[EMPRESA] Fazenda de Porcos Ol' Big Mac - Nova Röstock

[justify][size=150][font=Kristen ITC][tab=30]Com a fundação de Draco, Sir Alexander Drake logo percebeu que uma das dificuldades, ao menos no início, seria alimentar a crescente onda de migrantes, devido ao clima da região.

[tab=30]Portanto, mais ao sul, a meio caminho do Posto Militar Sudoeste (que daria origem ao Porto D’Arca Perdida) Drake inciou a construção de uma Fazenda de Porcos. Talvez um pouco longe de Draco, mas ele pensava também em alimentar as tropas estacionadas no Posto, bem como aproveitar o porto para enviar parte da produção para Roma e Gardennia.[/font][/size][/align]

[center]Um lote de animais pronto para o abate[/align]

[justify][size=150][font=Kristen ITC][tab=30]O nome da Fazenda, Ol’ Big Mac, não se refere nem a Sir Drake (que contava, na época, com cerca de somente 30 anos) nem ao primeiro administrador da mesma, como muitos suspeitam, mas ao maior exemplar que já passou por Gesébia (ao menos que se tenha notícia), um procriador de cruza Bazna com Hereford que media 2.02m de comprimento por 90cm de altura e pesava 493Kg. Muitos iam à fazenda ver o animal, que era chamado Old Big Mac, e, assim, de tanto perguntarem pela “fazenda do Old Big Mac”, este acabou tornando-se o nome oficial da mesma.

[tab=30]Com a morte de Sir Drake, após algum tempo a fazenda passou para as mãos de seu protegido e herdeiro, o Conde das Montanhas Azuis.

[tab=30]A Fazenda possui uma produção mensal de cerca de 4000kg de carne, 600kg de banha e 40kg de torresmo, além de 40m² de couro de porco curtido.[/font][/size][/align]

[center]Um novo lote sendo alimentado[/align]

[justify][tab=30]Dados Empresariais:
[spoil]Razão Social: Fazenda de Porcos Ol’ Big Mac
Conta-Corrente: J001-6
Tipo e Porte: Agronegócio Grande (8)
Matéria-Prima Necessária: Milho
Contratos de Compra:
Milho da Fazenda Nova Toscana
Eletricidade da CEDR
Importações: -
Produção: Carne, banha, torresmo, couro de porco curtido e fertilizante
Contratos de Venda:
Carne para a Rede de Açougues Di Italia (6)
Carne para o Embutidos Valle D’Aosta (2)
Fertilizante para a Fazenda Nova Toscana (4)
Fertilizante para a Vinícola do Dragão Esvoaçante (4)
Exportação: Couro Curtido (8) e Torresmo (8)
Funcionários: -
Proprietário: Duque Alexander Di Draconi
[/align][/spoil]

Enquanto seguia para Firgen, o Marquês dá uma passada na velha Fazenda de Porcos:

  • Ah, meu caro Thomas, pelo visto as coisas estão bem organizadas por aqui.
  • Marquês, milorde, felizmente sim, a venda de carne para os açougues têm se mostrado muito boa para a fazenda.
  • Que bom, que bom… Se não for pedir muito, me consiga alguma carne assada, irei descansar um pouco e partirei para Firgen.
  • Certamente, milorde, certamente.

[justify][tab=30]Um grande lote de carne é encomendada de Firgen, aparentemente um grande grupo empresarial iniciou diversas construções na região e deseja muita carne para seus empregados.[/align]

[justify][tab=30]É realizada a troca de um lote de procriadores para um espaço maior,de modo que os leitões começarão a receber alimentação de engorda.[/align]

Funcionários da CSC chegam à fazenda para fazer o transporte de produtos.

[justify][tab=30]Uma peste desconhecida causa a morte de cerca de uma dúzia de leitões. Felizmente nenhum porco adulto parece estar doente, mas os funcionários decidem manter os animais isolados por 15 dias para terem certeza.[/align]

[justify][tab=30]Após terem certeza de que a peste está eliminada, os animais antes doentes são reunidos novamente com o restante da vara de engorda.[/align]

[justify][tab=30]Vistoriando a Fazenda, Akemi analisa os dados sobre os animais, os contratos de venda, conversa com os funcionários e toma notas enquanto observa os novos lotes.[/align]

[justify][tab=30]Mais uma ninhada chega à fase de desmame, e os empregados iniciam a transferência dos leitões para o setor de crescimento.[/align]

[justify][tab=30]Meio lote é abatido e preparado para ser enviado. Enquanto isso, um carregamento de fertilizante parte para as fazendas.[/align]

[justify][tab=30]O carregamento de milho do mês é entregue pelos Transportes Caçador, de forma a alimentar os animais.[/align]

[justify][tab=30]Após analisar a maturação, devido às chuvas o lote de fertilizante deverá aguardar mais alguns dias antes de ser enviado às fazendas.[/align]

[justify][tab=30]Um carregamento de fertilizantes deixa a Fazenda nas carroças da Transportes Caçador, em direção dos compradores habituais.[/align]

[justify][tab=30]Um novo carregamento de milho é entregue, garantindo a alimentação dos porcos até o próximo mês.[/align]

[justify][tab=30]A tensão pelo fato da cidade ser na divisa com a Romania preocupa os trabalhadores, mas a chegada das tropas acaba por acalmar - temporariamente, ao menos - a situação.[/align]

[justify][tab=30]Apesar de a nova contabilidade ainda não estar concluída, a venda da produção segue sem parar. “Se der algum problema, resolvemos depois, temos que cumprir nossos contratos”, conforme diz o capataz Thomas Robbyn.[/align]

[justify][tab=30]Uma nova ninhada nasce, 12 adoráveis leitõezinhos que em alguns meses se tornarão uma deliciosa bisteca e saciarão a fome de muitas pessoas.[/align]