[EMPRESA]Companhia Comercial e Navegação Romaniana I

[i][font=Times New Roman][size=150]
[tab=30]Fundada em 11 de Julho de 1890, a Bragança’s Transportes nunca fora concluída. A inatividade de seus antigo idealizador fez com que a empresa falisse antes mesmo de ser inaugurada. Após um bom tempo parada, a empresa é reaberta pelo sr. Hohenzollern sob o nome de Transportadora Marítima Gesebiana. Após falência da empresa, por conta da crise que abalou o Reino da Romania logo após a independência, a empresa fora reaberta por seu antigo proprietário, aumentando a concorrência com outras empresas de transporte.

[center]Edifício sede da Transportadora Marítima Gesebiana[/align]

Dados da antiga Bragança’s Transportes Marítimos[/size][/font]
[spoil]

[offtopic]A SER EDITADO … EM CONSTRUÇÃO[/offtopic][/spoil]

Dados Empresariais
[spoil]Conta corrente administrada pela Matriz - Companhia de Comércio e Navegação Romaniana - Matriz
[/spoil][/i]

[mod=“Stephano”]Favor, colocar historia da empresa, e descrição CONSIDERÁVEL.[/mod]

[mod=“Stephano”]2° AVISO - Favor, colocar historia da empresa, e descrição CONSIDERÁVEL em até 24h, caso contrario o tópico será deletado.[/mod]

[offtopic]favor deletar o tópico, a empresa não será fundada no momento.[/offtopic]

Após a refundação da empresa, os diretores da mesma reúnem-se para discutirem alguns assuntos relacionados a empresa e para preencherem papeladas que oficializam a refundação.

[font=Times New Roman][size=150]

[/size][/font]
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

A tarde, alguns diretores se reúnem no principal salão da Transportadora, para discutirem projetos para ampliação de sua frota naval. Atualmente, a empresa contém apenas um cargueiro, o GS Áquila. Com o crescimento das atividades mercantis e ultramarinas imperiais, os diretores da empresa veem nesse crescimento uma possibilidade de alavancar os lucros da empresa. Há rumores que a Transportadora quer financiar a construção de 5 navios cargueiros, mas tudo dependerá do preço a ser estipulado pelo Estaleiro Naval Romaniano, seu principal fornecedor.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Algumas reformas na filial I da Companhia de Comércio Gesebiana são concluídas e a mesma, volta ao funcionamento pleno.


[tab=30]Ao saberem de um grandioso projeto do sr. Irineu, a Diretoria Executiva da filial I da CCNR colocam-se favorável ao projeto, mesmo que ele represente perca de hegemonia da empresa.


[tab=30]Após a reabertura da empresa, todos os trâmites legais e burocráticos são providenciados para a devida regularização da mesma.


[tab=30]Aproveitando-se do recém criado porto de Barletta, tem-se início operações comerciais dentro do cais, onde há comercialização de produtos produzidos pela indústria nacional.


[tab=30]Com a regularização da empresa frente à todos os órgãos governamentais, tem-se início as atividades da mesma, que apressa-se a formalizar vários acordos comerciais com empresários estrangeiros.


[tab=30]Algumas embarcações de transporte são adquiridas pela unidade, que prontamente ordena sua reforma para que sejam colocadas em serviço.