[ESTATAL] Estação Ferroviária de Toulou

[center]Estação Ferroviária de Toulou[/align]

[size=140][font=Times New Roman][justify][tab=30]Construída em meados de junho de 1893, a Estação Ferroviária de Toulou…

Histórico do Prédio
[spoil][tab=30]No dia 2 de junho, uma equipe da Construtora Imperial inicia as obras de construção da Estação Ferroviária de Toulou.
[/spoil]
Dados Empresariais:
[spoil]

[/spoil][/align][/font][/size]

[justify][tab=30]Assim que a construção da estação fora concluída, a equipe seguiu para o Estado de Entre Vales, onde seguiria trabalhando nas obras da Kaiser Ferroviária e Logística S/A.[/align]

[justify][tab=30]Por volta do meio-dia, as tropas provenientes de Belle Nord haviam desembarcado em sua totalidade, ocupando por inteiro os arredores da Estação Ferroviária de Toulou. Quem exercia o Comando-Geral das forças era o General-de-Exército Aléxis Olivier, que assumiria, também, o comando das operações no fronte oeste. Sem titubear, assim que organizavam-se, os batalhões seguiam para a região do Posto de Fronteira, onde uma ponte para a travessia estava sendo erguida.[/align]


[center]General-de-Brigada Manoel Abranches e o General Olivier[/align]

[justify][tab=30]Assim que o trem que trazia as 100 peças de artilharia vindas de Belle Nord chegou à Estação de Toulou, os equipamentos começaram a ser descarregados.
[tab=30]Permaneceriam na estação guarnecidos por 20 Guardas de Fronteira, a espera dos reservitas convocados pelo Governo.[/align]

[size=140][font=Times New Roman][justify][tab=30]Tendo o último trem que trazia os soldados reservistas - vindos da Capital - chegado por volta das 7 horas da manhã, o efetivo total fora organizado de forma que, sob o comando de Majores e Tenente-Coronéis, formaram-se a 4ª Brigada de Infantaria Reservista, com 1.800 soldados e oficiais; a 5ª Brigada de Infantaria Reservista, com 1.600 soldados e oficiais; e a 6ª Brigada de Infantaria Reservista, com 1.600 soldados soldados e oficiais. A artilharia, por sua vez, fora agrupada da seguinte forma: 1º Regimento de Obuses, com 30 obuses pesados, 2º Regimentos de Obuses, também com 30 obuses pesados e, após confiscarem-se alguns cavalos da população local, formou-se o 4º Regimento de Artilharia Montada, com 40 canhões. Pontualmente, às 10h30, as tropas iniciaram a travessia da ponte construída anteriormente pelo engenheiros do Exército Arquiducal, rumando ao encontro do tropas estacionadas em Cosenza.

[/align][/font][/size]