[EMPRESA] Mina de Carvão do Corvo Negro

[center]Entrada da mina[/align]

[justify][size=150][font=Fantasy][tab=30]A Corvo Negro é a mais antiga mina de carvão das Montanhas Azuis, tendo sido explorada desde a fundação da Vila de Draco por um grupo de mineiros contratados por Alexander Drake.

[tab=30]Com o crescimento da Vila, muitos empreendimentos vieram para Draco, diversas outras minas (de carvão, ferro, ouro…) acabaram sendo compradas por grandes empresários ou conglomerados, mas a Corvo Negro sempre teve uma produção pequena e diferenciada, fornecendo carvão a preço baixo para algumas pequenas ferrarias e para algumas casas. Mesmo assim, Drake fora sondado diversas vezes, sempre se negando a se desfazer da Mina.

[tab=30]Com a morte de Drake, muito se especulou sobre o destino da Corvo Negro, mas o novo proprietário, Sora no Hiryuu, já garantiu que os mineiros, e também as diversas pessoas que compram a produção, não têm com o que se preocupar, que todos manterão seus empregos e os preços continuarão os mesmos. Além disso, iniciou diversos melhoramentos e ampliações na mina para torná-la mais competitiva sem precisar aumentar os preços.[/font][/size][/align]

[center]Gravura mostrando o trabalho no interior da mina[/align]

[justify][size=150]Dados Empresariais:
[spoil]

[/size][/align][/spoil]

[justify][tab=30]Chegando à Mina, o Conde é recebido por diversos dos mineiros, que se preparavam para iniciar outro turno de trabalho. Apeando e entrando no escritório, o Conde começa a inquirir sobre a produção da mina, a satisfação dos os empregados, bem como quaisquer novidades que tenham ocorrido.[/align]

Após estudos minuciosos no subsolo nas proximidades da Mina, são descobertas novas jazidas mais ao norte. Imediatamente começam escavações para ampliar a mina naquela direção.

Após muito trabalho, os mineiros concluem as novas galerias que levam à recém descoberta jazida, duplicando assim a produção da mina. Um telegrama é enviado para informar ao Marquês do progresso:

[center]Entrada da mina[/align]

[justify][size=150][font=Fantasy][tab=30]A Corvo Negro é a mais antiga mina de carvão das Montanhas Azuis, tendo sido explorada desde a fundação da Vila de Draco por um grupo de mineiros contratados por Alexander Drake.

[tab=30]Com o crescimento da Vila, muitos empreendimentos vieram para Draco, diversas outras minas (de carvão, ferro, ouro…) acabaram sendo compradas por grandes empresários ou conglomerados, mas a Corvo Negro sempre teve uma produção pequena e diferenciada, fornecendo carvão a preço baixo para algumas pequenas ferrarias e para algumas casas. Mesmo assim, Drake fora sondado diversas vezes, sempre se negando a se desfazer da Mina.

[tab=30]Com a morte de Drake, muito se especulou sobre o destino da Corvo Negro, mas o novo proprietário, Sora no Hiryuu, já garantiu que os mineiros, e também as diversas pessoas que compram a produção, não têm com o que se preocupar, que todos manterão seus empregos e os preços continuarão os mesmos. Além disso, iniciou diversos melhoramentos e ampliações na mina para torná-la mais competitiva sem precisar aumentar os preços.[/font][/size][/align]

[center]Gravura mostrando o trabalho no interior da mina[/align]

[justify][size=150][font=Kristen ITC]Dados Empresariais:
[spoil]

[/font][/size][/align][/spoil]

O Marquês surpreende-se ao ver a mina em plena atividade em tal horário, desembarcando da carruagem logo é recebido pelo administrador da mesma:

  • Marquês, que surpresa vê-lo em Firgen!
  • Muito boa noite, meu caro Johnston. Ainda trabalhando a estas horas?
  • Ah Marquês, os pedidos não param de chegar. Tanto a Matriz aqui quanto a Filial estão trabalhando em 3 turnos para dar conta da demanda…
  • Realmente? Ora, isso é muito bom… mas possuo um projeto para o futuro que talvez vá demandar mais carvão ainda…
  • Realmente? Bom… talvez deva mandar os geólogos darem uma olhada na parte baixa da encosta norte, aparentemente há uma boa jazida por lá.
  • Faça isso, Johnston, faça isso. Por hora, obrigado por me receber, e passe bem, meu caro.

