[EMPRESA] Complexo Madeireiro Hohenzollern

Ao saber que Dunord possuía vastas florestas, Ivysson faz questão de conhecer este local. Ao chegar, fica encantado com a boa saúde das árvores e constata que elas seria úteis para os mais variados serviços. Ele se reuniu com alguns lenhadores locais e assim criou o Grupo Madeireiro Hohenzollern, que será responsável pela extração de madeira e produção de papel, além de vender uma parte da produção para algumas empresas.

[center]Nossos madeireiros posam para fotos, ao lado das árvores que cortaram. Perceba a qualidade das árvores que foram cortadas.[/align]

[center]Uma de nossas equipes da extração posando para foto.[/align]

Toda a madeira cortada, será imediatamente encaminhada para fábrica, onde será processada e transformada em papel.

[center]Vista da fábrica de papel.[/align]

[font=Times New Roman][size=150]Dados Empresariais:
[spoil]Razão Social:
Complexo Madeireiro Hohenzollern

Grupo Madeireiro Hohenzollern - Madeira (8) + Papel (8)
Grupo Madeireiro Dunnord - Madeira (8) + Papel (8)
Madeireira Hohenzollern I - Madeira (8)
Madeireira Hohenzollern II - Madeira (8)
Madeireira Hohenzollern III - Madeira (8)
Tipo e Porte: Extrativismo Grande (40) + Indústria Grande Papeleira(16)
Funcionários: -
Custo-Base: G$s 1.300.000,00
Matérias-Primas Necessárias:
Contrato de Compra:
Importação:
Produção: Madeira (40) e Papel (16)
Contrato de Venda:
Madeira (8/40) - Estaleiro Naval Hohenzollern
Madeira (8/40) - Fábrica de Móveis Hohenzollern
Madeira (4/40) - Indústrias Hohenzollern & Cia.
Madeira (4/40) - Companhia de Comércio Hohenzollern
Papel (4/16) - Transportadora Gesebiana
Papel (4/16) - Companhia de Comércio Hohenzollern

Exportação:
Proprietário: Ivysson Luz Von Hohenzollern
Conta Corrente: J0001 - 5[/spoil][/size][/font]

Para dar conta da demanda de madeira, é criada mais uma madeireira. Com esta, a demanda por madeira em todo o Império será atendida, pois ela fornecerá madeira a que necessitar, além de fornecer empregos para vários madeireiros e lenhadores residentes em Dunord, que veem nesse lucrativo negócio a sua fonte de sobrevivência.

Dados Empresariais

[spoil]Empresa sob responsabilidade do Grupo Madeireiro Hohenzollern[/spoil]

A crescente atividade madeireira em Dunord faz com que novos assentamentos surjam. Vendo está crescente atividade, é criada a segunda filial da Madeireira Hohenzollern. As filiais I e II estão todas conectadas ao Grupo Madeireiro Hohenzollern, que cresce cada vez mais, produzindo madeira, papel e oferecendo oportunidade de emprego e crescimento neste negócio.

Dados Empresariais

[spoil]Empresa sob responsabilidade do Grupo Madeireiro Hohenzollern[/spoil]

O espírito de empreendedor do Sr. Hohenzollern já extrapola os limites, com a fundação de mais uma nova filial da Madeireira. Os antigos lenhadores e madeireiros que habitavam a região, foram contratados pelo Grupo Madeireiro Hohenzollern, mas ainda assim, existia um grupo de madeireiros que necessitavam de emprego. Ao saber de tal situação, o Sr. Hohenzollern, criou mais uma filial de sua empresa, para dar uma chance de sobrevivência a um povo tão trabalhador e tão dedicado.

Dados Empresariais

[spoil]Empresa sob responsabilidade do Grupo Madeireiro Hohenzollern[/spoil]

[font=Times New Roman][size=150]

[/size][/font]

Pela noite, alguns funcionários da Companhia Telephonica chegam ao estabelecimento, para instalação de linhas telephonicas, facilitando assim, a comunicação entre empresas, o Grupo Empresarial e a residência do Sr. Ivysson, Presidente do Grupo

Durante alguns dias, os diretores do Grupo Madeireiro se reunirão diversas vezes para discutir sobre a expansão do mesmo. Hoje, pela noite, decidiram iniciar a expansão a partir de amanhã.

Vários lenhadores estão aderindo a Madeireira vendo que terão grande crescimento e um plano de carreira neste empreendimento. Esta adesão vem em um bom momento, uma fez que a demanda por madeira no império está bem alta.

Vários engenheiros reúnem se na empresa para definirem uma novo modelo de postes, a serem fornecidos para a Companhia Telephonica.

Os lenhadores paralisaram os trabalhos uma fez que seus instrumentos estão obsoletos. Eles requisitam novas ferramentas e mais segurança no trabalho, caso contrário, entraram em greve.

Novos materiais chegam a Madeireira visando a melhoria da coleta das madeiras. Funcionarios comemoraram a chegada de novos equipamentos, uma vez que necessitavam.

Uma equipe de técnicos chegam a empresa para fazer uma avaliação de um lote de árvores que os diretores almejam cortar. Entretanto, eles acreditam que este lote seja de árvores de pouca utilidade, por isso, solicitaram o apoio de técnicos.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

A Madeireira inicia o corte de mais um lote. Espera-se que a produção de madeira mais que triplique em um período de um mês.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

No início da tarde, vários instrumentos novos e alguns equipamentos de segurança chegam a Madeireira. É uma ótima notícia para os lenhadores e para os diretores, que no último mês, enfrentaram uma paralisação de seus funcionários, pois estes reivindicavam melhores ferramentas e melhores condições de trabalhos. Com os pedidos atendidos, lenhadores retornam rapidamente aos seus respectivos trabalhos.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]