização.

 A terceira colônia terrana demonstra o esforço da Diretoria e de toda a população em fortalecer ainda mais nossa posição no espaço, além da construção de dezenas de estações de mineração em sistemas diversos.

 Além disso, a recente parceria com os Lavis já resultou em uma nova aventura, com uma nave colonial sendo construída na Estação Sol e que será ocupada por nossos vizinhos, rumo ao desértico planeta Dimm II.

 O que mais podemos esperar no futuro?

 Extraído do diário pessoal da Capitã Sally Charlesworth, 16 de Outubro de 2225:

 Siccon é um sistema como nenhum outro que já tenhamos investigado. Outra anomalia foi detectada, desta vez no planeta Siccon III. Além das Amebas Espaciais que aqui estavam, como pode um único sistema ser tão misterioso?

 Comunicado Oficial do Diretor Geral Pietro Giordano, 24 de Novembro de 2225

 “Meus caros terranos, um bom dia a todos. Hoje é um grande dia para todos nós. Desde a descoberta dos Lavis Synergetics habitando Bregglar III, de tudo fizemos para ajudá-los. Troca de conhecimentos, tratados, temos inclusive uma nave colonial sendo construída que os Lavis ocuparão para a colonização de Dimm II. Agora, tenho o prazer de anunciar que, após anos de tratativas, o CEO Petals of Ebony concordou que será muito mais proveitoso para ambos que deixemos de lado essa questão de eles serem um “vassalo” terrano. Os Lavis serão integrados totalmente à Tecnocracia, com todos os direitos que nós terramos temos, e sua fisiologia singular permitirá que façamos o que antes seria impossível para nós. Obviamente, não será do dia para a noite que todos nos adaptaremos, mas o tempo mostrará que somos todos valorosos membros da Tecnocracia Terrana. Um bom dia a todos.”

4 Curtidas

Seria a Tecnocracia a União Europeia e os Lavis o multiculturalismo? :stuck_out_tongue:

3 Curtidas

:thinking:
Se for, espero não ser destruído por dentro… :face_with_hand_over_mouth:

3 Curtidas

Se for, vc será destruído por dentro.

3 Curtidas

Alguns terranos preferem o "Purge.

1 Curtida

Purge é muito pesado, mas uma vassalagem colonizadora até que os Lavis sejam ínfimos e sumam naturalmente… :upside_down_face:

1 Curtida

Quanta raiva contra umas pobres plantas q só querem ganhar dinheiro…

1 Curtida

Stellaris

Contos do Espaço Profundo

Capítulo XVI
Ascendência

 Dezembro de 2225, a ISS Wayfarer detecta leituras irregulares no cinturão de asteróides do sistema Bartyam. Dado o tempo que seria necessário para investigar todo o cinturão em busca da origem, a capitã Naima al-Hazmi decide postergar essa investigação.

 Dezembro de 2225, a ISS Astute foi atingida por um tiro de raspão de origem desconhecida, investigando mais a fundo a trajetória do projétil, descobriu-se tratar de uma bala de catapulta eletromagnética, com ponto de origem provavelmente de uma galáxia vizinha, disparada há bilhões de anos.

 Janeiro de 2226, a Tecnocracia finalmente coloca em operação um sistema de Uplink de Banco de Dados através de bandas quânticas, permitindo que pesquisas a longas distâncias possam ser executadas em sincronia entre planetas e estações de pesquisa. Com isso, fica claro que a constante evolução tecnológica é o caminho a ser seguido, levando a Tecnocracia a uma era de Ascendência Tecnológica. Nas palavras do Diretor Geral Pietro Giordano em seu comunicado oficial, “Tecnologias que seriam indistinguíveis da magia há poucas gerações agora estão ao nosso alcance… Uma nova era de tecnologia começou.”

 Abril de 2226, a ISS Astute finaliza a inspeção do sistema Siccon, resultando que o sistema será deveras interessante para a realização de pesquisas sobre Física e Sociedade.

 Junho de 2226, a ISS Wayfarer detecta sinais de vida na atmosfera do gigante gasoso Bartyam III, e decide investigar mais.