[center]Entrada da mina[/align]

[justify][size=150][font=Fantasy][tab=30]A Corvo Negro é a mais antiga mina de carvão das Montanhas Azuis, tendo sido explorada desde a fundação da Vila de Draco por um grupo de mineiros contratados por Alexander Drake.

[tab=30]Com o crescimento da Vila, muitos empreendimentos vieram para Draco, diversas outras minas (de carvão, ferro, ouro…) acabaram sendo compradas por grandes empresários ou conglomerados, mas a Corvo Negro sempre teve uma produção pequena e diferenciada, fornecendo carvão a preço baixo para algumas pequenas ferrarias e para algumas casas. Mesmo assim, Drake fora sondado diversas vezes, sempre se negando a se desfazer da Mina.

[tab=30]Com a morte de Drake, muito se especulou sobre o destino da Corvo Negro, mas o novo proprietário, Sora no Hiryuu, já garantiu que os mineiros, e também as diversas pessoas que compram a produção, não têm com o que se preocupar, que todos manterão seus empregos e os preços continuarão os mesmos. Além disso, iniciou diversos melhoramentos e ampliações na mina para torná-la mais competitiva sem precisar aumentar os preços.[/font][/size][/align]

[center]Gravura mostrando o trabalho no interior da mina[/align]

[justify][size=150][font=Kristen ITC]Dados Empresariais:
[spoil]

[/font][/size][/align][/spoil]

[spoil][justify]Alguns quilômetros ao norte de Firgen, inicia-se um estudo geológico do local, verificando a chance de se encontrar minerais na área.[/align]

[/spoil]

[center]Entrada da mina[/align]

[justify][size=150][font=Fantasy][tab=30]A Corvo Negro é a mais antiga mina de carvão das Montanhas Azuis, tendo sido explorada desde a fundação da Vila de Draco por um grupo de mineiros contratados por Alexander Drake.

[tab=30]Com o crescimento da Vila, muitos empreendimentos vieram para Draco, diversas outras minas (de carvão, ferro, ouro…) acabaram sendo compradas por grandes empresários ou conglomerados, mas a Corvo Negro sempre teve uma produção pequena e diferenciada, fornecendo carvão a preço baixo para algumas pequenas ferrarias e para algumas casas. Mesmo assim, Drake fora sondado diversas vezes, sempre se negando a se desfazer da Mina.

[tab=30]Com a morte de Drake, muito se especulou sobre o destino da Corvo Negro, mas o novo proprietário, Sora no Hiryuu, já garantiu que os mineiros, e também as diversas pessoas que compram a produção, não têm com o que se preocupar, que todos manterão seus empregos e os preços continuarão os mesmos. Além disso, iniciou diversos melhoramentos e ampliações na mina para torná-la mais competitiva sem precisar aumentar os preços.[/font][/size][/align]

[center]Gravura mostrando o trabalho no interior da mina[/align]

[justify][size=150][font=Kristen ITC]Dados Empresariais:
[spoil]

[/font][/size][/align][/spoil]

[spoil][justify]Alguns quilômetros ao norte de Firgen, inicia-se um estudo geológico do local, verificando a chance de se encontrar minerais na área.[/align]

[/spoil]

[center]Entrada da mina[/align]

[justify][size=150][font=Fantasy][tab=30]A Corvo Negro é a mais antiga mina de carvão das Montanhas Azuis, tendo sido explorada desde a fundação da Vila de Draco por um grupo de mineiros contratados por Alexander Drake.

[tab=30]Com o crescimento da Vila, muitos empreendimentos vieram para Draco, diversas outras minas (de carvão, ferro, ouro…) acabaram sendo compradas por grandes empresários ou conglomerados, mas a Corvo Negro sempre teve uma produção pequena e diferenciada, fornecendo carvão a preço baixo para algumas pequenas ferrarias e para algumas casas. Mesmo assim, Drake fora sondado diversas vezes, sempre se negando a se desfazer da Mina.

