GeoPolitical Simulator 3: Masters of the World

ACHO que tem uma boa quantidade de users aqui que conhecem a série (tem até um tópico, meio às moscas, sobre o 2), mas saiu a 3ª versão desse jogo, e pelo jeito vem com várias melhorias e “oportunidades” para quem quiser mostrar seu potencial como governante e, quem sabe, tornar-se um Mestre do Mundo.

[BBvideo 700,394]http://www.youtube.com/watch?v=vdLo_kx_OHI[/BBvideo]

[center]Trailer Oficial[/align]

[justify][tab=30]A nova versão do melhor simulador de geopolítica, com ainda mais profundidade e detalhes!
[tab=30]O novo jogo inclui uma série de novas funcionalidades, incluindo um modo de jogo multi-país, novos itens de construção no mapa (gasodutos, linhas de trens de alta velocidade, portos, etc), novas leis (nacionalização; tributação por faixas etárias, a regulamentação do aborto, suicídio assistido por médico, consumo de maconha, e mais), a capacidade de criar suas próprias organizações internacionais, as aparições televisivas, de gestão da dívida, incluindo as agências de rating e os credores internacionais, novas tropas de commandos, novos países jogáveis, e novos cenários.
[tab=30]O jogo também tem um novo mapa detalhado, uma nova interface, novas árvores de descobertas tecnológica, suporte de jogo em andamento, e um modo de simulação do mundo que pode ser jogado em rede.
[/align]






[justify][tab=30]Geopolitical Simulator 3: Masters of the World é uma simulação geopolítica do nosso mundo atual. Os jogadores podem jogar como chefes de Estado ou de governo (presidente, rei, primeiro-ministro, etc) de um país que eles escolhem quando eles começam. Eles podem agir em uma série de áreas: econômica, social, militar, política (nacional e estrangeira), ambiental, cultural, transporte, etc.Todo os países do mundo são representados com as suas próprias variáveis ​​e meios de funcionamento. Isso inclui as fases de gestão econômica, comércio, wargame, construção, espionagem, simulação e manipulação política.
[tab=30]A engine do jogo inclui mais de 600 elementos de dados para cada um dos 175 países jogáveis ​​e calcula suas alterações em tempo real durante todo o jogo com base nas ações dos jogadores. Alguns exemplos incluem índices de popularidade, relações políticas, e intercâmbios econômicos entre os países. Várias organizações, incluindo a OTAN, usam as tecnologias que adicionamos a este simulado como forma de educação e formação.
[tab=30]Mais de mil ações jogáveis. No controle do país, o jogador / chefe de Estado pode atuar em muitas áreas: orçamento, tributação (cerca de 30 tipos de impostos), moeda, economia (mais de 130 atividades econômicas), assuntos nacionais e estrangeiros, defesa, sociedade, trabalho, saúde , segurança social, educação, meio ambiente, transporte, cultura, e muito mais.
[tab=30]Para cada uma dessas áreas, inúmeras leis podem ser propostas e devem ser votada pelo Parlamento, a fim de serem aprovadas. Por exemplo: a criação de benefícios sociais mínimos de bem-estar, alteração da idade de aposentadoria, o desenvolvimento de armas atômicas em segredo, subsídios à indústria automobilística, a contratação de professores, definição dos poderes dos sindicatos, limites de velocidade nas estradas, regulamentação da prostituição, criação de um festival internacional de cinema, etc.
[tab=30]O jogador também pode construir elementos no mapa do mundo, que vai mudar de acordo: usinas nucleares, eólicas, bases militares, oleodutos, linhas de trem de alta velocidade, aeroportos, e muitos mais.
[tab=30]Toda ação tem suas conseqüências. Lobbies, grupos sociais e personalidades nacionais e internacionais irão intervir se a inteligência artificial considerar necessário para fazê-lo (entrevistas com a imprensa, renúncias, protestos, greves, bloqueios, guerras …).
[tab=30]Para evitar a tensão, o jogador pode se encontrar com qualquer personalidade, ou entrar em contato com a imprensa (mais de 8 horas de diálogo no jogo).
[tab=30]Graças a seus serviços de inteligência, o jogador também tem todo um arsenal de espiões e operativos “especiais”. Por exemplo, ele ou ela pode - a seu próprio risco - revelar escândalos envolvendo outro partido político, desmantelar as redes terroristas, sabotar uma infra-estrutura externa, assassinar um adversário, etc.
[tab=30]Como o chefe das Forças Armadas, o jogador pode mover todas as suas unidades pelo mapa desde suas bases reais durante conflitos militares.
[tab=30]Organizações internacionais (mais de 50 organizações incluídas) desempenham um papel importante. Na ONU, por exemplo, o jogador pode denunciar uma nação, a fim de obter a autorização do Conselho de Segurança para uma intervenção militar. O jogador também pode criar sua própria organização. Finalmente, a fim de permanecer no poder, ele ou ela deve atuar ativamente na campanha para ter certeza de que será eleito.
[/align]




[justify][size=150][font=Kristen ITC][tab=30]Cenários jogáveis:
[tab=30]Vinte cenários estão incluídas no jogo, tais como “Salvando a Grécia”, “Recuperar o triplo A”, “III Guerra Mundial” e “Organização dos Países Exportadores de Arroz”.