 Agosto de 2226, a ISS Astute localiza fenômenos óticos inexplicáveis em Fir Mathrioz VII a, e inicia a pesquisa sobre essa Anomalia.

 Outubro de 2226, a ISS Wayfarer descobre que os sinais de vida detectados no gigante gasosos Bartyam III pertencem a um ecossistema criado dentro de criaturas flutuantes gigantescas, que suportam colônias de vida menor dentro de seu interior composto por gases mais leves que o ar.

 Novembro de 2226, a ISS Astute determinou que os estranhos efeitos óticos visualizados têm origem em um antigo caça alienígena cujas armas a laser emitem rajadas periódicas, refletidas pela superfície gelada do planeta e assim visualizadas do espaço. As armas laser foram examinadas e utilizam lasers mais avançados que os atuais terranos, emitindo radiação eletromagnética de coloração azul. Realizando engenharia reversa, essa tecnologia está agora a disposição da Tecnocracia, e nossas naves já estão sendo reequipadas com essa variante mais poderosa.

 Dezembro de 2226, as escavações em Ussaldon V descobrem um enorme palácio que, pela tradução, chamava-se “Motel Imperatriz”, sendo talvez o local citado como onde estaria guardado o Rubricador.

 Janeiro de 2227, após concluir a inspeção de Itraben II, pode ser dada como realizada a solicitação do grupo de xenobiólogos terranos, que requereram maiores estudos sobre biosferas extraterranas. Mais uma demonstração da quantidade expressiva de planetas possivelmente habitáveis na galáxia.

 Fevereiro de 2227, com a conclusão da Base Estelar, logo a ISS Luchtaine inicia a construção de Estações de Mineração no sistema Takhvan.

 Junho de 2227, o Departamento de Sociedade coloca em prática o Plano de Saúde Genético, que deve possibilitar o tratamento de doenças ainda em sua faze de gene, melhorando sobremaneira a saúde da população. Logo os esforços se voltam para um melhor meio de centralizar a administração colonial.

4 Curtidas

É, eu sei, tá meio maçante, mas fica meio nisso enquanto a fase de exploração continua… Estou estranhando não ter encontrado ninguém ainda, será q pela primeira vez o RNG me colocou isolado num lado da galáxia? :thinking:

Stellaris

Contos do Espaço Profundo

Capítulo XVII
Integração e… Crise?!

 Comunicado Oficial do Diretor Geral Pietro Giordano, 05 de Junho de 2227

 “Caros cidadãos da Tecnocracia Terrana, bom dia. Hoje venho comunicar a conclusão do Tratado de Integração entre a Tecnocracia e o Lavis Synergetics. Após longos meses de negociação e discussões acerca do nosso futuro em conjunto, nossos amigos de Bregglar III são, oficialmente, parte indissolúvel de nossa população. Embora detalhes de menor importância ainda tenham que ser discutidos, lembrem-se! Assim como na Terra, ainda há poucas décadas, deixamos de lado divisões de etnia, credo ou fronteiras políticas em nome de um bem maior, assim também devemos acolher os Lavis entre nós, pois eles também não querem nada além de um futuro ainda mais brilhante para a Tecnocracia. Estendamos a mão e sejamos amigos de quem for nosso amigo. Que todos nós, terranos ou lavis, tenhamos um bom dia.”

 Reunião Especial de Integração Terrano-Lavis, 05 de Junho de 2227

 - Então senhores, concluímos uma parte do processo de integração, mas imagino que seria bom termos um novo panorama de como ficará nossa situação… Senhor Petals of Ebony, trouxe os relatórios?

 - Certamente, Diretor. Para manter a boa organização dos dados, agrupei-os de forma a melhor discutirmos a situação. Vejam, por favor.

 - Nós Lavis possuíamos um total de 11 Naves de Ataque Rápido, o que vocês chamam de Corvetas. Embora contem com armamento inferior ao da Tecnocracia, acredito que serão uma boa adição.