[tab=30]Com a morte de Drake, muito se especulou sobre o destino da Corvo Negro, mas o novo proprietário, Sora no Hiryuu, já garantiu que os mineiros, e também as diversas pessoas que compram a produção, não têm com o que se preocupar, que todos manterão seus empregos e os preços continuarão os mesmos. Além disso, iniciou diversos melhoramentos e ampliações na mina para torná-la mais competitiva sem precisar aumentar os preços.[/font][/size][/align]

[center]Gravura mostrando o trabalho no interior da mina[/align]

[justify][size=150][font=Kristen ITC]Dados Empresariais:
[spoil]

[/font][/size][/align][/spoil]

[spoil][justify]Alguns quilômetros ao norte de Firgen, inicia-se um estudo geológico do local, verificando a chance de se encontrar minerais na área.[/align]

[/spoil]

Após muito trabalho, a mina começa a produzir carvão de excelente qualidade.

Uma equipe da Matriz chega à Filial I, conversando com o capataz da mesma:

  • Estamos aqui para procurarmos novas jazidas, vocês têm conhecimento de alguma?
  • Econtramos uma mais ao sudeste, mas nao é de alta qualidade, por isso apenas a demarcamos e seguimos os trabalhos.
  • Entendo… Bem, iremos analisar a área, de qualquer maneira… obrigado pela atenção.

Os trabalhos para a abertura da 5ª Filial da Corvo Negro finalmente são concluído.

[center]Entrada da mina[/align]

[justify][size=150][font=Fantasy][tab=30]A Corvo Negro é a mais antiga mina de carvão das Montanhas Azuis, tendo sido explorada desde a fundação da Vila de Draco por um grupo de mineiros contratados por Alexander Drake.

[tab=30]Com o crescimento da Vila, muitos empreendimentos vieram para Draco, diversas outras minas (de carvão, ferro, ouro…) acabaram sendo compradas por grandes empresários ou conglomerados, mas a Corvo Negro sempre teve uma produção pequena e diferenciada, fornecendo carvão a preço baixo para algumas pequenas ferrarias e para algumas casas. Mesmo assim, Drake fora sondado diversas vezes, sempre se negando a se desfazer da Mina.

[tab=30]Com a morte de Drake, muito se especulou sobre o destino da Corvo Negro, mas o novo proprietário, Alexander Di Draconi, já garantiu que os mineiros, e também as diversas pessoas que compram a produção, não têm com o que se preocupar, que todos manterão seus empregos e os preços continuarão os mesmos. Além disso, iniciou diversos melhoramentos e ampliações na mina para torná-la mais competitiva sem precisar aumentar os preços.[/font][/size][/align]

[center]Gravura mostrando o trabalho no interior da mina[/align]

[justify][size=150][font=Kristen ITC]Dados Empresariais:
[spoil]

[/font][/size][/align][/spoil]

[spoil][justify]Alguns quilômetros ao norte de Firgen, inicia-se um estudo geológico do local, verificando a chance de se encontrar minerais na área.[/align]

[/spoil]

Os trabalhos para a abertura da 6ª Filial da Corvo Negro finalmente são concluídos.

[center]Entrada da mina[/align]

[justify][size=150][font=Fantasy][tab=30]A Corvo Negro é a mais antiga mina de carvão das Montanhas Azuis, tendo sido explorada desde a fundação da Vila de Draco por um grupo de mineiros contratados por Alexander Drake.

[tab=30]Com o crescimento da Vila, muitos empreendimentos vieram para Draco, diversas outras minas (de carvão, ferro, ouro…) acabaram sendo compradas por grandes empresários ou conglomerados, mas a Corvo Negro sempre teve uma produção pequena e diferenciada, fornecendo carvão a preço baixo para algumas pequenas ferrarias e para algumas casas. Mesmo assim, Drake fora sondado diversas vezes, sempre se negando a se desfazer da Mina.

[tab=30]Com a morte de Drake, muito se especulou sobre o destino da Corvo Negro, mas o novo proprietário, Alexander Di Draconi, já garantiu que os mineiros, e também as diversas pessoas que compram a produção, não têm com o que se preocupar, que todos manterão seus empregos e os preços continuarão os mesmos. Além disso, iniciou diversos melhoramentos e ampliações na mina para torná-la mais competitiva sem precisar aumentar os preços.[/font][/size][/align]

[center]Gravura mostrando o trabalho no interior da mina[/align]

[justify][size=150][font=Kristen ITC]Dados Empresariais:
[spoil]

[/font][/size][/align][/spoil]