[EMPRESA] Joalheria Preciosa da Dracônia

[tab=30]Após a descoberta de predras preciosas perto de Myrce, o Comendador Richard Caçador decide abrir uma pequena fábrica de jóias. No mesmo local, mas na parte da frente seria realizada a venda destas jóias.

[center][/align]

[center]Gerente da loja e vendedor.[/align]

[spoil]


[/spoil]

[center]Alguns exemplos de jóias.[/align]

[spoil]
[/spoil]

[center]Primeiro conjunto de jóias fabricados que serão dados como presente para o Barão de Morais e sua esposa. [/align]

[spoil]Dados Empresariais:
Razão Social: Joalheria Preciosa da Dracônia
Conta-Corrente: J025-1
Tipo e Porte: Indústria Média (4) e Comércio Pequeno (2)
Custo-Base: D$s59.000
Matéria-Prima Necessária: Metais preciosos, Pedras Preciosas e Diamantes (4)
Contratos de Compra:
Mina de Pedras Preciosas Caverna do Caçador (1)
Mina de Ouro do Dragão Azul (1)
Mina de Diamantes Oxenaforda (1)
Ourivesaria Toque de Classe (1)
Importações: Metais preciosos (1)
Produção: Anéis, Colares, Brincos e demais tipos de jóias (4)
Contratos de Venda: -
Exportação: -
Funcionários: -
Proprietário: Selma Santini Souza e Silva[/spoil]

Uma grande carroça chega e começa a descarregar 3 grandes lingotes de ouro, de 50kg cada.

  • Senhor, a Mina de Ouro Dragão Azul manda os cumprimentos e deseja sucesso no negócio.

Após chegar o carregamento de ouro e algumas pedras preciosas é começado a fabricação de joias.

Divilly visita a Joalheria e fita, minuciosamente, as peças.

Trajando um terno preto, uma bengala e o broche do partido, o Chanceler adentra a loja juntamente de dois legionários.

[font=Garamond][size=150]Boa noite senhor, eu gostaria de ver os seus modelos de colares.

  • Sim Excelência.

O jovem vendedor traz alguns modelos de colares, o Chanceler analisa cada um até que finalmente encontra o que queria.

Esse, o colar de safira, ele é perfeito, por favor envia a conta para a Mansão da Gardenha.

  • Sim Excelência.[/size][/font]

Em seguida o Chanceler se retirou do local, andando lentamente como de costume.

O agora, Visconde de Firgen, foi à Joalheria Preciosa da Dracônia e encomendou ao vendedor dois anéis em ouro de 24 quilates com formatos de tigre, e no reverso, os nomes Victtorio e Katheryn. Em seguida, logo após fazer a encomenda, partiu para à Mansão de Drake.

  • Bem, esta é a encomenda do Visconde de Firgen?

  • Sim, senhor, já estamos despachando-a.

  • E as outras caixas que o senhor Caçador nos encomendou também já foram despachadas?

  • A caixa para Gardignon já deve estar chegando, ela foi escoltado por dois seguranças à paisana.

  • Muito bem! E tudo isso ficará por conta do senhor Caçador, ele informou-me que tudo são presentes.

  • Mas dessa maneira não teremos lucro!!!

  • Pelo contrário jovem! Dar estes presentes para pessoas importantes como essas é a melhor propaganda que podemos fazer.

  • Senhor, quase não temos conseguido atender a todos os pedidos que tem sido feitos neste mês. - falava o jovem funcionário ao fazer o balanço da semana.

  • Como eu lhe disse meu jovem, entregar presentes para grandes nomes da sociedade faz com que os baixos nobres e algumas pessoas mais abastadas comprem os mesmos produtos, ou então, venham atrás de produtos exclusivos.

Um funcionário da Companhia Elétrica Denki-Ryu visita a empresa, deixando um panfleto:

Um funcionário da EGCT entrega a correspondência à recepção da Joalheria.

Com as minas fechadas a produção de novas joias fica paralisada, embora a venda permaneça. Contudo nos primeiros dias os seguranças tiveram que ameaçar atirar em alguns baderneiros que tentaram invadir a loja.

Com a volta da produção de minerais e pedras, volta-se a fabricar as joias para venda. Com o interesse de alguns sunerianos pensa-se em exportar alguma parte da produção.

[justify][tab=30]Um funcionário da Ourivesaria Toque de Classe chega com um novo lote de jóias para serem comercializadas.[/align]

  • Estávamos quase sem jóias para vender. Ainda bem que chegou esse novo carregamento.

Havia certa preocupação com a filial em Áquila, visto que há boatos que um homem fora morto pelos seguranças do estabelecimento.

Com a proximidade do encerramento do prazo estabelecido pela CIC, o gerente pensa em fechar a empresa por alguns dias para cumprimento do estabelecido.

Com a situação econômica do Império normatizada. as vendas sofrem uma estranha queda, necessitando de alguma nova estratégia para que retomem o número costumeiro de vendas de joias.