[EMPRESA] Grupo Empresarial Hohenzollern

[spoil]A tarde, vários operários chegam ao local, acompanhados de alguns engenheiros, e iniciam os preparativos para a construção de mais um grande edifício na capital Gesebiana, que será a sede do Grupo de Empresas Hohenzollern.[/spoil]

[font=Times New Roman][size=150]
Após a conclusão das obras, o edifício que será sede do mais recente Grupo Empresarial do Império, é também o maior. Medindo cerca de 98 metros de altura, o edifício Hohenzollern é simbolo de um império em crescimento, em desenvolvimento. O edifício dispõe das mais recentes técnicas de segurança, profissionais treinados e capacitados, além de em alguns andares possuírem linhas telephonicas, para facilitar a comunicação entre as empresas do Grupo.


[center]Vista do Edifício Frederico Augusto Hohenzollern, em homenagem ao pai do Sr. Ivysson Luz Von Hohenzollern.[/align]

Empresas pertencente ao Grupo Empresarial Hohenzollern
[spoil]Em Gardignon - Arquiducado da Gardenha:
Fábrica de Móveis Hohenzollern
Companhia Telephonica Hohenzollern
Fábrica de Curtimento de Couro Hohenzollern
Alfaiataria e Sapataria Hohenzollern
Fábrica Têxtil Hohenzollern

No Porto de Dunord - Arquiducado da Gardenha:
Complexo Madeireiro Hohenzollern
Companhia de Navegação Oceânica Hohenzollern
Estaleiro Naval Hohenzollern
Companhia Telephonica Hohenzollern - I
Plantação de Cana de Açúcar Romaniana

Em Áquila - Imperial Província da Romania:
Consultoria Contábil e Administrativa Hohenzollern (Fechada pela CIC)
Companhia Telephonica Hohenzollern - II
Fábrica de Processamento Hohenzollern
Vinícola Hohenzollern
Estaleiro Naval Imperial
Companhia de Navegação Oceânica Hohenzollern I
Transportadora Gesebiana +Transportadora Marítima Gesebiana
Companhia Agrícola Pastoril - Matriz + 8 filiais

Em Piemonte - Imperial Província da Romania:
Indústria Bélica Hohenzollern
Indústria Telephonica Gesebiana
Indústrias Hohenzollern & Cia. - FMMH - Filial I
Indústria Farmacêutica Gesebiana
Transportadora Gesebiana
Indústrias Hohenzollern & Cia.
Indústrias Farmacêuticas Hohenzollern
Indústrias Farmacêuticas Hohenzollern - I
Companhia de Comércio Hohenzollern

Em Firgen - Ducado da Dracônia:
Mina de Carvão Hohenzollern I
Mina de Carvão Hohenzollern II

No Porto de Cisalpe - Ducado da Dracônia:
Estaleiro Naval Hohenzollern I[/spoil]

Dados Empresariais
[spoil]Razão Social: Grupo Empresarial Hohenzollern
Tipo: Serviços Grande (8)
Funcionários:
Diretor-Financeiro:
Diretor-Comercial:
Assessor Jurídico:
Custo Base: G$s 200.000,00
Bônus:
Matérias-Primas necessárias:
Contratos de Compra:
Importação:
Serviços: Centralização Administrativa e Comercial das Empresas do Sr. Ivysson Luz Von Hohenzollern
Proprietário: Ivysson Luz Von Hohenzollern
Conta Corrente: J0007 - 3[/spoil]
[/size][/font]

Mais um edifício está ganhado céus em Gardignon. Hoje, a futura sede do Grupo Hohenzollern está com 98% das obras concluídas, sendo que, faltam apenas alguns detalhes para que o maior edifício do império seja concluído.

[font=Times New Roman][size=150]
Após a conclusão das obras, o edifício que será sede do mais recente Grupo Empresarial do Império, é também o maior. Medindo cerca de 98 metros de altura, o edifício Hohenzollern é simbolo de um império em crescimento, em desenvolvimento. O edifício dispõe das mais recentes técnicas de segurança, profissionais treinados e capacitados, além de em alguns andares possuírem linhas telephonicas, para facilitar a comunicação entre as empresas do Grupo.