[tab=30]Múltiplas opções integradas:

  • Modo multiplayer em rede (*);
  • Modo de multi-país para jogar com vários países, ao mesmo tempo;
  • Configurações do jogo: atividades terroristas, probabilidades de desastres naturais, reatividade das pessoas, gatilhos de guerra;
  • Classificação dos jogadores on-line em tempo real;
  • Integração de suas próprias fotos, logotipos e nomes para tornar o jogo ainda mais realista;
  • Tutorial interativo e ajuda constante acessível durante o jogo;
  • Divirta-se aprendendo geopolítica com o modo de QUIZ, que tem mais de 3000 perguntas;
  • Com a extensão Ferramenta de Modagem, um add-on que pode ser adquirido opcionalmente, os jogadores podem criar e compartilhar seus próprios universos geopolíticas e econômicas e baixar criações de outros usuários.[/font][/size][/align]

[BBvideo 700,394]http://www.youtube.com/watch?v=3BjNL0skXfU[/BBvideo]

[center]Um dos melhores gameplays que encontrei[/align]

Confesso que joguei MTO pouco o 2 (Rulers of Nations), mais por achá-lo mto complicado, e nem conhecia o 1. Mas esse 3, pela ENORME database que eles pegaram, e pelas oportunidades praticamente infinitas que o jogo (ao menos, aparenta) possibilitar, me atraíram bastante.

Site do jogo: masters-of-the-world.com/pre … ?langue=en
Página do jogo na SteamGreenlight: steamcommunity.com/sharedfiles/f … =116411072

Que jogo legal, ainda não tinha visto. Votei sim lá na Steam espero que se sair não venha muito caro =S

Hehe, joguei muito o 2… Pena que na minha tentativa de compra-lo deu merda com o cartão…
Tomara que saia na steam -
E o que mais curti dessa nova versão é que vai poder controlar mais de um país… terceira guerra mundial ocorre fácil…

EDIT: Já tem gameplay na net…
[BBvideo 560,350]http://www.youtube.com/watch?v=3BjNL0skXfU[/BBvideo]

Não aguentei e baixei aqui, deu tela preta quando entro no jogo =/
Mas o jogo parece ser sensacional isso que eu só olhei os videos.

Meu recorde antes de ocorrer revolução e eu ser expulso do governo: 16 dias. Mas normalmente isso acontece entre os dias 2-5 xD

Meu recorde foi 4 anos, teve eleição dai perdi…
Então cara, a maioria das pessoas querem fazer tudo de uma vez só… Dai é complicado… Tem que fazer de pouquinho e pouquinho…

O 2 eu joguei pouco, mas ñ era tão overpower assim…
No 3 a questão da dívida externa q mata…

Eu vejo esses jogos e me pergunto… Meu Deus como é que eles conseguem jogar isso? cara é muito complicado e cheio de coisinhas pra mexer.

E eu achava q o Supreme Ruler 2020 era complicado…

SR é coisa do Diabo…

Tenta o GPS3 então, quando tu ACHA que as coisas tão bem, com tua avaliação subindo, sua esposa vem e fala mal de você pra imprensa, o Parlamento rejeita aquele imposto que iria te tirar do vermelho, o Banco Mundial te exclui pq tu ñ conseguiu ajustar as contas, tu tenta passar um aumento de imposto sobre petróleo pra contornar a crise, com isso o Sindicato dos Caminhoneiros e a Associação dos Motoristas saem às ruas, enquanto a Associação do Meio Ambiente te elogia, o Sindicato dos Professores pede aumento de salários, a Associação dos Estudantes mais salas de aula, o Presidente do partido que tem maioria no Parlamento aparece dizendo que você precisa fazer algo pra colocar o país nos eixos, nisso vem o Ministro da Defesa reclamar da diminuição das Forças Especiais que vc requereu láááá atrás, os Ministros da Educação, da Habitação, do Trabalho e da Economia vêm renunciar pq vc está fazendo um mal governo, tudo isso afeta negativamente sua avaliação e, quando tu vê, GameOver.
xD

To fazendo um jogo massa com Brasil!

Ta com cara de muito bom o jogo!!

Que tenso o.O

bem interessante

Pena que to sem mouse e esse notebook aqui tá com problemas na entrada :frowning:
Mas, do que tentei jogar( sem mouse não dá…) tá bem legal e.e

Dudu, exigimos relatórios!

Fiz um jogo razoável com a Islândia. Passei pelas primárias do partido, mas não consegui ser reeleito nas gerais. Ainda to tentando descobrir um ponto de equilíbrio entre o que o povo pede e o que se precisa pra conter o déficit - aliás, TODO mundo tá com déficit? OK q o mundo tá uma m*rda mesmo, mas de todos que joguei (ou tentei) nenhum tem superávit. E ainda ñ entendi tbém se o comércio que se fecha com outros países afeta esse déficit, pelo jeito não…

bem massa mesmo o jogo =)

Alguém consegue continuar um jogo que estava jogando? Aqui não aparece os saves na hora de escolher… se eu for na pasta do jogo consigo vê-los lá… Isso fez eu parar de jogar :frowning:

Não tinha testado isso ainda… Realmente, os saves não carregam :frowning: