[ESTATAL] Empresa Draconiana de Correios e Telégraphos

[font=Palatino Linotype][size=150][center]
EGCT - Empresa Gesebiana de Correios e Telégraphos - ESTAÇÃO TRANSMISSORA CISALPE[/align]

[center]Vista das instalações da Estação Transmissora Cisalpe[/align]

A Empresa Gesebiana de Correios e Telégraphos, nascida do sonho do Conde René von Biller, enquanto este se encontrava no cárcere, visa o atendimento com excelência a todos os cidadãos de Gesébia. Iniciando pioneiramente as transmissões na região de Dunnord, o mais extremo ponto do Império, o Conde Biller tinha planos para ligar todos os endereços residenciais e empresariais de cada localidade dali.

Nos próximos tempos, a malha telegráfica faria a cobertura nacional, onde cada cidadão encontraria na Estação Transmissora (da região em que estivesse) a fácil comunicação com todos os endereços.

O projeto agora realizara as obras no Porto de Cisalpe e com isso concluiria a instalação da imensa rede telegráfica.

SOB CONTROLE DA MATRIZ

Contrata-se
Gerente Regional de Operações - Salário de G$s 400.000 anuais[/size][/font]

[offtopic]Recomendação para postagem da carta-telegrama:
Quando você for postar uma “carta-telegrama” diretamente ao endereço específico, faça isso especificando com o código “[‘quote’]” e “[’/quote’’]” (sem as aspas simples dentro dos dois colchetes, e especificando ainda, no topo, o título - CARTA-TELEGRAMA.

Seja sucinto em seus telegramas!

MODERAÇÃO, POR FAVOR, FIXAR OS TÓPICOS EM CADA REGIÃO, PARA QUE ESTE INDEX FIQUE SEMPRE VISÍVEL.

USUÁRIOS DO IG - AO FUNDAREM NOVAS EMPRESAS OU FIXAR RESIDÊNCIA, POR FAVOR, AVISAR NESTE TÓPICO.[/offtopic]

[mod=“Wellington”]Atenção:
Deverá ser respeito o período de uma hora entre o envio e o recebimento do telegrama, grato.

Att;
Administração GSB.[/mod]

[font=Palatino Linotype][size=150]

[center]COMUNICADO[/align]

[justify]Em virtude da catástrofe natural que abalou a nação, a quase totalidade da rede de telegrafia cessou seu funcionamento. A Empresa Gesebiana de Correios e Telégraphos tem envidado esforços para a restauração do sistema nacional de telegraphia. Temporariamente, temos focado na manutenção e reforço do sistema de circulação de correios, priorizando as mensagens transmitidas entre órgãos governamentais e mensagens pessoais.

De modo a esclarecer algumas dúvidas sobre isso, até a restauração completa do sistema telegráfico e ferroviário, divulga-se que o tempo de envio de postagem, para as próximas semanas:

De Dunnord

  • Para Gardignon: 24 horas;
  • Para Áquila: 48 horas;
  • Para Firgen: 72 horas;
  • Para Piemonte: 72 horas;
  • Para Cisalpe: 96 horas.

De Gardignon

  • Para Dunnord: 24 horas;
  • Para Áquila: 24 horas;
  • Para Piemonte: 48 horas;
  • Para Firgen: 48 horas;
  • Para Cisalpe: 72 horas.

De Áquila

  • Para Dunnord: 48 horas;
  • Para Gardignon: 24 horas;
  • Para Piemonte: 24 horas;
  • Para Firgen: 24 horas;
  • Para Cisalpe: 48 horas.

De Piemonte

  • Para Dunnord: 72 horas;
  • Para Gardignon: 48 horas;
  • Para Áquila: 24 horas;
  • Para Firgen: 48 horas;
  • Para Cisalpe: 72 horas.

De Firgen

  • Para Dunnord: 72 horas;
  • Para Gardignon: 48 horas;
  • Para Áquila: 24 horas;
  • Para Piemonte: 48 horas;
  • Para Cisalpe: 24 horas.

