[ESTATAL] Casa de Câmbio Romaniana

[center]Casa de Câmbio Romaniana[/align]

[font=Times New Roman][size=150]Moedas a serem negociadas:
Dólar (Estados Unidos) – $
Libra Esterlina (Reino Unido) - £
Franco (França) – F
Marco Ouro (Império Alemão) - ℳ
Coroa Austro-Húngara (Império Austro-Húngaro) – Kr
Rublo (Império Russo) – P
Réis (Brasil) – Rs

Sobre o valor da moeda
A partir deste momento, todas as moedas listadas acima equivalem a G$s 1,00.

Sobre a Cotação
[tab=30]A cotação sobe quando:

  • Existe pouca oferta de moeda no mercado: + 3%;
  • Quando há queda no PIB nacional: + 1%;
  • Quando a procura é maior que a oferta: + 2%;
  • Déficit nas contas públicas: +4%;

[tab=30]A cotação desce quando:

  • Existe grande oferta de moeda no mercado: - 3%;
  • Quando há aumento no PIB nacional: - 1%;
  • Quando a procura é menor que a oferta: - 2%;
  • Superávit nas contas públicas: - 4%;

Sobre a compra
[tab=30]As moedas estrangeiras poderão ser compradas na Casa de Câmbio do Banco Hohenzollern.

  • Para transações de até G$s 50.000,00, será cobrada uma taxa de 2,5% sobre o montante comprado, mais um valor fixo de G$s 70,00.
  • Para transações acima de G$s 50.000,00, será cobrada uma taxa de 4% sobre o montante comprado, mais um valor fixo de G$s 150,00.

O limite diário de compra por pessoa não pode ultrapassar a cifra de G$s 200.000,00.

Histórico Empresarial
[spoil][justify][tab=30]A primeira empresa do Império no ramo, a Casa de Câmbio representa uma total revolução no sistema financeiro da nação. Com ela, a compra de moeda estrangeira por parte de investidores imperiais, bem como transações serão facilitadas. O que levava dias, agora, levará apenas algumas horas. Além disso, muitos imigrantes que chegam ao Império, trocam as moedas de seus respectivos países por ouro, e vende no Império. Com a Casa de Câmbio, esta operação tornará obsoleta, uma vez que não será mais necessário todo este processo lento e arriscado.[/align][/spoil]

Dados da Construção
[spoil][i][center]Próximo a sede do Banco Hohenzollern, um novo empreendimento começa a surgir.[/align]

[center]Com o loteamento do terreno, uma placa é colocada na entrada do canteiro de obras:[/align]

[/i][/spoil]

Dados Empresariais
[spoil]Conta Corrente sob administração da Matriz Banco Hohenzollern[/spoil][/size][/font]

Em seu primeiro dia de funcionamento, a Casa de Câmbio Gesebiana já inicia a venda de diversas moedas para o público em geral.

[size=200][font=French Script MT]

[/font][/size]

[font=Courier New]

[/font]

A Casa da Moeda Gesebiana continua seus trabalhos normalmente. Com a aproximação do final do ano, o movimento cresce, uma vez que muitos gesebianos viajam para outros países.

Com a produção de A$ 20.000.000,00, pelo Banco Hohenzollern, uma parte é distribuída para a Casa de Câmbio, que começa a conversão monetária dos cidadãos romanianos.

Após dias conturbados, com o estabelecimento lotado de populares querendo converter suas moedas, finalmente, a movimentação volta ao normal e os funcionários da Casa de Câmbio encontram-se mais relaxados e tranquilos para trabalharem.


[tab=30]Com o aumento no fluxo imigratório, o movimento na Casa de Câmbio aumenta na mesma proporção. Imigrantes trazem consigo todas as suas economia, e convertem para a moeda local.


[tab=30]Nas duas primeiras semanas do mês, o movimento na Casa de Câmbio fica um pouco mais calmo, mas mesmo assim, vários cidadãos e imigrantes vão até o local converter suas moedas.


[tab=30]Um novo lote de moedas chegam à Casa de Câmbio afim de atender as crescentes necessidades de reserva de moedas estrangeiras, uma vez que o número de imigrantes cresce.


[tab=30]Diversas máquinas de armazenamento e preservação da qualidade das cédulas e moedas são trocadas, pois apresentavam problemas em algumas engrenagens.


[tab=30]Um novo lote monetário chega do Império Austro-Húngaro, para compor a carteira de serviços da empresa.


[tab=30]Com um leve aumento na cotação da libra, investidores fazem uma verdadeira corrida à Casa de Câmbio, para converterem seus áureos às moedas britânicas.


[tab=30]Lotes de moedas draconianas chegam à Casa de Câmbio e logo são colocadas à venda.

[tab=30]O enorme afluxo imigratório na capital lota a Casa de Câmbio de cidadãos querendo converter suas economias em áureos e denários. Tal cenário está preocupando a diretoria da estatal, que teme que suas reservas esgotem-se em poucos dias.


[tab=30]Diretores da unidade temem que, com maior circulação de moeda nacional, em decorrência do grande número de imigrantes, que haja um aumento da inflação nacional.


[tab=30]Em vista do aumento do fluxo migratório e consequente aumento de moeda, a Casa de Câmbio decide aumentar a cotação do áureo em relação às demais moedas europeias, a fim de evitar um processo inflacionário, o que causaria sérios danos à uma economia em franca expansão.


[tab=30]Apesar dop sistema de câmbio fixo utilizado pela estatal, é de se constatar que a moeda romaniana passa por crescente valorização frente as demais. Por conta disto, é enviado um relatório ao Departamento do Tesouro notificando sobre a prevalência do áureo em diversas relações comerciais.


[tab=30]Agentes disfarçados de economistas fazem anotações sobre o movimento na estatal e a qualidade dos serviços prestados pelos funcionários da mesma. A intenção, é recuperar a empresa através de uma operação de compra junto ao Governo Real.