 - Com certeza… Logo iremos atualizar os sistemas para utilizarem o equipamento padrão da Tecnocracia, mas serão essenciais, embora, Diretor, devo dizer que isso é mais que nossos atuais sistemas possam coordenar em sincronia…

 - Tenho certeza de que logo será resolvido. Também quero colocar que estão sendo transferidos ao comando da Tecnocracia 2 Naves de Pesquisa e Exploração, ou Naves Científicas, bem como 2 Naves de Construção.

 - Também serão adições de suma importância, nessa fase de exploração de nossos sistemas estelares vizinhos. Continue.

 - Bregglar III, nosso planeta natal. Muito mudou desde que nossas espécies travaram contato. Hoje somos o que vocês têm chamado de um Mundo Rural, com nosso foco em mineração e produção de alimentos. 17 bilhões e meio de Lavis habitam o planeta.

 - Entendo. Infelizmente, segundo esse relatório, o planeta está em déficit energético e de bens de consumo. Como isso deve afetar o resto da Tecnocracia?

 - Bem, Diretor… teremos que aguardar o final do mês para que toda a produção da Tecnocracia seja recalculada como um todo, incluindo as transferências interplanetárias…

 - Muito bem, muito bem. Senhor Petals, agradecido pelos esforços empenhados no sucesso desse novo passo em nossa história. É verdade que decidiu se aposentar?

 - De fato, Diretor… Fiz meu melhor nesses anos como CEO, e creio ser hora de um descanso…

 - Felicidades, meu amigo. Quem sabe nossos caminhos não se cruzarão novamente?

 Reunião Especial de Integração Terrano-Lavis, 20 de Junho de 2227

 - Senhor Saldana, senhora Hu, bem-vindos.

 - Obrigado, Diretor. Obrigado por agendar essa reunião com tanta celeridade.

 - Sem problemas. O que gostariam de tratar?

 - Diretor, tenho tido contato com vários grupos menores de nossa, agora ainda mais crescente, população. Vieram pedir meu apoio, e não pude deixar de atendê-los. Quero eu ter a honra de informar que temos um novo partido sendo formado, o Confiança na Igualdade Alienígena. Nossa meta será lutar, junto à Diretoria, por melhores relações entre nós, da Tecnocracia, e quaisquer outras espécies alienígenas que venhamos a encontrar.

 - Muito bem, me parece justo. Nossas relações com os Lavis demonstram que isso é o que todos desejamos para com outras espécies que também queiram ser nossos amigos. Senhora Hu?

 - De minha parte, ocorreu o mesmo. Também várias organizações menores solicitaram meu apoio, e informo que o Partido da Emancipação Galáctica fará o possível para que todos os habitantes da Tecnocracia tenham igualdade de direitos e oportunidades.

 - Não precisam dizer mais nada. Agradeço que tenham vindo me informar diretamente. Façamos o seguinte: convocarei uma reunião da Diretoria para discutirmos vossos requerimentos. De acordo?

 - Perfeitamente, Diretor. Obrigado pelo seu tempo, com licença.

 Reunião Especial da Diretoria Científica, 24 de Junho de 2227

 - Senhores, essa é uma reunião especial, solicitada pelos membros Salvadore Saldana e Qiao Hu, que recentemente assumiram a liderança de dois novos grupos políticos na Tecnocracia. Senhora Hu, senhor Saldana, podem começar.

 - Venho como representante do Partido de Emancipação Galáctica, que conta com apoio de cerca de 18% da população. Conquanto estejamos de acordo com a maior parte das atuais políticas da Tecnocracia, há dois pontos que requeremos revisão. Acreditamos que nossa política de Recolonização deve ser alterada, pois cremos que cada um deve ser livre para decidir onde quer viver, sem ser forçada pelo governo a habitar determinado planeta. Da mesma forma, não deve haver controle de natalidade por parte do governo. Já tivemos experiências como essa no passado da Terra, e nunca deram bom resultado.

