[Frostpunk] A Última Cidade

[center]Prólogo[/align]

[font=cursive][b][size=150][center]No verão de 1886, a Grande Nevasca começou. Primeiro, começou com padrões climáticos estranhos, geada durante o verão, nevascas matinais nos países do norte, tempestades intermináveis ​​de chuva no Saara e uma queda cada vez maior nas temperaturas em todo o mundo. O Reino Unido e vários outros países enviaram expedições ao norte para descobrir o que estava acontecendo. Muitos desses postos de pesquisa britânicos foram equipados com torres de geração de calor para estudos de longo prazo para descobrir o que causou esse fenômeno.

Enquanto isso, na Inglaterra e no resto da Europa, as coisas estavam indo de mal a pior. Como as colheitas começaram a falhar, as pessoas começaram a passar fome. Quando os dias se tornaram meses, milhões de pessoas desesperadas fugiram para o sul em busca de clima e comida mais quentes, mas encontraram apenas o caos, a fome e a morte. Muitos países do Sul não dispunham de tempo, dinheiro, recursos ou mesmo de infraestrutura para lidar com um afluxo maciço de refugiados. Muitos países tentaram acalmar o seu povo ou ignorar esses problemas até que fosse tarde demais ou grande demais para lidar, quando a anarquia eclodiu e o homem se voltou contra os últimos recursos restantes, a civilização lentamente desmoronou sob o crescente peso da neve e do gelo.

Em uma tentativa de salvar o Império e seu povo, o governo britânico apresentou duas idéias, a primeira envolvendo o envio de muitos navios com refugiados para suas colônias no sul da América do Sul, Leste e Sul da África, Índia e Austrália, onde era mais quente. O outro plano envolveria o envio de navios e dreadnoughts terrestres aos refugiados até os confins do norte rico em recursos, onde membros das expedições científicas britânicas terminaram a construção de geradores de calor, onde poucos escolhidos poderiam sobreviver a salvo do caos. da civilização desmoronando.

No entanto, eles ficaram sem tempo. Com a Mãe Natureza em completa desordem, uma tempestade de gelo apocalíptica veio do sul, devorando tudo em seu caminho, cortando toda comunicação e viagem entre a Inglaterra e o resto do Império. Sem nenhuma opção, o governo britânico ordenou a evacuação completa de Londres e do resto do país. Navios, dreadnoughts terrestres e outras formas de transporte foram construídos ou confiscados para transportar o maior número possível de refugiados, muitos deles cidadãos de alta classe, para o extremo norte. O objetivo era encontrar quaisquer locais de pesquisa das Expedições Científicas Britânicas que tivessem Geradoras de Calor e reconstruíssem a civilização.[/align][/size][/b][/font]

[center]Índice:[/align]

Em Construção

Interessantissimo.

Infelizmente não to conseguindo upar as imagens no Imgur, ai não tem como postar capítulos desta, e da outra AAR, A Kingdom Rises, :frowning: tenho que achar outro site, ou esperar até segunda para ver melhor do porque acontecer.

Estranho… tá normal aqui :confused:

[center]Capítulo I[/align]



[center]Inicialmente a cidade possui 4 depósitos de caixas de madeira, 3 escombros de aço, 5 pilhas de carvão. Mandamos 30 trabalhadores coletar carvão, juntamente com 15 engenheiros, também mandamos mais 5 trabalhadores coletarem aço, e 5 coletarem madeira.[/align]

[center]O Concelho da a opinião de colocar as crianças para trabalharem, sancionamos a lei de trabalho infantil, mas apenas em empregos considerados seguros, e logo 15 crianças são mandadas para coletar madeira.[/align]


[center]Antes das 10 da manhã as pessoas já estão indo pros seus postos, sera duro, mas a sobrevivência da humanidade é mais importante que a vida de alguns indivíduos.[/align]

[center]Após começar a coleta do carvão, nos ligamos o gerador na capacidade máxima atual.[/align]

[center]80 pessoas sem moradia, iniciamos a construção de 4 tendas, após o turno de trabalho, os engenheiros iram começar as construções.[/align]

[center]Também o planejamento para a construção de uma cozinha para preparar a carne crua em ração, para as pessoas, inicialmente feito para fornecer empregos mais seguros as crianças, é planejado também uma cabana de caçadores irem para fora da cidade procurarem alimento, além do planejamento de uma oficina ter começado, ali poderemos colocar as ultimas mentes da humanidade para produzirem novas tecnologias para facilitar a sobrevivência.[/align]

[center]As 18 horas de cada dia, o tempo de trabalho termina, começa o tempo livre, para as pessoas poderem ir para suas casas, ver seus familiares, se alimentarem, e revezando nas construções.[/align]

[center]Um pouco depois do final do dia, um posto de coleta está pronto para ser usado, 10 crianças trabalharam la coletando madeira e aço, na oficina, 5 engenheiros se empenharam em fazer equipamento mais avançados aos caçadores. Na cozinha 5 crianças forneceram rações diariamente, e 10 trabalhadores são colocados para fazer trabalho de caçadores, isso acarretou no corte de metade da coleta de carvão diária.[/align]


[center]O Concelho nos da a ideia de sancionar uma lei sobre turnos de emergência, pois as pessoas estão ficando doentes, e necessário a coleta de mais recursos para a construção de postos médicos, mas decidimos ainda não fazer isso, a situação se normalizará depois, pois só há apenas 2 pessoas doentes por enquanto.[/align]

[center]E o dia se inicia novamente, está na hora de voltar ao trabalho.[/align]

Esse eu não conhecia, rsrs
(Não q eu tenha acompanhado mtos lançamentos ultimamente)
Jogo parece bem interessante…

Que bacana!

[center]Capítulo II[/align]

[center]No segundo dias, iniciamos declarando uma nova lei, está lei possibilita que os médicos possam fazer tratamentos radicais como amputações em pessoas gravemente feridas, assim precisando de menos recursos gastos nessas pessoas que seriam um fardo a cidade![/align]


[center]Algumas horas de já iniciada o horário de trabalho, uma das crianças se machucaram coletando carvão, damos um dia de folga a ela, para que se recuperasse e voltasse ao trabalho o mais rápido possível, precisamos de carvão na reserva para épocas difíceis.[/align]

[center]Uma senhora, aborda um dos administradores fora da oficina, falando sobre o resto da sua família que se perdeu no caminho para cá, ela quer procurar por eles o mais rápido possível, argumentamos que a procura esta nos planos, mas temos coisas mais importantes para lidar ainda.[/align]

[center]Um lugar para se armazenar e coletar é recursos é construído perto de restos de madeira e aço, assim conseguimos coletar os dois ao mesmo tempo com menos mão de obra. Metade dos trabalhadores são chamados de volta, 5 são mandados para outros lugares coletar recursos e o resto é mandado descansar, trabalharam no Hospital recém construído, e finalmente são construída 4 novas tendas, agora não existe pessoas sem moradia, a situação melhora, as pessoas parecem estar menos descontentes e com mais esperança.[/align]


[center]Uma mãe foi pega com sua filha em casa, ela não deixara a filha ir trabalhar, argumenta que poderia se machucar, alguns homens nem ouviram a mãe, levaram a criança a força para trabalhar, nem um a menos![/align]


Tudo parece se encaminhar para uma grande treta.

Tudo indo bem, por enquanto…

Podem encerrar esse aqui? Com eu focando o TW:] A Kingdom Rises, perdi o interesse neste aqui.

:choro

O jogo é incrível, planejo traze-lo de volta, quando eu souber jogar mais :hihi

:hihi :hihi :cool