[ESTATAL] Empresa Romaniana de Luz e Energia - Matriz

[center]Empresa Romaniana de Luz e Energia - Matriz[/align]

[center]Vista do prédio da CEDR, com o porto à esquerda[/align]

[justify][tab=30]Em um terreno baldio, próximo ao Porto levantou-se, em tempo recorde, a primeira filial da Companhia Elétrica de Gesébia.[/align]

[center]Plano simplificado sobre o sistema de geração termoelétrico[/align]

[justify][tab=30]Funcionando através de um sistema termoelétrico, onde o calor gerado por uma fonte de energia aquece um reservatório de água, cujo vapor por sua vez faz funcionar um gerador, a energia gerada por ele é amplificada em um transformador, e levada por cabos até seu destino final, sejam lâmpadas nas ruas ou residências ou motores industriais. O vapor é então resfriado no subsolo, retornando para as caldeiras, onde reinicia o processo.[/align]

[center]Parte dos geradores alimentados pelo vapor gerado nas caldeiras[/align]

[justify][size=150][font=fantasy][tab=30]Os geradores de última geração foram importados dos Estados Unidos, sendo capazes de suprir, segundo os cálculos, ao menos uma população 50% maior que a atual da cidade. O sistema de aquecimento da água, que fica no subsolo, também é de última geração, podendo ser alimentado tanto com Carvão quanto com Óleo Combustível. Inclusive, filtros de carvão mineral na grande chaminé impedem que a fumaça produzida tenha um cheiro muito forte.

[tab=30]Valores para fornecimento anual de energia elétrica:
[spoil][tab=30]Tarifa Residencial:
Residência até G$s10.000: G$s500
Residência de G$s10.001 a G$s25.000: G$s1.000
Residência acima de G$s25.001: G$1.500
[tab=30]Tarifa Rural:
Empresas de Extrativismo Porte Micro/Individual: G$s500
Empresas de Extrativismo Porte Pequeno: G$s1.000
Empresas de Extrativismo Porte Médio: G$s2.500
Empresas de Extrativismo Porte Grande: G$s5.000
Empresas de Agronegócio Porte Micro/Individual: G$s500
Empresas de Agronegócio Porte Pequeno: G$s1.000
Empresas de Agronegócio Porte Médio: G$s2.500
Empresas de Agronegócio Porte Grande: G$s5.000
[tab=30]Tarifa Comercial:
Empresas Comerciais e de Serviços Porte Micro/Individual: G$s750
Empresas Comerciais e de Serviços Porte Pequeno: G$s1.500
Empresas Comerciais e de Serviços Porte Médio: G$s2.500
Empresas Comerciais e de Serviços Porte Grande: G$s5.000
[tab=30]Tarifa Industrial:
Indústrias Porte Micro/Individual: G$s1.000
Indústrias Porte Pequeno: G$s2.500
Indústrias Porte Médio: G$s5.000
Indústrias Porte Grande: G$s10.000[/spoil][/font][/size][/align]

[justify][size=150][font=Times New Roman]Dados Empresariais:
[spoil]

[/font][/size][/align][/spoil]

[spoil]Adiantando os planos devido à crise instaurada na Romania, como forma de auxiliar na retomada da mesma, os Conglomerados Dragão Azul iniciam uma grande construção nas cercanias de Áquila, próximo ao Rio Padus. Boatos dão conta de que será uma filial da CEDR, cuja matriz se localiza em Gardignon.

Utilizando principalmente mão-de-obra romaniana a fim de dar emprego a parte dos milhares de desempregados, a construção é feita sem descanso, para que seja concluída o quanto antes.[/spoil]

Após semanas de construção, finalmente a primeira filial da CEDR é inaugurada em Áquila.

[justify][tab=30]Com os estoques de carvão quase no fim, é com alívio que os funcionários recebem um novo carregamento vindo das minas da Corvo Negro.[/align]

Após receber o telegrama da última noite, o senhor Franck Martin, gerente de unidade, toma a difícil decisão, e chega cedo à empresa, desligando os geradores, lacrando-a e colando um cartaz à porta da mesma:

Após a esperada chegada da eletricidade ao Império, agora o mesmo se encontra, novamente, nas trevas.

[justify][tab=30]Com o final do Estado de Emergência a empresa é reaberta,seus funcionários voltam a trabalhar e a luz volta a brilhar nas ruas, nas casas e nas empresas da cidade.[/align]

Alguns gendarmes e dois bombeiros fazem uma inspeção completa na empresa, a fim de evitar qualquer futuro acidente.

[font=Garamond][size=150]Solicitamos a instalação de linhas elétricas nas empresas citadas anteriormente, o depósito do montante necessário para a manutenção do acordo será feito em algumas horas.

Att;
Corporações Valeyard.[/size][/font]

[justify][tab=30]Mesmo após dias de trabalho, a situação ainda era complicada. O terremoto rompera as tubulações subterrâneas responsáveis pelo resfriamento dos vapores que moviam as turbinas geradoras. Das 10 turbinas instaladas, duas foram completamente inutilizadas, três precisavam de reparos, quatro estavam em condições mas teriam que aguardar os reparos das tubulações subterrâneas, e apenas uma poderia ser colocada em funcionamento. Visto que, no momento do abalo seis geradores estavam em funcionamento, isto proveria somente 1/6 da energia, devendo ser priorizados os locais de atendimento primário. Mas este era apenas um dos problemas.
[tab=30]Boa parte das linhas transmissoras estavam no chão, se não devido ao abalo devido ao desabamento de prédios sobre as mesmas. Levaria dias, se não semanas ou mesmo meses, para restabelecer todas as transmissões. Mesmo assim, enquanto os técnicos e engenheiros trabalhavam nos geradores, os demais funcionários procuravam consertar ou instalar novas redes elétricas, priorizando o fornecimento aos prédios governamentais e aos hospitais da cidade.
[/align]

Duas noites e um dia de investigações nos funcionários da CEDR, se descobriu quem era os falsos funcionários e que utilizaram-se da empresa para o roubo de armas apreendidas que estavam na Legião. Embora, fosse certo que os nomes eram falsos e provavelmente as histórias pessoais contadas, foi possível determinar a raça pertencente aos dois suspeitos. O que delimita a busca pelos suspeitos e permite que a Praetoria foque as investigações em alguns nomes mais proeminentes do Império e homens ricos em geral.

Uma manutenção de rotina é realizada nos equipamentos para garantir seu bom funcionamento.

Novos postes são adquiridos e serão utilizados em manutenções em alguns pontos da Capital Real.

[justify][tab=30]Estudos são encomendados sobre a possibilidade de um reforço na rede para que, futuramente, não hajam blackouts, dado a grande concentração de industrias que começam a ressurgir na Cidade de Áquila e cidades vizinhas.[/align]

[justify][tab=30]Com os estoques de combustível próximos do fim, um novo pedido de importação de carvão proveniente do Reino da Dracônia é feito.[/align]

[justify][tab=30]Operando com sua capacidade total, a Unidade I da Empresa Romaniana de Energia tem formicido um serviço energético de exímia qualidade para a Real Província do Lazio.[/align]

[justify][tab=30]Uma grande carga de carvão importada das minas do Reino da Dracônia é entregue a Unidade I, garantindo assim, o pleno funcionamento da estação durante o mês de dezembro.[/align]


[tab=30]A produção da empresa de energia é dobrada, para atender as necessidades da população de Áquila


[tab=30]Manutenções de rotinas é realizada em toda a unidade para evitarem quedas de força no período de maior demanda do ano.


[tab=30]Após inauguração de algumas filiais da empresa no interior do Reino, novos projetos de expansão são elaborados para levar energia elétrica a todos os cidadãos.