[EMPRESA] Cassinos Alvorecer de Gesébia

[spoil]Um empregado de Richard Caçador, após um dia de buscas pela cidade de Cisalpe, escolhe um terreno onde poderá ser construída uma casa de jogos e esportes diversos em Cisalpe. Este empreendimento visa alegrar a dura vida da população cisalpina. No amanhecer do outro dia irá comprar o terreno, contratar construtores e demais procedimentos antes de voltar para Gardignon.[/spoil]

[justify][tab=30]Na tarde do dia 13 de janeiro houve a grande cerimônia de inauguração da Casa de Jogos Alvorecer de Gesébia. A mesma contou com a apresentação de vários artistas marciais de alguns países.[/align]

[spoil][center][/align]

[center]Capoeira - Brasil[/align]

[center][/align]

[center]Judo - Japão[/align]

[center][/align]

[center]Kendo - Japão[/align]

[center]
[/align]

[center]Kung fu - China[/align]

[center]

[/align]

[center]Jogo do Pau - Portugal[/align]

[center][/align]

[center]Savate - França[/align]

[center][/align]

[center]Esgrima - França[/align]

[center]
[/align]

[center]Wrestling - Reino Unido[/align]

[center]
[/align]

[center]Boxe - Reino Unido[/align][/spoil]

[tab=30][justify]A Casa de Jogos conta também com um espaço para treinamento físico e em uma ala à parte conta com jogos de cartas e afins para que a população possa relaxar e especialmente os fuzileiros possam aprimorar seus treinos e ter um bom passatempo em suas horas de folga.[/align]

[spoil]


[/spoil]

[spoil]Razão Social: Cassinos Alvorescer de Gesébia
Conta-Corrente: J008-6
Tipo e Porte: Serviços Grande (8)
Custo-Base: D$s200.000
Matérias-Primas necessárias: Equipamentos para musculação e esportes diversos, mesas de jogos, bebidas, comida, material de escritório
Contratos de Compra: Vinhos (1) - Vinícola do Dragão Esvoaçante, Destilados (1) - Destilaria Solitude
Importação: Equipamentos para musculação e esportes diversos, mesas de jogos, comida, material de escritório (6/8)
Serviço: Entretenimento
Contratos de Venda: -
Exportação: -
Funcionários: -
Sócios:
Selma Santini Souza e Silva (90%)
Victtorio S.W. Medeiros (10%)[/spoil]

Divilly, que viajara em um sege de Firgen, corre o olhar pelo terreno e tira a medida de alguns materiais.

Carlos estava andando pela cidade quando observou um predio que até entao desconhecia

Adentrou o predio e pediu pra falar com o chefe do estabelecimento

O gerente Marcelo Pereira foi atender o senhor:

  • Boa tarde, senhor! O que seria para vós?

Bom,interessante o lugar hein ? Mas bem que tipo de jogos e exercicios fisicos oferecem

Indo em direção à residência de um amigo em Cisalpe, Divilly cruzou, eventualmente, a esquina da Casa de Jogos e pôde perceber que agora ela já se encontrava aberta. Contornou o rumo e foi até a entrada, de onde notou dois homens conversando próximo a um balcão. Reconheceu o Presidente do Senado, e aquele que o recebera há poucas horas, o responsável pelo local. Aprumado, aproximou-se amistoso.

-Senhores!

Bom dia mas acho que você me confundiu com meu pai, sou recem chegado ao imperio, me chamo George Magno, muita gente diz que sou parecido em demasia com meu pai , hahaha

Divilly levanta a sobrancelha, assustado ao ver que não se tratava do Senador Alcântara, e sim de seu filho, George Magno.

-Por Casimiro! De costas, vós pareces perfeitamente com o Presidente do Senado. Bem, é um prazer conhecer-vos.

  • Bem, por favor me acompanhem para ver todas as salas enquanto lhe explico. Aqui onde estamos é a sala principal onde temos o ringue para as lutas, bem como o espaço para treino em sacos de areia, espaço para flexões, abdominais e outros. Ali fica os vestiários, divididos em masculino e feminino, temos aguá quente nos chuveiros. Naquela parte há alguns equipamentos para alongamento e musculação, bem como uma diversidade de pesos. E mais adiante temos um ala reservada para jogos de azar e sinuca. E atrás temos um pátio para exercícios ao ar livre.

Muito bonita as instalações, vou ver com meu pai se ele estaria disposto a me pagar para treinar aqui , se estou certo , vocês cobram pelo serviço correto ?

E senhor muitas pessoas me dizem que sou parecido com meu pai, vim há pouco de navio dos Estados Unidos, pois soube da vida de riqueza que meu pai tem por aqui e irie me estabelecer até fazer alguma faculdade , opa quase esquecendo quem és ?

Terminada a apresentação da academia. Eles se encontram com o proprietário do mesmo:

  • Olha senhores, como vão? Gostaram do estabelecimento? Desculpe-me se não puder falar com vós antes mas estava aproveitando a pagua quente de nossos chuveiros após ter treinado boxe.

-Ah, claro, nesta desorientação esqueci-me de me apresentar. Sou Divilly Wladislawski, senador deste glorioso Império.

Divilly vira-se para o Comissário e cumprimenta-o rapidamente.

-Então, senhor, creio que acabei neste estabelecimento a análise de vossas empresas. Devo dizer que muito admiro o trabalho de seus funcionários. Sempre cordiais e cordatos.

  • Senhor Divilly, fico feliz em ouvir isso! É uma exigência que faço aos meus funcionários. Já que terminaste as visitas mas quando achas que conseguirá enviar-me o relatório para que eu possa analisá-lo?

Então deves conhecer bem meu pai e ondes mora, ele me disse que na capital desta nação pode dar-mes direções , realmente ando perdido no imperio, mas parece-me realmente que é o que dizem ai, fora que é a terra de oportunidades

Divilly responde ao Comissário:

-Em uma semana, talvez… Pode demorar mais, afinal, pretendo chegar à uma conclusão relativa àqueles assuntos do Conselho o mais cedo possível. O senhor sabe muito bem, não é?

E, em seguida, dirigi-se ao recém chegado:

-Bem, tenho uma grande propriedade não muito longe daqui, na zona rural desta região. Mas, desde que iniciei a carreira política no Partido de seu pai, venho viajando constantemente e, devido às obrigações do Senado, vivo na capital.

Interessante, agora por hora, tenho que encontrar meu pai , sabes a direção da capital, e se tiver trem a direção da estação tenho só 1.000 dolares no bolso (faz de conta q é 1:1) , se for muito caro, o melhor é contratar uma carroça mesmo

-Claro, claro, senador Divilly!!! - virando-me para o mancebo:

  • Tu deves ser filho do senador Magno, parece-te com ele só que mais novo, hehehe.

Divilly informa ao filho do Senador:

-A Estação do Porto está há apenas alguns quarteirões daqui; quanto à dinheiro, não se preocupe, acho que seu maior problema será o tempo… À meio-noite sai um trem para Gardignon…

Tornando para Richard, Divilly questiona:

-E quando chegará o reforço de gendarmes?

Que droga, senador, e ainda que meu pai tem casa nessa cidade mas esta em reforma, mas então o jeito vai ser passear pela região e conhecer um pouco da “terra da oportunidade" de que meu pai fala.Desculpa a intromissão mas você mesmo disse que passa a maior parte do tempo na capital não é ? Então o que fazes aqui tão longe ?

-Estive, nos últimos dias, visitando várias partes do Império devido à um negócio a ser firmado entre uma empresa a qual administro e o Senhor Comissário. -Divilly meneia para o cavalheiro ao seu lado.