Empresa desenvolve misto de dirigível, avião e helicóptero

Veículo híbrido terá mais de 300 metros de comprimento e será capaz de pousar sobre a água.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/01/…elicoptero.html

Uma aeronave que está sendo desenvolvida na Grã-Bretanha foi negociada por US$ 500 milhões com as Forças Armadas dos Estados Unidos.

[web 72%,405]http://www.bbc.co.uk/worldservice/emp/pop.shtml?l=pt&t=video&r=1&p=/portuguese/meta/dps/2011/01/emp/110104_veiculo_hibrido_jf.emp.xml%20[/web]

A aeronave parece um dirigível, mas é na verdade uma mistura de dirigível, avião, helicóptero e hovercraft (ou aerodeslizador).

Por enquanto, a empresa Hybrid Air Vehicles, que desenvolve a aeronave, realiza testes com um protótipo de 15 metros de comprimento. O modelo final, no entanto, deverá ter 300 metros de comprimento e será capaz de carregar até mil toneladas.


Sem tripulação

Dirigíveis são mais leves que o ar, o que exige uma numerosa tripulação para pousá-lo. Mas o veículo híbrido projetado não precisaria de ninguém.

O piloto Dave Burns diz que a aeronave pode ser conduzida por alguém a quilômetros de distância.

Como o veículo é capaz de voar por até três semanas seguidas, pode ser útil para monitorar regiões. Mas, segundo a Hybrid Air Vehicles, não são só os militares que estão interessados.

O empresário Gordon Taylor diz que tem negociado com empresas de petróleo, mineradoras e agências de ajuda humanitária. Ele afirma que o veículo é ideal para transportar suprimentos para vítimas de desastres naturais.

A primeira aeronave do tipo deve começar a operar em seis meses.

Que dahora, sempre curti dirigíveis, que bom que voltarão com força novamente, ou pelomenos até se darem conta que eles de fato são obsoletos sahuhusahusahusa

Parece coisa do Spectreman.