[EMPRESA] Fábrica de Móveis Victoria

[justify][size=150][font=Garamond Bold][tab=30]Fundada por Ivysson Luz Von Hohenzollern, mesmo uma das únicas grandes indústrias de Móveis não resistiu à dissolução do Império, tendo ido à falência. Entretando, amassa falida foi comprada pelos Conglomerados Dragão Azul, que decidiu expandir em uma nova área carente de produtos de qualidade,mas com baixo custo.

[tab=30]Agora chamada de Fábrica de Móveis Victoria, o empreendimento procura oferecer uma vasta gama de produtos, de camas e mesas a armários criados-mudos.[/font][/size][/align]

Dados Empresariais
[spoil]Razão Social: Fábrica de Móveis Victoria
Conta-Corrente: J053-2
Tipo e Porte: Indústria Grande (8)
Funcionários: -
Custo Base: G$400.000
Matérias-Primas Necessárias: Madeira
Contrato de Compra:
Importação: Madeira
Produção: Móveis
Contratos de Venda:
Exportação: Móveis (4)
Proprietário: Alexander Di Draconi[/spoil]

O ritmo das obras aceleram e mais operários se inscrevem para trabalhar na construção da fábrica. As primeiras fundações começam a ser instaladas e iniciam-se a construção das paredes da fábrica.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

As obras mantém-se em ritmo aceleradíssimo. Sem sombra de dúvidas, os operários da construção da fábrica superam-se a cada dia que passa. Hoje, pela manhã, foi concluída a construção do prédio. Falta agora, somente a instalação elétrica, redes de tubulações de água e fazer alguns acabamentos no interior do prédio.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

[font=Times New Roman][size=150]
Após vários dias de construção, finalmente a Fábrica de Móveis é concluída. Produzindo os mais diversos móveis, sejam de escritórios ou de salas de estar, a Fábrica de Móveis Hohenzollern irá atender a crescente demanda pro mobílias em todo o Império. Aqui, produzimos móveis dos mais diversos estilos e tamanhos, de modo que sempre haverá um modelo ideal para o cômodo que você deseja colocá-lo.

[center]Vista do interior da fábrica, no setor de máquinas.[/align]


[center]Local de montagem de alguns móveis[/align]

Dados Empresariais:
[spoil]Razão Social: Fábrica de Móveis Hohenzollern
Tipo e Porte: Indústria Grande (8)
Funcionários:
Custo-Base: G$s 400.000,00
Matérias-Primas Necessárias: Madeira, Máquinas e Ferramentas, Transportes e Serviços Telephonicos;
Contratos de Compra:
Máquinas e Ferramentas - Indústrias Hohenzollern & Cia. - Matriz
Transportes - Companhia Comercial e Navegação Gesebiana - Matriz
Serviços Telephonicos - Grupo Telephonico Hohenzollern
Madeira - Complexo Madeireiro Hohenzollern

Importação:
Produção: Móveis e Materiais de Escritório
Contrato de Venda:
Móveis e Materiais de Escritório - Companhia Comercial e Navegação Gesebiana - Matriz
Móveis e Materiais de Escritório - Metrô da Gardenha

Exportação:
Proprietário: Ivysson Luz Von Hohenzollern
Conta Correte:J0008 - 3[/spoil]
[/size][/font]

Pela noite, alguns funcionários da Companhia Telephonica chegam ao estabelecimento, para instalação de linhas telephonicas, facilitando assim, a comunicação entre empresas, o Grupo Empresarial e a residência do Sr. Ivysson, Presidente do Grupo
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Após todos os operários do terceiro turno entrarem na fábrica, inicia-se o processo de fabricação de vários sofás, poltronas e camas, além de vários móveis para escritórios
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Com o crescimento das atividades navais, cresce também a demanda por móveis, que serão utilizados nos navios. Por conta disto, diretores da empresa, após uma longa reunião pela tarde, estabeleceram metas que deverão ser seguidas, afim de dar conta da crescente solicitação por móveis de todos os tipos.

Passando por dificuldades econômicas, representantes da Fábrica de Móveis vão até a sede do Grupo Empresarial, para uma reunião com os diretores do mesmo, na qual pretendem procurar uma possível solução para este impasse.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Uma cópia do Ato Administrativo 01/1891 do Grupo Empresarial Hohenzollern é enviada até a empresa e colocada na entrada da mesma.

[font=Courier New]

[/font]
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Alguns dias após o terremoto que abalou o Império, membros de uma força-tarefa, criada pela Diretoria Executiva do Grupo Empresarial Hohenzollern, iniciam trabalhos de avaliação dos danos causados as empresas do Grupo.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Após avaliarem, analisarem e anotar todos os danos causados na empresa, membros da Força-Tarefa do GEH elabora um relatório, no qual apresenta todos os danos que foram causados a Fábrica de Móveis e enviam-o para a sede do Grupo Empresarial.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

A Fábrica de Móveis Hohenzollern volta a normalidade com as suas atividades e iniciam uma produção maciça dos mais variados móveis.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Com a recuperação do Império após o terremoto que o abalara, a Fábrica de Móveis registra um aumento vertiginoso nas vendas e nos pedidos por móveis para todos os cômodos das casas geseianas. Em reunião com a diretoria executiva, Irineu Evangelista, presidente em exercício do Grupo Empresarial Hohenzollern, afirmou a necessidade de contratação de novos funcionários, pois os atuais não estão conseguindo dar conta de tantos pedidos.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Pela tarde, sete carroças carregadas com couro, chegam até o pátio central da Fábrica de Móveis. Tal carregamento será utilizado na produção de novos sofás e poltronas, entre outros artigos que usam couro.

Diversos móveis são produzidos todos os dias, aumentando vertiginosamente a oferta de produtos para o Império. Apesar da grande oferta, a demanda começa cair aos poucos, levando alguns diretores da Fábrica de Móveis a reduzir a compra de couro e outros artigos e, consequentemente, diminuir a produção, para não trazer prejuízos futuros.

Novos modelos de sofás e poltronas começam a ser produzidos no final do mês.

[justify][tab=30]Com a reabertura da fábrica, agora capitaneada por Diogo de Assis, imigrante brazileiro com vasto conhecimento na área, novos funcionáriso começam a ser contratados enquanto o prédio e os equipamentos passam por uma reforma geral.[/align]

[justify][tab=30]A produção de móveis aos poucos se aproxima de sua capacidade plena, enquanto a diretoria planeja uma revisão nos contratos de compra de matéria-prima.[/align]

[justify][tab=30]Com boa parte da produção exportada, uma prova da alta qualidade dos produtos Victoria, cada vez mais se mostra necessário investir em matéria-prima local, para garantir um preço competitivo no mercado.[/align]

[justify][tab=30]As vendas continuam aquecidas, com vários pequenos pedidos feitos diariamente.[/align]