[DH] ☭A Tempestade do Leste☭

[center]☭A Tempestade do Leste☭[/align]

[font=Palatino Linotype][size=150][justify]Sim, para a surpresa de quase todos que frequentam este fórum irei escrever uma AAR liderando a URSS. Não irei revelar os objetivos aqui e futuramente quem acompanhar irá entender o porquê.

Esta AAR abordará uma história alternativa que irá se desenrolar a partir de uma pequena modificação que fiz no jogo. E se Hitler não tivesse chegado ao poder na Alemanha? A AAR terá como fundo uma história de minha autoria que poderá estar direta ou indiretamente ligada com o gameplay ou mesmo não ter nada a ver, vai depender de diversos fatores. Independente do que ocorrer, irei ao fim de cada capítulo postar imagens e fornecer uma explicação básica do que aconteceu enquanto a história principal se desenrolava.[/align][/size][/font]

Jogo: Darkest Hour + New World Order 2
País: União Soviética
Cenário Inicial: 1933
Dificuldade: Normal
Agressividade: Agressive

[justify]Sem mais a acrescentar deixo vos este belo vídeo musical para animar o vosso coração enquanto aguardam o Prólogo/Primeiro Capítulo.[/align]
[BBvideo 640,400]http://www.youtube.com/watch?v=Ma0HWG3pQTU[/BBvideo]

ÍNDICE

Prólogo

Capítulo I

Capítulo II

Capítulo III

Capítulo IV

Capítulo V

Capítulo VI

Capítulo VII

Capítulo VIII

Capítulo IX

Capítulo X

Capítulo XI

Capítulo XII

Capítulo XIII

Capítulo XIV

Capítulo XV

Capítulo XVI

Capítulo XVII

Capítulo XVIII

Capítulo XIX

Acompanharei. Morte à URSS! :mal

Fiquei surpreso realmente. Viva a Mãe Rússia!!!

Será interessante…

Esse mod é muito daora! Os eventos da Guerra Fria, como o “Bloqueio de Berlim”, a “Crise dos Mísseis”, a “Crise do Estreito de Taiwan”, e outras podem desencadear a WW3 facilmente… Em um jogo eu não suspendi o bloqueio de Berlim, e os aliados deram pra trás. E a melhor parte é a corrida espacial…

Até pensei em fazer um AAR com a URSS nesse mod, para depois lançar o meu possível AAR de Stellaris com uma “União Socialista da Terra”, mas deu preguiça de reinstalar o DH e jogar tudo novamente. Estarei acompanhando :slight_smile:

Acompanharei, quero ver se dessa vez o socialismo vai triunfar :mal

Aí está uma coisa que eu gostaria de ver como seria o procedimento…

Vai torcer contra mim? Se bem que eu mereço por jogar com a URSS kkkkkk

De todas as nações do DH tu vai ficar logo com essa? Pô, Jord, aí tu quebra tuas pernas, mestre :hehe

[center]PRÓLOGO[/align]

[center]A liberdade é uma coisa tão preciosa que deve ser racionada - Lenin[/align]

[justify][font=Palatino Linotype]Já se passaram 16 anos desde a revolução, o povo soviético agora sob a liderança de Stalin vive um tempo de paz, porém de grandes dificuldades e desafios à frente. Uma grande fome assola as terras soviéticas ao leste, as províncias na Ucrânia vêm sofrendo uma cruel repressão por parte do governo de Moscou e milhões de cidadãos são mortos pela fome ao terem seus alimentos confiscados pelo governo. Apesar da forte resistência dos camponeses ucranianos à coletivização de suas terras, a revolução não será interrompida, essas são as ordens do Camarada Stalin.

Buscando atingir o plano quinquenal proposto pelo governo e visando uma rápida industrialização do estado soviético, os trabalhadores são submetidos a trabalharem de 16-18 horas por dia, apesar do aumento da produção e do grande desenvolvimento da indústria pesada a população sofre com as dificuldades econômicas e a repressão por parte do governo.

