Crusader Kings II Como Recurso de Escrita

Poucos simuladores criam histórias tão complexas e credíveis como o Crusader Kings 2, principalmente com todas as suas expansões. A minha dúvida prende-se à possibilidade de qualquer pessoa poder usar de forma minimalista e abstrata o motor de jogo Crusader Kings 2 para escrever romances medievais fictícios com personagens semi-históricas. O problema maior neste caso chama-se direitos de autor do livro, que pertençam à Paradox, como criadora do jogo que criou a história ou parte dela. A questão pode ser retirada se a pessoa tentar limitar a influência do jogo na história? A partir de que ponto o uso de ideias retiradas do jogo pode ser considerado uma violação de copyright? E o seu uso para escrita recreativa de livros é permitida? Sou um bocado leigo nestas matérias. :help

Olha, a Paradox tem um Authorization Letter sobre direitos de uso de seus jogos, mas é pro YouTube…
forumcontent.paradoxplaza.com/pu … 151130.pdf

Afora isso, desde q se trate de fanfictions/AARs, normalmente não há problemas, pelo que sei, desde que não haja ganho financeiro.

Não há problemas, se não citar nominalmente a engine do jogo. Mesmo.

Se ficar claro que se utilizou do jogo (ou de partes dele) para obter ganhos financeiros, torna-se necessário o pagamento de direitos autorais.