Cosmopolitismo vs Nacionalismo

[tab=30] Bem, eu gostaria de saber a opinião de vocês e como vocês se posicionam entre o Nacionalismo e o Cosmopolitismo, mas antes, uma breve definição de ambos:


Nacionalismo:
o nacionalismo apresenta uma definição política sobretudo da sua preservação enquanto entidade, por vezes na defesa de território delineado por fronteiras terrestres, mas, acima de tudo nos campos linguístico, cultural, etc., contra processos de destruição identitária ou transformação. Simplificando, o Nacionalismo prega a identificação e a defesa de bordas entre países, marcadas entre culturas, e na defesa da soberania do país ao qual o indivíduo pertence;


Cosmopolitismo:
é um pensamento filosófico que despreza as fronteiras geográficas imposta pela sociedade considerando que a humanidade — ou, ao menos os cultos — segue as leis do Universo (cosmos) — isto é, considera os homens como formadores de uma única nação, não vendo diferenças entre as mesmas, avaliando o mundo como uma pátria. Simplificando, o Cosmopolitismo prega a união entre a humanidade, não crendo em diferenças raciais ou culturais, tendo como única base o fato de que todos são seres humanos; Alguns dicionários o descrevem como sendo: “Atitude ou doutrina que prega a indiferença ante a cultura, os interesses e/ou soberanias nacionais, com a alegação de que a pátria de todos os homens é o Universo”.

Debatam. :wink:

Tipo, debater o que? Se nós apoiamos um ou outro ou oque? Não entendi o que tu falou em “Como vocês se posicionam entre o…”

Hj em dia não há mais campo para nações (ou povos, ou pessoas) se portarem nacionalisticamente.

Ora Templário, se vc se considera um Cosmopolita ou um Nacionalista, simples, e discuta qual vc acha melhor…

Não?? Já ouviu falar em Israel ou EUA?

EUA q importa praticamente tudo? Desde o menor dos componentes eletrônicos até comida? Israel idem? Sério q vc acha isso um bom exemplo de nacionalismo?

Vc acha q restringir entrada de imigrantes é uma atitute cosmopolita de quem acredita q todos os povos são irmãos ???

No mundo de hj ninguém é totalmente nacionalista nem totalmente cosmopolista,simples e facil…

Eu ñ disse q os EUA são cosmopolitas, eu disse q ñ há como se portar nacionalisticamente em um mundo onde pra tudo você não depende mais somente de seu país

Hiryuu vc sabe quano surgiu o comércio?? então a partir dessa data na sua visão é impossivel uma pessoa ser nacionalista,foi oq eu entendi pelo menos

Tudo tem que se adaptar,ser nacionalista hj é diferente de ser nacionalista na década de 30 por exemplo,hj em dia graças a globalização ninguém é nacionalsita 100% como seria uma pessoa na década de 30 mas ela pode buscar defender sua cultura e seu país perante o mundo ainda assim. E sem contar que nacionalista não quer dizer apenas defender sua nação contra as outras,ser nacionalista pode ser vc ajudar a construir sua nação sendo simplesmente um bom cidadão,se involvendo na politica,tentar melhorar as coisas,valorizando sua cultura etc.

Mas é da globalização q eu estou falando, principalmente depois da “explosão” da internet. O q eu qro dizer é, uma coisa é vc ser nacionalista quando possui uma visão simplista (sob certos aspectos) do estado enquanto nação (ou seria nação enquanto estado? sempre me confundo), outra é quando vc sabe (ao menos teoricamente) da interdependência do seu país em relação aos outros. Não estou falando somente do comércio, mas também do tráfego cultural

Cosmopolitismo, sei lá, não gosto de ver o mundo dividido em culturas diferentes, religiões, raças e etc… São causas de muitas guerras por ai

Eu sou cosmopolita isso não é novidade para alguns, o nacionalismo ao meu ver é uma ideologia muito ultrapassada e mesquinha, acredito que podemos amar a nossa pátria mas não devemos esquecer que somos uma única civilização, existem diversas culturas mas somos em essência todos iguais, temos os mesmos antepassados, evoluímos no mesmo planeta, vivenciamos as mesmas catástrofes e glórias.
Acredito que a humanidade está caminhando aos poucos para a Unificação Global oque ao meu ver é inevitável pois cada vez mais nos aproximamos, mesclamos nossas culturas, criamos novas formas de viver e de pensar, até mesmo as barreiras nacionais estão sendo ultrapassadas e velhos inimigos se tornam aliados para enfrentar as mais diversas ameaças.
O Mundo está em constante mudança e nós também, há pouco tempo víamos os noticiários falando sobre as tensões entre o Ocidente e Irã, hoje em dia vemos uma aproximação (lenta mas existente) entre o ocidente e o Irã.

“Tudo Muda e o tempo não para por que quem faz a história somos nós.”

É só eu que não consigo enxergar de jeito nenhum essa harmonia toda??? estamos mesclando nossas culturas fato mas a Catalunha vem mesclando a sua culutra com o resto da Espanha a séculos e até hj eles querem se separar. Na minha opinião um governo global seria um desastre,se no Brasil já vemos como é difícil fazer um páis igualitario onde infelizmente a maior parte da riqueza e da infraestrutura fica somente em uma ou duas regiões imagina em um governo mundial,se mesmo com as soberanias nacionais um país consegue explorar outro imagina em um estado unico mundial isso aconteceria com muito mias frequência. E nem existe vontade pra isso,governo mundial só surgiria caso enfrentassemos um inimigo exterior(sim et’s).

E na minha opinião o Irã é um exemplo de país nacionalista atual,não cedeu as seus objetivos e nem a sua cultura em troca da simpatia mundial e da exploração tbm,defendeu os interesses próprios acima de tudo,e isso pode não ser bonito mas é realista ,sem isso talvez o Irã se tornasse o próximo Iraque.

Se o Irã fosse tão nacionalista ñ teria aceitado o tratado de diminuição do poderio nuclear em troca do afrouxamento de sanções comerciais.

Eles fizeram isso ?? faz tempo que não vejo noticia sobre eles. Bom mas até agora eles fizeram bastante pra tentar manter os EUA longe,se tornaram praticamente uma potência militar,talvezs o unico país no Oriente Médio q o exército regular de um certo trabalho aos EUA.

Nisso concordo. Mas é como eu disse, por mais q o país seja nacionalista, vai sempre depender do exterior, ou vai acabar como uma Cuba da vida…