 - A solicitação do Confiança na Igualdade Alienígena vem amparada por cerca de 14% da população, e se baseia na atual política de Expurgos da Tecnocracia. Não é possível que hoje, com nosso nível de conhecimento, com as descobertas impressionantes que temos realizado durante nossa exploração do espaço, ainda possa ser permitido que o governo decida se um grupo étnico merece ou não habitar ou viver em determinado local. Isso é uma sombra de nosso passado, de uma época de pensamentos totalitários baseados em preconceitos, que não pode continuar a ser aceita. Também desejamos que a Tecnocracia continue a busca por outras formas de vida extraterranas, mas esse é um ponto menos importante.

 - Obrigado pela explanação. Membros da Diretoria, agora que estão a par das solicitações, peço que reflitam e pensem no bem da Tecnocracia como um todo. Teremos um recesso de uma hora até a votação.

 Uma hora mais tarde…

 - Senhores, não temos por que alongar além do necessário essa reunião. Algum dos senhores deseja ter a palavra? Não? Pois bem, passemos logo à votação.

 - Política de Controle Populacional… Alterada para Proibida, com 78% dos votos.

 - Política de Recolonização… Alterada para Proibida, com 62% dos votos.

 - Política de Expurgos… Alterada para Proibida, com 92% dos votos.

 - Senhores, com isso todas as requisições do Partido de Emancipação Galáctica e do Confiança na Igualdade Alienígena foram aprovadas. Que entrem em execução imediatamente.

 - Antes e finalizarmos a reunião, gostaria de anunciar a promoção dos cientistas Prathamesh Prasad e Neeraj Chandram ao comando das Naves Científicas LSS Seeking Leaf e LSS Drifting Leaf. Mas isso levanta outra questão que eu, como Diretor Geral, trago para apreciação da Diretoria. Nossas políticas de Cidadania e Serviço Militar, Solicito avaliação de que os Lavis passem a ter Cidadania Plena e Serviço Militar Completo dentro da Tecnocracia Terrana. Senhores, teremos mais meia hora de recesso antes da votação, para que analisem essas questões.

 - Política de Cidadania dos Lavis… Alterada para Cidadania Plena, com 59% dos votos.

 - Política de Serviço Militar dos Lavis… Alterada para Serviço Militar Completo, com 81% dos votos.

 - Senhores, agradeço a aprovação das requisições. Que entrem em execução imediatamente. Obrigado pela presença, tenham todos uma boa tarde.

 Log 03-22270624, Departamento de Exploração Espacial, 24 de Junho de 2227

 Dados recebidos do Lavis Synergetics acerca do sistema Ellor, anteriormente explorado pelos Lavis, dados sendo adicionados aos dados de exploração da Tecnocracia.

 Log 02-22270710, ISS Astute, 10 de Julho de 2227

 Nave Científica ISS Astute. Data, 10 de Julho de 2227. Situação, atividade inesperada detectada na superfície congelada de Fir Mathrioz II a, iniciando investigação sobre essa Anomalia.

 Reunião Especial de Integração Terrano-Lavis, 25 de Julho de 2227

 - Senhores, tive acesso aos dados preliminares de nossa situação pós-integração, e parece que teremos que lidar com alguns problemas.

 - Que problemas, Diretor?

 - Iniciar comparativo pré e pós-integração…

 Produção de Energia, queda de +4 para -36 milhões de Créditos/mês, devido principalmente ao aumento da Frota e déficit primário em Bregglar III.

 Produção de Minerais, aumento de +51 para +59 milhões de toneladas/mês.

 Produção de Comida, aumento de +32 para +44 milhões de toneladas/mês.

 Produção de Bens de Consumo, queda de +23 para +11 milhões de unidades/mês.

 Produção de Ligas Metálicas, aumento de +8 para +12 milhões de toneladas/mês.

 Esforços Científicos, aumento de +116 para +202 mil cientistas, devido principalmente pela existência de 2 Laboratórios de Pesquisa em Bregglar III.

 Expansão Administrativa, queda de 85 para 76, devido à maior cobertura administrativa provida por Bregglar III.

 Sistemas Estelares e Planetas Colonizados, aumento de 14 e 4 para 15 e 5, respectivamente.

 População Total, aumento de 21 bilhões para 37 bilhões e meio.

 Estações Espaciais Operacionais, aumento de 1 para 2, destaque para a Estação Bregglar que possui 2 Estaleiros Espaciais.

