[EMPRESA] Bryggeri Bohemisk

[center]A Bryggeri Bohemisk[/align]

[font=Times New Roman][size=150]Criada em 20/12/1890, a tradicionalíssima Cervejaria Bohêmia -Que leva o nome do bairro onde foi fundada- oferece os mais tipos de cervejas para os trabalhadores de Gesébia.
A cerveja é feita nos fundos da Cervejaria, fórmulas antigas e ingredientes friamente selecionados fazem desse cervejaria -A primeira e única do Império- umas das mais conceituadas no mundo.

Werik.php

Dados Empresariais:
[spoil]

[/spoil][/size][/font]

Após um dia extremamente cansativo, o Chanceler decide relaxar um pouco, dispensa a sua guarda e com o seu revólver dentro do terno ele se dirige para a tradicional rua dos Boêmios, ao chegar lá ele saúda alguns civis e políticos, após algum tempo ele vê um novo prédio, elegante e bem decorado que chamava a atenção, após pensar um pouco ele decide por entrar.

[font=Century Gothic]Boa tarde, me traga um copo da sua melhor cerveja.

  • Sim… Vossa Excelência - dizia o garçom após dar uma leve gaguejada já que não era todo dia que o Chanceler aparecia nas redondezas.

Após alguns minutos o garçom trouxe a cerveja e a depositou gentilmente sob o balcão onde o Chanceler se encontrava, o mesmo começou a degustar aquela novidade.[/font]

Após a visita inesperada do chanceler, o dono da cervejaria, Erwin, Foi cumprimenta-lo e agradece-lo pela ilustre visita.

Boa tarde senhor, parabéns pela cervejaria, é a primeira que eu vejo por essas terras, faz me lembrar dos meus tempos na escócia hohoho

apos um dia muito cheio , Carlos resolvera descansar um pouco na cervejaria bohemia

Garçom traga+me um copo de sua melhor cerveja

o garcom o traz a cerveja e enquanto bebe um gole bem demorado, chama o Erwin para uma conversa

Erwin então sentou-se ao lado de seu sócio e começou a falar de como era bom abrir o próprio negócio e seus planos futuros, um jovem entusiasmado. A única coisa do que reclamou foram dos impostos aos pequenos empresários, que não são incentivo à quem deseja abrir uma empresa.

Após um exaustivo dia de trabalho, Erwin vai para a sua cervejaria e pede um copo da melhor cerveja alemã

Após cuidar de alguns assuntos relacionados ao Partido Nacional, o Conde vai até a sua cervejaria predileta, vai até o balcão e pede uma caneca de cerveja.

Após conversar com alguns cidadãos nas redondezas, o Conde vai a tradicional cervejaria, ainda trajando o seu “uniforme tropical” ele vai até o balcão e pede uma caneca de chopp, lá mesmo ele a bebe e conversa com outras pessoas que não o reconhecem sem a sua barba e o tradicional terno preto.

[tab=30]Stanislau,que estava a conversar com o garçom do estabelecimento sobre a Rússia,devido a ele ter origem russa,viu que a hora estava tarde e se despediu do mesmo,indo em direção a sua casamata.

Após resolver alguns assuntos no palácio, o Chanceler se dirigiu a tradicional cervejaria bohêmia, cumprimentou os presentes e foi até o balcão, pediu uma bela caneca de cerveja e ficou em silêncio observando o movimento.

Pela noite, alguns representantes do Grupo Empresarial Hohenzollern vão até a Cervejaria Bohêmia, para coletar os dados administrativos da antiga gestão para que possam ser atualizados e regularizados.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Uma equipe proveniente do GEH chega na Cervejaria Bohêmia para fazer uma avaliação dos danos causados pelo terremoto. Apesar de não ter sido incorporada oficialmente ao Grupo Empresarial, é uma das propriedades recém adquiridas pelo Sr. Hohenzollern e, merece devida atenção igual todas as outras.
Ao terminarem a avaliação, os membros da equipe elaboram o rascunho de um relatório que será enviado, posteriormente, até a sede do Grupo Empresarial, e pedem para o garçom uma cerveja.

[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

A noite estava fria quando Beny e mais dois comparsas entram na cervejaria para beber e se de divertir, a calmaria dos últimos dias incomodava o imperativo Beny. Ninguem previa que o um simples incidente daquela noite animaria muito mais o pacato bairro Prados da Vitoria.
Tarde da noite e com mais alcool na cabeça que seu organismo aguentava Benny se levanta pois precisa urinar após o consumo de varias cervejas, ao se levantar não percebe que um homem alto vinha de encontro e esbarra no mesmo sendo prontamente ofendido por esse senhor.

  • Seu pivete filho de uma cadela olhe por onde anda.

Benny inda possuía sua aparência jovem o que de certa forma escondia sua frieza e crueldade.

  • Desculpe do que o senhor chamou minha mãe? Cadela? Por acaso sabe com está falando? Sou Benjamin Siegel.
  • Nunca ouvi falar em você seu pirralho e sim deve ser filho de uma cadela e se ela não te ensina educação lhe darei algumas palmadas para lhe ensinar bons modos.
  • Eu sempre me esqueço, dificilmente sabem meu verdadeiro nome, mas muitos me conhecem como Benny Bugsy, ou o inseto.

Benny pronuncia essas palavras tirando um revolver do bolso interno de seu terno, a expressão de panico fica visível no rosto do senhor ao ouvir o nome Benny Bugsy.