De Cisalpe

  • Para Dunnord: 96 horas;
  • Para Gardignon: 72 horas;
  • Para Áquila: 48 horas;
  • Para Piemonte: 72 horas;
  • Para Firgen: 24 horas.

Esses prazos valem para mensagens entre entes do governo e mensagens pessoais para outros destinatário pessoais e comerciais. Para sua comodidade entre em contado com nossas estações transmissoras para maiores esclarecimentos. Esperamos normalizar os serviços de telegraphia em algumas semanas.[/align]

[right]Grupo Gestor da EGCT[/align][/size][/font]

[offtopic]Na prática, vcs marcam o envio da carta em alguma Estação [ou nas residências/prédios, mas façam o RP dizendo que enviaram] e a carta demora esses prazos para chegaram aos destinos.[/offtopic]

[font=Palatino Linotype][size=150]

[center]COMUNICADO[/align]

[justify]Mediante esforços árduos, envidados e conjuntos dos Fuzileiros Imperiais, voluntários e técnicos da CEDR, bem como desta instituição, a Empresa Gesebiana de Correios e Telégraphos declara doravante a restauração de suas principais linhas de transmissão, entre todas as capitais provinciais. Nos próximos dias, cada estação de transmissão continuará seus trabalhos para religar as ramificações de vilarejos distantes.

Nas próximas horas, os usuários de nossos serviços poderão voltar a utilizar a telegrafia, enquanto nossas centrais remetem mensagens acumuladas ao longo destes tempos de crise. Para serviços de postagem e carta-correspondência, prevalece uma demora usual de até 24 horas, pois o sistema ferroviário não se encontra inteiramente restaurado.[/align]

[right]Grupo Gestor da EGCT[/align][/size][/font]

[offtopic]Na prática, podem voltar a mandar telegrama. Se forem mandar cartas/convites/encomendas/mercadorias e coisas do tipo, esperem até 24 horas, que é o prazo usual.[/offtopic]

Após saber por telegrama da votação que ocorria no PD, o Visconde de Firgen foi à estação telegráphica e enviou um telegrama para a sede do partido.

Ainda na noite do dia 11, Edward Medeiros depositou um pacote destinado ao Rei da Dracônia.

[justify][tab=30]Um problema com os cabos deixa a empresa sem comunicação com o resto do Reino durante boa parte do dia, até o mesmo ser consertado.[/align]

[justify][tab=30]Uma grande quantidade de telegramas é enviado pelas empresas locais.[/align]

[font=Times New Roman][size=150]Ao começo da manhã, com a cidade ainda por acordar, o Marquês foi a estação e dirigiu-se a um guichê.

- Bom dia! Eu gostaria de enviar estas cartas oficiais para o Palácio dos Dragões e para a Embaixada Romaniana, ambos em Firgen.

- Pois não, Alteza. Mas saiba que um de nossos carteiros passa a cada dois dias ao final da tarde no Palácio do Tigre para recolher as cartas oficiais.

- Sim, sim, de facto. Mas é bom esticar as pernas, passar um dia inteiro trancafiado naquele gabinete não é de meu gosto e além do mais, esta cartas tem certa urgência.

- Muito bem, levarão alguns dias para chegarem.

- E quanto lhe devo?

- Absolutamente nada, Alteza. Correspondências oficiais do governo são gratuitas.

- Pois bem então, leve estes D$s 10,00. Pela conversa.

- Muito obrigado, Alteza.[/size][/font]

[justify][tab=30]Após muito trabalho, os técnicos das EDCT conseguem finalizar os consertos nas redes telegráphicas avariadas devido à tempestade.[/align]

[justify][tab=30]Uma grande quantidade de telegramas foi enviada nos últimos dias. Em sua maior parte, empresariais.[/align]

Um jovem senhor recebe um telegrama de Gardignon e repassa o recado.

[justify][tab=30]O número de telegramas para outras nações têm um aumento considerável, em sua maioria questionamentos sobre a situação de familiares nas nações em guerra.[/align]

O envio de telegramas e correspondências continua a aumentar mês a mês.