 Naves Militares, aumento de 16 para 27 Corvetas, acima de nossa capacidade de coordenação completa.

 - Então, senhores, eis nossos problemas. Embora o aumento em nossa produção de minerais, comida, bens e ligas, bem como esforços científicos e mesmo naves militares sejam bem-vindos, estamos com um déficit profundo em nossa produção de créditos energéticos, além do excesso de Corvetas. Sugestões?

 - Bem, se nosso problema é somente a produção de energia, é simples, devemos produzir mais…

 - Construir novos Distritos Geradores? Sim, de acordo… Irei repassar logo essa ordem aos nossos planetas. Mas isso não resolve a questão. Eles vão levar ao menos meio ano para serem concluídos e, dado nosso ritmo de crescimento, ao menos mais 4 ou 5 anos até terem suas vagas de empregos preenchidas.

 - Senhor, estamos quase concluindo melhorias na geração de energia, com um sistema de Modulação de Campo energético, e podemos continuar focando nossas pesquisas nesse ponto, através da criação de um sistema de Gerenciamento de Energia Global.

 - Será útil, claro… Mas também não resolve a questão de imediato.

 - Temos um grande estoque de minerais e comida… podemos vender para as empresas privadas… É um paliativo, até a produção voltar à normalidade…

 - Talvez devamos desativar alguns prédios governamentais… poderá gerar alguma economia, embora será custoso reativá-los depois…

 - Quem sabe diminuir nossa Frota? Não precisamos de tantas naves de prontidão enquanto nem contatamos outras espécies, que aliás nem sabemos se há outras ainda…

 - Não vejo como fechar prédios vá realmente ajudar, além de causar descontentamento e desemprego até que os distritos estejam concluídos… mas vou pedir o descomissionamento de duas Corvetas, por hora.

 - Há outra opção, Diretor… Podemos criar um programa de incentivo ao trabalho nos Distritos Geradores, atraindo técnicos para eles… pode afetar nossa produção de minerais ou comida, mas…

 - Mas estamos com produção em excesso e essas vagas poderão ser preenchidas no futuro… Sim, sim… acho que é o melhor a fazer… Senhores, obrigado pelas sugestões, faremos o possível para que essa crise não perdure por muito tempo. Será apenas um pequeno percalço. Com licença.

4 Curtidas

Quanto evento e quanto reunião. E algumas coisas são realmente bizarras, ao exemplo do palácio Motel Imperatriz que pode estar guardando o rubrificador…

1 Curtida

Ah, @Richardlh… Ficou bem… Burocrático… :face_with_hand_over_mouth:
Tô enrolando pra não ficar só na mesma… Mas acho q logo vem um pouco mais de “ação”…

1 Curtida

Stellaris

Contos do Espaço Profundo

Capítulo XVIII
Colocando as Coisas em Ordem

 Log 01-22270808, LSS Seeking Leaf, 08 de Agosto de 2227

 Nave Científica LSS Seeking Leaf. Data, 08 de Agosto de 2227. Situação, chegada ao sistema Elthir para inspeção, além de ser um sistema triplo foi detectado um buraco de minhoca nas proximidades, caso fosse estabilizado poderia fornecer um meio rápido de viagem para nossas naves.

 Rede Terrana de Notícias, 21 de Agosto de 2227

 Notícias chegam que a ISS Primordial acabou de pousar em Dimm Prime, este que é o primeiro esforço de colonização terrana a contar com o auxílio dos Lavis.

 Mais adaptados ao clima Desértico do planeta, será deles a incumbência de realizar as primeiras construções para a chegada de novos colonos, após o longo treinamento que receberam durante a construção da Nave Espacial.

 Esta é a quarta colônia a ser fundada pela Tecnocracia Terrana, que cada vez mais procura expandir a posição terrana na galáxia, em busca de atender a sempre crescente demanda por bens e serviços.

