[EMPRESA] Transportes Lua Nova

[justify][tab=30]A Transportes Lua Nova atende em todos os rios de Dunnord, bem como faz o transporte de cabotagem entre as cidades litorâneas e também entre as ilhas próximas da costa. Dessa maneira abarca as bacias hidrográficas do rio La Luna e do rio El Luno, bem como seus afluentes.[/align]

[center]
Barco transportando pessoas entre as cidades de Avranche e Nordingen.[/align]

Localização: Rouen

Administração sob responsabilidade da Matriz

[center]Por ser uma região com uma vasta floresta, os bens mais transportes são as madeiras.


Balsa com carregamento de madeira.[/align]

[center]

Navio da transportadora chegando a Porto Dunnord.[/align]

[center]A transportadora aumentou seu fluxo de trabalho, sendo necessário que seus trabalhadores fizessem horas extras e trabalho noturno.[/align]

[tab=30]Na pressa de atender a demanda e carregar um barco, um dos funcionários erra o nó para amarrar a proa do barco. Tal imperícia faz com que, durante o carrregamento, o nó se desfaça e o barco se afaste da beirada derrubando dois funcionários que estavam sobre a prancha, além de que a caixa que carregavam rapidamente afunda.

[tab=30]O chefe, ao ver tal cena, corre para verificar se os funcionários se machucaram, o que felizmente não ocorreu. Retirados os funcionários, o chefe questiona quem fez aquele nó, ao se apresentar o fucnionário é prontamente demitido. Contudo, seus companheiros pedem para o chefe relevar asituação visto que ninguém se machucou e que a pouco lhe tinha nascido o terceiro filho e precisava do trabalho. O chefe concorda mas afirma que haveria desconto no salário dele pelos próximos três meses.

[offtopic]Este evento deverá ser considerado como uma movimentação governamental, dando um ônus de -5% no lucro da empresa neste mês, no presente caso, somente incidindo sobre o custo-base desta filial, (5% sobre 200 mil gesébos = 10 mil de prejuízo).[/offtopic]

Os trabalhos são realizados de maneira mais lenta em virtude do acidente sofrido na última semana.

Em virtude do acidente do mês passado, funcionários da SIFI verificam as instalações e equipamentos da empresa, constatando algumas irregularidades. Tais irregularidades não chegam a serem passíveis de multa mas custarão para estarem em ordem.

[offtopic]Este evento deverá ser considerado como uma movimentação governamental, dando um ônus de -5% no lucro da empresa neste mês, no presente caso, somente incidindo sobre o custo-base desta filial, (5% sobre 200 mil gesébos = 10 mil de prejuízo).[/offtopic]

Com a divisão do Império, os administradores ficam preocupados com toda a reformulação administrativa que terão que fazer.

Com alguns estudos em mãos, os diretores da Transportes local, buscam novas rotas e acordos comerciais.

Com o desemprego atual, várias são as pessoas que vem pedir emprego, contudo sem êxito.

Os diretores da empresa estranham o baixo movimento, inclusive ocasionando redução nas receitas da empresa.

Com a baixa no nível de ameaça da Sunéria, os transportes para ilhas próximas à Gesébia tornam-se mais frequentes. Contudo, por causa de uma tempestade, as operações foram suspensas por uma semana.

Várias carroças precisam ser reformadas para que se realize todas as entregas requisitadas.

Sendo um mês de muito frio, julho acaba atrapalhando profundamente a realização dos serviços da empresa.

Um pequena caixa é entregue num casa nos ermos de Campos Noroeste.

Alguns barcos da empresa são utilizados por militares para levantamento da hidrografia na floresta de Lunos.

Com os novos investimentos governamentais, há uma mudança de rotas da Transportes.

A Transportes dedica vários barcos no auxilio à marinha dugardenhana.

  • Porque que a Selma não vira rainha de vez?

  • Num sei! Talvez porque ela não é de família nobre!?

  • Besteira! Os outros dois também não eram de família nobre e hoje são reis!

E assim prosseguiu a conversa no pequeno barco entre as duas senhoras clientes da companhia.