[center]Vista do Edifício Frederico Augusto Hohenzollern, em homenagem ao pai do Sr. Ivysson Luz Von Hohenzollern.[/align]

Empresas pertencente ao Grupo Empresarial Hohenzollern
[spoil]Em Gardignon - Arquiducado da Gardenha:
Fábrica de Móveis Hohenzollern
Companhia Telephonica Hohenzollern
Fábrica de Curtimento de Couro Hohenzollern
Alfaiataria e Sapataria Hohenzollern
Fábrica Têxtil Hohenzollern

No Porto de Dunord - Arquiducado da Gardenha:
Grupo Madeireiro Hohenzollern
Companhia de Navegação Oceânica Hohenzollern
Estaleiro Naval Hohenzollern
Companhia Telephonica Hohenzollern - I
Plantação de Cana de Açúcar Romaniana

Em Áquila - Imperial Província da Romania:
Consultoria Contábil e Administrativa Hohenzollern (Fechada pela CIC)
Companhia Telephonica Hohenzollern - II
Fábrica de Processamento Hohenzollern
Vinícola Hohenzollern
Estaleiro Naval Imperial
Companhia de Navegação Oceânica Hohenzollern I
Transportadora Gesebiana +Transportadora Marítima Gesebiana
Companhia Agrícola Pastoril - Matriz + 8 filiais

Em Piemonte - Imperial Província da Romania:
Indústria Bélica Hohenzollern
Indústria Telephonica Gesebiana
Indústrias Hohenzollern & Cia. - FMMH - Filial I
Indústria Farmacêutica Gesebiana
Transportadora Gesebiana
Indústrias Hohenzollern & Cia.
Indústrias Farmacêuticas Hohenzollern
Indústrias Farmacêuticas Hohenzollern - I
Companhia de Comércio Hohenzollern

Em Firgen - Ducado da Dracônia:
Mina de Carvão Hohenzollern I
Mina de Carvão Hohenzollern II

No Porto de Cisalpe - Ducado da Dracônia:
Estaleiro Naval Hohenzollern I[/spoil]

Dados Empresariais
[spoil]Razão Social: Grupo Empresarial Hohenzollern
Tipo: Serviços Grande (8)
Funcionários:
Diretor-Financeiro:
Diretor-Comercial:
Assessor Jurídico:
Custo Base: G$s 200.000,00
Bônus:
Matérias-Primas necessárias:
Contratos de Compra:
Importação:
Serviços: Centralização Administrativa e Comercial das Empresas do Sr. Ivysson Luz Von Hohenzollern
Proprietário: Ivysson Luz Von Hohenzollern
Conta Corrente: J042 - 2[/spoil]
[/size][/font]

[font=Times New Roman][size=150]Era de noite quando um grupo de engenheiros alemães, estado-unidenses e britânicos chegam ao Edifício Frederico Augusto Hohenzollern. Eles adentram o prédio e são atendidos por um secretário:

  • Em que posso ajudar os senhores ?

  • Gostaríamos de falar com o Sr. Humbolt - disse um dos engenheiros.

  • A sim, ele está esperando os senhores, por favor, me acompanhem.

O secretário leva os engenheiros até uma sala. Ele entram na sala, muito bonita, adornada com um quadro do Sr. Hohenzollern ao centro.

  • Enfim chegaram, sejam bem vindos a Gesébia senhores, creio que já ouviram essa frase mas enfim, vamos ao que interessa - O Sr. Humbolt fez uma leve pausa e continuou - Como diretor executivo de projetos e empreendimentos do Grupo Empresarial Hohenzollern, tenho dois serviços para os senhores.

  • Diga senhor - disse os engenheiro alemães.

  • O primeiro serviço é a construção de uma linha de metrô aqui na Gardenha. Já dei ordens para iniciarem a limpeza do terreno, mas falta ainda uma avaliação e um projeto concreto para esta obra. O segundo projeto é a construção de uma usina hidrelétrica na Imperial Província da Romania.

  • Metrô ? Hidrelétrica ? São bem ousados, mas ousadia neste mundo é tudo. - falou um dos engenheiros estado-unidense, que continuou com seu raciocínio - Creio que devemos visitar este terreno da construção do metrô, para fazermos uma avaliação prévia.

  • Pois bem - disse o Sr. Humbolt - vamos até o local, estão todos de acordo ?

Os homens acenaram com a cabeça que sim

  • Então senhores, peguem os seus pertences e vamos até o local.

Os homens se levantam, pegam os seus pertences e vão até o local das obras do metrô.[/size][/font]

Chegando a sede do seu Grupo Empresarial, Ivysson dá uma olhada nas contas das empresas e no funcionamento das mesmas. Dá algumas ordens e pede para que a regularização e tarefas, bem como as devidas colaborações de cada devam ser agilizadas o mais rápido possível. Depois, vai para sua casa.

Acompanhado de alguns membros dos Punhos Nacionais, Ivysson chega a sede de seu Grupo Empresarial para uma reunião com alguns diretores.

Após uma rápida reunião, Ivysson solicita uma nova reunião amanhã pela manhã, para decidir outros pontos chaves acerca do Grupo Empresarial.

Ivysson passará o dia todo na sede do seu Grupo para tomar as devidas providências acerca do acidente ocorrido em uma de suas minas. Ele pede para que um funcionário leve-o até a sala onde ficam os telephones, para poder fazer uma ligação.