 Log 05-22271024, ISS Astute, 24 de Outubro de 2227

 Nave Científica ISS Astute. Data, 24 de Outubro de 2227. Situação, a exploração da superfície congelada de Fir Mathrioz VI a não obteve sucesso, não detectando qualquer atividade anormal na lua, mas descobriu que entre o gelo encontra-se um composto químico semelhante ao antigo Sal Estelar Terrano, há muitos anos extinto na Terra.

 Log 05-22271024, ISS Wanderer, 24 de Outubro de 2227

 Nave Científica ISS Wanderer. Data, 24 de Outubro de 2227. Situação, destroços de inúmeras naves espaciais foram detectados na superfície de Itraben I, provavelmente resultado de uma antiga batalha espacial em órbita, estamos investigando em busca de algo que possa ser recuperado.

 Log 03-22271207, LSS Drifting Leaf, 07 de Dezembro de 2227

 Nave Científica LSS Drifting Leaf. Data, 07 de Dezembro de 2227. Situação, sistema Torell totalmente inspecionado, destaque somente para um mundo habitável, Torell II, do tipo Tropical.

 Log 03-22280206, ISS Astute, 02 de Fevereiro de 2228

 Nave Científica ISS Astute. Data, 02 de Fevereiro de 2228. Situação, sistema Fir Mathrioz totalmente inspecionado, sem nenhum destaque além de algumas concentrações minerais e possível uso da estrela como fonte de energia.

 Portal Última Hora, 15 de Março de 2228

 O governo acabou de anunciar que as medidas adotadas para controlar o déficit energético foram um sucesso.

 Antes mesmo de todos os novos postos de trabalhado Técnico serem preenchidos nos novos Distritos Geradores o déficit foi controlado e a Tecnocracia já conta com um pequeno superávit energético.

 A Diretoria informou também que irá procurar ampliar a oferta enérgica nos próximos meses, para evitar uma nova crise. Isso inclui a construção de um Hub Comercial na Estação Bregglar, para conectar o sistema ao comércio interno da Tecnocracia Terrana.

 Log 05-22280501, ISS Wayfarer, 01 de Maio de 2228

 Nave Científica ISS Wayfarer. Data, 01 de Maio de 2228. Situação, investigação dos destroços na superfície de Itraben I concluída, muitas naves se encontram em bom estado, mesmo a batalha tendo ocorrido provavelmente há milhares de ano, novas expedições poderão se aproveitar e realizar grandes descobertas no setor de Engenharia.

 Log 01-22280617, ISS Astute, 17 de Junho de 2228

 Nave Científica ISS Astute. Data, 17 de Junho de 2228. Situação, inspeção da estrela Esmyke detectou que a densidade da estrela é muito maior que o esperado para uma estrela de sua massa, iremos investigar o motivo para essa densidade elevada.

 Log 05-22280901, ISS Astute, 01 de Setembro de 2228

 Nave Científica ISS Astute. Data, 01 de Setembro de 2228. Situação, investigação da densidade superior da anã branca Esmyke descobriu que ela é quase inteiramente composta de carbono cristalizado, sendo literalmente um diamante de proporções estelares.

5 Curtidas

Stellaris

Contos do Espaço Profundo

Capítulo XIX
Besta Despertada

 Portal Última Hora, 10 de Setembro de 2228

 O Departamento de Engenharia, comandado pela cientista Marie Tremblay, anunciou o desenvolvimento de novos escâneres minerais de longo alcance.

 Este novo sistema deve melhorar a localização de jazidas minerais em asteróides e outros corpos celestes, tornando mais eficiente sua extração através de Estações de Mineração.

 Logo em seguida, o Departamento anunciou que começaram o desenvolvimento de uma nova nave militar, de tamanho superior ao das Corvetas atuais. Isso deve propiciar uma maior presença militar da Tecnocracia Terrana para a defesa de nossas colônias.

 Rede Terrana de Notícias, 21 de Setembro de 2228

 Foi recebida com grande euforia pela população de Bregglar III a conclusão da construção do Hub Comercial na Estação Espacial do sistema.

 Com o novo Hub, torna-se muito mais fácil que comerciantes de toda a Tecnocracia Terrana negociem com Bregglar III, gerando uma maior disponibilidade de bens para a população.

