[EMPRESA] Estaleiro Civil Lune Marin S/A

[justify][size=150][font=Garamond Bold][tab=30]- Como estão os últimos pedidos?

  • Devem ficar prontos ainda essa semana.
    Ótimo, quanto antes melhor, precisamos recuperar o tempo perdido por causa do terremoto.[/font][/size][/align]

[justify][tab=30]- Senhor Athos…
[tab=30]- Fale Patrick.
[tab=30]- Precisamos de mais cintas de ferro para os pedidos.
[tab=30]- Bem, entre em contato com a Fundição, então.
[tab=30]- Certo, farei isso.
[tab=30]- Ah, e sobre o pedido da Transportes Caçador?
[tab=30]- Finalmente concluímos o orçamento…
[tab=30]- Aproveite e envie logo, então, antes que ele ache que nos esquecemos.
[tab=30]- Passarei na EGCT também, então.
[/align]

  • Senhor, encontramos um telegrama de resposta da Transportes Caçador. Não entendo como o havíamos perdido.

  • Dê-me cá este telegrama. Vou providenciar isso.

Os trabalhadores fazem hora extra para conseguirem terminar no prazo os pedidos existentes.

  • Alguma resposta dos clientes?

  • Não senhor. Parece que sumiram de Gesébia nestes últimos tempos.

  • Teremos que pensar num jeito de recuperarmos os lucros. - diz João coçando a cabeça.

[justify][tab=30]Enquanto colocam dois funcionários trabalhando na prospecção de novos clientes, o restante se foca no conserto e manutenção de embarcações, até que novas sejam encomendadas.[/align]

[justify][tab=30]Com o declínio dos pedidos de grandes embarcações, os funcionários seguem os dias realizando a manutenção de pequenos barcos e veleiros.[/align]

[justify][tab=30]- Senhor Athos…
[tab=30]- Fale…
[tab=30]- Apesar de estarmos trabalhando somente com manutenção nos últimos dias, o estoque está no fim.
[tab=30]- Bem, peça um novo lote, então.
[tab=30]- Sim senhor.
[/align]

No último dia do ano os trabalhadores recebem uma folga, tendo que retornar ao trabalho somente no segundo dia do ano vindouro.

[justify][tab=30]- Senhor Athos!
[tab=30]- O que houve, Patrick?
[tab=30]- Veja esse decreto da Dracônia…
[tab=30]- Ora ora… isso é interessante… Veja com Marthim o valor que podemos fazer, mas que ainda nos dê algum lucro.
[tab=30]- Imediatamente, senhor.
[/align]

Um funcionário do governo realiza uma breve vistoria na empresa, fazendo diversas anotações.

Uma reunião entre membros da CIC e os diretores da empresa é realizada ao final do mês.

Com o desemprego atual, várias são as pessoas que vem pedir emprego, contudo sem êxito.

Os diretores da empresa estranham o baixo movimento, inclusive ocasionando redução nas receitas da empresa.

Um representante governamental se reune com alguns diretores da empresa.

Os diretores mandam uma comitiva para questionar a Condessa e seus representantes sobre a parceria com a empresa.

Com o comércio de embarcações novas em baixa, o estaleiro se foca na manutenção de navios e barcos de pesca.

  • Conseguimos então senhor, nesse mês devemos começar a produção! - diz o entusiasmado gerente.

  • Sim, meu jovem, agora teremos lucros maiores e trabalho incessante! disse o velho diretor recostando-se na cadeira e dando uma boa tragada num charuto inglês, o qual mistura-se ao seu farto bigode grisalho.

Um pequeno acidente ocorre numa das linhas de produção, o que atrasa toda a produção do estaleiro.

Vários pequenos barcos são produzidos neste mês, a grande maioria destinada para a pesca e navegação de cabotagem.