Uma equipe do Diário Nacional vai até a sedo do Grupo Empresarial, solicitam uma reunião com o Ministro e fazem uma rápida entrevista.

[font=Times New Roman][size=150]Entrando na sala de ligações, Ivysson rapidamente pega em um aparelho, disca alguns números e põe o aparelho no ouvido

Ligação N#01 - 30/03/1891
[spoil]

[/spoil]

Após encerrar a ligação, Ivysson sai da sede de seu grupo e vai para casa, cabisbaixo e abatido.[/size][/font]

Ainda um pouco adoentado, Ivysson aparece na sede de seu Grupo trajando seu belo sobretudo utilizado na época da Guerra Franco-Prussiana. Ele adentra o belo edifício e surpreende os presentes, que acreditam que este tiraria alguns dias de repouso, para se recuperar da doença que o acometeu nesta semana, mas sua teimosia impede-o de afasta-lo dos seus afazeres. Ele se reune com alguns diretores para saber como anda a situação de suas empresas e discutirem alguns planos de modernização e ampliação do grupo, além de tratar de assuntos pertinentes a vinda de alguns engenheiros e estudantes para o Império.

[font=Times New Roman][size=150]Chegando a sede do Grupo Empresarial, acompanhado por alguns diretores das empresas localizadas em Gardignon, Ivysson adentra ao edifício e segue até a sala de reuniões. Espera que todos se acomodem para poder iniciar a reunião. Os diretores pegam alguns papéis e Ivysson, inicia a reunião:

  • Senhores, boa tarde! Prometo ser breve, pois o assunto, creio eu, já está encaminhando entre nós. Iniciaremos, senhores, a transferência das empresas localizadas em Gardignon para Piemonte. O por que disso é o simples fato de a província da Romania estar mais de acordo com nossas necessidades, além de que o dinheiro pago por nós através de impostos não está sendo aproveitado pelo governo regional da província em que estamos. Na Romania, estaremos isentos de impostos, mas como gostamos de contribuir com o desenvolvimento, doaremos quantias periódicas para o F.E.R de maneira a ajudá-los no desenvolvimento daquela província, e tenho, assim como os senhores, a certeza absoluta que o dinheiro doado por nós é um investimento, no qual sabemos que será bem aproveitado. Estamos todos de acordo?

Os homens acenam confirmando que estão de acordo com a proposta do Sr. Hohenzollern.

  • Pois bem senhores, entrarei em contato com uma de nossas empresas para podermos transportar todos os equipamentos e materiais. Assim que entrar em contato e tiver uma posição, informarei os senhores.

Os homens, totalmente de acordo com as propostas, apertam as mãos e já discutem alguns planos para expandirem o negócio na Romania. Logo em seguida, retiram-se do edifício, enquanto Ivysson permanece no mesmo.[/size][/font]
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Dois gendarmes buscam falar com o senhor Ivysson, contudo não o encontrando deixam uma solicitação para que o mesmo compareça à Gendarmeria o mais breve possível.

Após um jovem chegar com uma pasta e toda a direção da empresa, seu conteúdo é revelado e oficializado.
[font=Courier New][size=150]

[/size][/font]
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

Aos poucos, inúmeros relatórios informando sobre as fusões das empresas do Grupo Empresarial Hohenzollern vem chegando a sede do mesmo. Os diretores do grupo esperam por todas as informações para oficializar tudo.
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

[size=150]

[/size]

Após uma grande reunião com representantes de todas as empresas do Grupo Empresarial Hohenzollern, é definida uma série de obrigações, no Ato Administrativo 01/1891.

[font=Courier New]

[/font]
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

[font=Times New Roman][size=150]Pela tarde, Ivysson comparece a sede do Grupo Empresarial Hohenzollern, para uma reunião com diretores e representantes das empresas que fazem parte do grupo. Após alguns debates, eles oficializam um documento que será o embrião de uma futura instituição financeira na Romania.

[/size][/font]
[hr]
[right]Ivysson Luz Von Hohenzollern[/align]

[size=150][font=Times New Roman]Ainda na manhã da segunda-feira, 27, o Gerente de Recepção do Hotel Seleya, conforme havia combinado com Coronel Wilhelm von Steindorff-Bayern, dirigiu-se até o grande edifício que abrigada o Grupo Empresarial Hohenzollern, a fim de deixar uma correspondência. Assim sendo, quando o Sr. Alfredo Giovanne entrou no saguão do prédio, dirigiu-se a recepcionista e entregou um envelope lacrado nas mãos do recepcionista. O envelope estava endereçado ao departamento financeiro do GEH. Assim que fez a entrega o homem saiu do prédio partido rumo ao seu outro destino, o Hotel Seleya.

Quanto ao conteúdo da correspondência:[/font][/size]