 Um aumento na arrecadação é previsto levando em conta o maior número de negócios a serem realizados, isso fortalece ainda mais a economia terrana, logo após a grave crise que se abateu recentemente.

 Log 03-22281023, ISS Astute, 23 de Outubro de 2228

 Nave Científica ISS Astute. Data, 23 de Outubro de 2228. Situação, a inspeção do sistema Esmyke foi concluída, com a descoberta de um enorme planeta tipo Savana, similar ao mundo natal dos Lavis, sendo extremamente adequado para futura colonização.

 Log 01-22290314, LSS Seeking Leaf, 14 de Março de 2229

 Nave Científica LSS Seeking Leaf. Data, 14 de Março de 2229. Situação, inspeção do sistema Elthir concluída, nada extremamente relevante encontrado, exceto o buraco de minhoca localizado nas bordas do sistema.

 Log 03-22290619, ISS Astute, 19 de Junho de 2229

 Nave Científica ISS Astute. Data, 19 de Junho de 2229. Situação, anomalia detectada no planeta Scheddi III, sensores apontam a existência de vida planetária de grandes proporções, expedição sendo preparada para maiores investigações.

 Log 02-22290827, ISS Astute, 27 de Agosto de 2229

 Nave Científica ISS Astute. Data, 27 de Agosto de 2229. Situação, investigação do planeta Scheddi III revelou que a flora local, além de dotada de grandes proporções, consiste em inúmeras espécies predatórias, capazes mesmo de aprisionar um terrano descuidado.

 Portal Última Hora, 05 de Setembro de 2229

 Os esforços colonizatórios em Durabbius Prime chegaram ao ponto que as principais construções foram concluídas e novas levas de imigrantes começam a chegar ao planeta.

 Antes mesmo do crescimento a população foi determinada a construção de um Distrito Gerador, para criar uma margem de segurança energética, tendo em vista que a Tecnocracia atualmente conta com um bom excedente na produção de minérios e comida.

 Comunicado Oficial do Diretor Geral Pietro Giordano, 22 de Setembro de 2229

 “Meus caros cidadãos da Tecnocracia Terran, gostaria de desejar-lhes um bom dia, mas hoje não é um bom dia. Há exatamente uma semana, a equipe de escavação da ISS Wanderer, enquanto explorava as ruínas de Ussaldon V, finalmente localizaram o objetivo de sua missão: o Rubricador, um artefato de origem desconhecida com a habilidade de criar objetos do nada. O que deveria ser motivo de júbilo, entretanto, não terminou bem.

 Enquanto retornavam para a nave, foram atacados por uma criatura cuja transcrição do log da ISS Wanderer descreve como um “dragão espacial”. Ele atacou a equipe e tomou o Rubricador para si. Em uma tentativa de se comunicar com a criatura, a capitã Yekaterina Ivanova descobriu que esse dragão se autodenominava Estilhaço, e que considerava o Rubricador sua propriedade, além de ter sido o responsável pela destruição de Ussaldon V. Com a nave prestes a ser destruída, a capitã Ivanova ativou o sistema de Dobra de Emergência, o que salvou a nave mas nos fez perder contato até que estejam novamente ao alcance de comunicação.

 Infelizmente, isso não é tudo. Logo após a ISS Wanderer escapar, o dragão atacou a nossa Base Estelar no sistema. Uma única rajada de energia da criatura destruiu completamente a estação. Não há sobreviventes.

 Por essa razão, estou declarando o sistema Ussaldon uma Zona Proibida. Toda e qualquer nave da Tecnocracia Terrana está terminantemente proibida de se aproximar. Lamentamos as centenas de vidas perdidas, e uma promessa está sendo feita: iremos vingá-los. Iremos direcionar nossos esforços em fortalecer nosso poderio militar, para que o mais cedo possível essa ameaça à Tecnocracia seja erradicada. Essa é uma dívida que será paga, fiquem certos disso.”

5 Curtidas

Diplomacias, administrações, colonizações e finalmente ação :smiley:

Movimento anti-alienígena hahahahaha
Brincadeira à parte, eu não integraria eles não, melhor um vassalo mesmo.

2 Curtidas