Por mais de que sua aparência jovem demonstrava um rapaz indefeso Beny cresceu muito na organização de Charlie Luciano, mesmo com pouca idade Benny já havia eliminado mais homens que muitos militares e o que é pior com uma certa frieza como Mayers certa vez mencionou após Benny executar um serviço. Quando estávamos em luta, Benny nunca hesitava. Ele era ainda mais rápido para agir que os sicilianos de sangue quente, sempre o primeiro a iniciar os socos e tiros. Ninguém reagia mais rápido do que Benny

Benny entrou para organização de Luciano por acaso, em uma situação até certo ponto cruel. Tempos atras Benny junto de outros dois amigos planejaram e executaram um assalto ao restaurante Fratelli, Luciano como queria apresentar serviço a alguns comerciantes resolveu usar esse acontecimento para demonstrar firmeza para o ex dono do restaurante e conseguiu interceptar os tres meliantes. Após ser ignorado pelo dono do restaurante Luciano não tinha o que fazer com esses 3 e decidiu que apenas um deles iria entrar para sua organização que estava no inicio, decidiu entao promover uma luta entre eles até a morte. Na primeira luta um rapaz robusto matou um magricela enforcado então Luciano ordenou que esse rapaz e Benny lutassem mas Benny se recusou e apenas se defendia levando varios socos na cara e no estomago do outro. Luciano decide por interromper aquilo e questiona por que Benny não reagia e para sua surpresa Benny respondeu Eu não traio meus amigos, mesmo que eles se voltem contra mim, nunca machucaria ele. Luciano podia ver a furia no olhar de Benny mas mesmo assim via lealdade e sem exitar sacou sua arma e disparou na barriga do rapaz robusto que caiu agonizando, estendeu a mão para Benny e disse Bem vindo a familia, levou Benny até o rapaz agonizando entregou a arma na mão de Benny e disse esse não é mais seu amigo, ele te traiu e iria te entregar para viver, tambem pensamos com voce e os traidores precisam de uma lição. Benny hesitou por um momento mas sabia que não podia hesitar e atirou na cabeça do rapaz agonizante.

Após esse episodio Benny se tornou o assassino de Luciano, todos na Pequena Sicilia sabem de sua fama de matador e dentro da organização, todos sabem que era Benny por tras da morte do membro da Familia Darkson, do ataque e morte a loja Mortus Rex e bem como a eliminação de dois membros delatores da organização, isso se não tiverem outros serviços escondidos. Mesmo com essa pessoas sabendo ninguem tinha coragem de denuncia Benny e a cada serviço Benny se tornava mais frio cruel, ele preferia fazer o serviço ele mesmo. Não se contentava em dar as ordens e aproveitar-se do resultado. Gostava de resolver os assuntos pessoalmente. Isso lhe dava uma sensação de poder. Adorava ver as vítimas sofrendo, gemendo e morrendo,e nessa noite um senhor desenformado decidiu por ofender Benny e estava na mira de seu revolver.

Um de seus comparsas tenta deter Benny.

  • Droga Benny aqui não, olha quanta gente olhando.
  • Ele ofendeu minha mãe.
  • Outra hora, se quiser carregamos ele daqui mas vamos fazer isso em outro lugar.

Benny da um sinal e o terceiro homem fecha a porta de entrada da cervejaria, assim que a porta é trancada Benny começa a desferir socos no senhor que o fendeu ate que o mesmo caia no chão toda ensaguentado mais ainda conciente.

  • Te deixarei vivo essa noite, mas lembre-se quando cruzar comigo de novo serei a ultima coisa que ira ver.

Benny e seus comparsas sobem em seus cavalos e partem de volta a pequena Sicilia.

[font=Garamond][size=150]Ainda na noite do dia 09 de setembro.

Espere aqui por favor - disse o senhor ao cocheiro que obedeceu.

Boa noite, eu gostaria de um copo de chopp.

  • Claro senhor - disse o garçom.

O homem bebeu todo o chopp, agradeceu ao garçom, pagou a conta e saiu.

Agora estou pronto, podemos ir - disse o senhor ao cocheiro que o levou para a estação.
[/size][/font]

Antigas rivais, agora sobre a gerência da mesma pessoa, a Cervejaria Bohêmia rivalizou por anos com o Barzinho do Imperador. Após a reabertura das duas empresas, fora realizada uma reunião, onde a “briga” entre as mesmas deveriam cessar imediatamente. Após a reunião, um aparente clima de paz reina no interior da Cervejaria, onde o movimento não é tão intenso .

Após uma dia cansativo, Ivysson, ao sair dos trabalhos, segue diretamente à Cervejaria Bohêmia, onde toma algumas cervejas juntamente com colegas frequentadores do local. Enquanto conversa e bebe, o empresário houve falar de uma certa mulher que vem fazendo pequenas apresentações na capital Imperial e que vem encantando todos os homens que a assistem. Admirado e empolgado com todos os elogios e comentários acerca da desconhecida notável, Ivysson passa mais alguns minutos desta noite pensando em como encontrar a mulher e, levá-la para uma apresentação em um de seus bares.

Pela tarde, vários funcionários contratados por Erik começam organiza a empresa para funcionamento da mesma

[tab=30]Lars Hansson, anteriormente havia retornado da Suécia por vontade própria, ao chega na cidade foi recepcionado pelo Markus Lindberg e o mesmo entrega uma carta do Hoken que o designava como administrado daquele estabelecimento. Nos primeiros dias de administração, demite todos funcionários que não seja etnicamente de sueco, norueguesa e dinamarquesa.