O governo soviético mantém uma política isolacionista, algo que o beneficiou no cenário econômico mundial agora terrivelmente afetado pela quebra da bolsa de Nova York em 1929. Talvez a queda do sistema capitalista já tenha começado e ainda não percebemos. A sociedade soviética vive um período de transição rápida de uma economia agrária para uma sociedade industrializada. Porém o cenário mundial está mudando e novas medidas deverão ser tomadas visando a grandeza do povo soviético.[/font][/align]

[center]Terça feira negra, o dia da quebra da bolsa de Nova York[/align]

[justify][font=Palatino Linotype]Lenin esperava que a revolução bolchevique na Rússia desencadeasse uma revolução mundial por meio da classe trabalhadora, porém a desorganização da internacional comunista no cenário mundial bem como as medidas adotadas pelas potências aliadas visando impedir que o “vírus vermelho” se espalhasse, terminaram por acabar com o sonho de Lenin. Agora Stalin consciente da inviabilidade dos planos de Lênin tem outros planos para o mundo e para a União Soviética, que planos são esses? Por ora um verdadeiro mistério.

No dia 20 de março de 1933 observa se uma grande agitação nas ruas de Moscou, vários aviões bem como veículos oficias tem chegado à cidade durante os últimos dias, várias autoridades de todos os distritos soviéticos, comissários do povo, comandantes do exército vermelho e membros da alta cúpula partido comunista. No dia 20, várias destas figuras importantes se dirigiam ao Kremlin, sede do governo soviético. Entre estes que se dirigiam ao Kremlin estava um carro civil, sem identificações oficiais ou símbolos militares, no volante está um jovem major de 33 anos, Alexander Gradenko, conhecido por seus feitos durante a revolução. Ao seu lado está a sua assistente Nadia Volkova, uma jovem tenente que demonstrou grande habilidade na arte de obter informações. Dadas as suas habilidades naturais a carreira de Nadia no exército soviético parece promissora, porém ainda é cedo para definir qualquer coisa, e em tempos de tamanha incerteza não se pode ter muitas esperanças.[/font][/align]

[center]Moscou em 1933, com destaque para o Teatro Bolshoi[/align]

[justify][font=Palatino Linotype]O carro segue pelas ruas de Moscou, Gradenko quebra o silêncio ao se dirigir a Nadia.

  • Pedi que você obtivesse informações mais detalhadas sobre onde estávamos nos metendo, como você não descobriu nada?

  • Não descobri por que realmente não existem informações oficiais sobre o motivo de estarmos indo para o Kremlin neste momento, o que sabemos é que o Camarada Stalin reuniu as principais autoridades soviéticas com objetivo de organizar algo que seria, segundo minhas fontes algo grandioso.

  • Tenho minhas dúvidas sobre o Camarada Stalin, o homem tem demonstrado claros sinais de desequilíbrio bem como um egocentrismo extremamente perigoso para aqueles a sua volta. Arrisco dizer que existem interesses bem mais sombrios por trás de algo tão mal explicado.

  • Seja como for acredito que seja melhor que o senhor guarde a sua opinião para si próprio, ambos sabemos como são tratados aqueles que duvidam da liderança do Camarada Stalin.

  • Sabe que confio em você Nadia, além do mais não estou traindo meu país estou expondo minhas preocupações apenas.

  • Hoje em dia isso é mais que o suficiente para prenderem você.

  • Entendo, não se preocupe, conheço muito bem o terreno onde piso.

  • Espero que sim…

O veículo segue pelas ruas da cidade e seus ocupantes permanecem em silêncio até seu destino. Gradenko é muito conhecido entre os militares por seus feitos durante a revolução bem como após ela por ter ajudado na prisão de diversos traidores do povo. Apesar de sua patente não tão alta, o prestígio que possui tem dado a ele acesso a informações de nível bem mais alto. O que quer que tenha trazido tantas figuras importantes a Moscou neste dia é óbvio que algo importante está para acontecer agora ou em breve. Eles ainda não sabem, mas o mundo está prestes a mudar…[/font][/align]

Como eu expliquei no começo, acompanhe e você entenderá, vai valer a pena. :wink:

Jord, boa introdução com dois personagens sendo apresentados. Contudo dá uma revisada no texto pois há alguns erros de português.

De q erros vc fala? Já corrigi vários, é q escrevo com pressa e vou consertando depois. Manda mp por favor.

Gostei de prólogo. Será um Grande Expurgo antecipado? :mal
E como eu disse bem antes, acompanharei sim :wink:

Tempos sombrios à frente…

Reli e não achei os erros. Tu já deves ter corrigido.

O Urso vai pintar o mundo de vermelho.

Acompanhando Jord!

Imaginei um urso com uma canetinha de cor…

Ele vai tentar…

Cheirinho de morte !