[GUIA] Como jogar com Brandenburgo

[center]Como jogar com Brandenburgo[/align]

[center]Guia traduzido da EU3 Wiki[/align]

[center]Estratégia[/align]

Brandenburg é surpreendentemente bom de se jogar desde o início e pode ser usado para construir uma força de combate que é temido em todo o mundo. Ele tem uma excelente chance de completar a unificação alemã e está bem situado para tentar formar Prússia.

Escapando da união pessoal com Luxemburgo

Quanto a isso, não há muito mistério. Você pode desfazer a aliança com Luxemburgo e ficar mandando insultos diplomáticos até estar livre, ou simplesmente esperar até que Borgonha o anexe, você também entrará na guerra, porém está bem longe, e o inimigo não será uma ameaça.

Estratégia durante o governo de Luxemburgo: Construir uma base econômica para a sua futura conquista

Isso é muito relativo. Você pode se livrar de Luxemburgo ainda em 1399 ou pode se livrar só em 1410, então, para o segundo caso, essa fase é para você, se você já se livrou da união, ignore este tópico.

Embora o Luxemburgo esteja cuidando dos assuntos estrangeiros de Brandenburgo, você ainda pode cuidar de sua economia, e é isso que deve faze-lo. Isso pode levar o jogador a fazer algumas escolhas diferentes do que teria tomado se tivesse a oportunidade de expandir militarmente desde o início.

Brandenburgo tem uma boa posição para expandir economicamente. A renda no comércio pode proporcionar uma excelente fonte de riqueza para Brandenburgo. Se o jogador move os sliders iniciais para favorecer o "Free Trade" e o “Free Subjects”, exatamente nesta ordem, poderá colher benefícios impressionantes no futuro. A Maximização do “Free Trade” faz os seus comerciantes até 25% mais competitivos nos COT estrangeiros e dá a Brandenburgo mais comerciantes, visto que 90% de todos os seus lucros serão de fora de suas fronteiras na maior parte do jogo, o que dá uma vantagem enorme para o jogador.

O fortalecimento do “Free Subjects” irá deixar mais caro o preço da infantaria, cavalaria e estabilidade, mas também remove a pena em pesquisa tecnológica associada a oprimir a população e dá uma maravilhosa suíte de benefícios para a Moral do Exército, Spy Defense, e o mais importante, reduzindo o custo de todas as tecnologias em até 20%. O resto da Europa provavelmente vai arrastar os sliders para “Serfdom” e pagar preços mais elevados na tecnologia até o século 17 - o que é ótimo, assim você terá uma vantagem tecnológica muito grande. (O slider “Innovative” pode reduzir o preço da tecnologia, mas tem muitas desvantagens para equilibrar contra os efeitos geralmente positivos da Narrowminded, alguns dos quais podem ajudar a combater a perda das vantagens de estabilidade que o “Serfdom” lhe daria.)

Brandenburgo pode se juntar à Liga Hanseática, logo que o seu deslizante de “Merchantilism” / “Free Trade” permitir. Priorize a pesquisa da tecnologia de “Governo” para obter essa primeira idéia. Você pode escolher “Shrewd Merchant Practices”, isso se você realmente quiser tiver uma grande vantagem comercial, mas o “Military Drill” é geralmente a primeira escolha da maioria dos jogadores que desejam exercer uma conquista antecipada e não há nada de errado com essa escolha também. Um ponto extra de moral pode literalmente dobrar pontos, até porque um ponto de moral no inicio do jogo faz muita diferença.

Envie comerciantes para COT’s próximos, começando com Lübeck. Cinco comerciantes ali lhe renderão em torno de 50-60 ducados por ano, e é mais fácil para você competir em centros de comércio dentro do seu próprio grupo cultural. De lá, vá para Veneza e Novgorod, e depois para o resto da Europa. A maioria de seu dinheiro deve ir para expandir o seu comércio e salvar qualquer coisa que você não está usando para enviar comerciantes ou construir igrejas. Construia o seu caixa de guerra, porque em breve você vai precisar dele.

Por que toda essa ênfase em comércio? Comércio significa mais dinheiro no banco, que se traduzirá em mais tropas em seus exércitos no futuro. Dinheiro extra também significa investimento extra em pesquisa, e se Brandenburgo recebe a tecnologia seguinte de terra, antes de seus rivais, a conquista será muito mais fácil.

Uma nota sobre o “Statute in Restraint of Appeals” - Obter essa decisão, se possível, nos primeiros anos. Ele tem um conjunto agradável de benefícios e abre-se a possibilidade de tributar a Igreja mais tarde no jogo, que é um aumento de 8% a Brandenburgo do Modifier “National Tax”. Lembre-se de colocar Brandenburgo nas graças do papa, logo que o Estatuto está em vigor, porque enquanto Brandenburgo permanecer católica, você estará vulnerável a excomunhão, e você vai estar fazendo muito para ganhar a ira da maioria das nações civilizadas em breve. Tente reparar quaisquer outros relacionamentos chaves, colocando assim para aquele país, o seu rei acima do papa, evitando guerras desnecessárias.

Tornando-se Imperador

Uma vez que não estiver mais na União pessoal com Luxemburgo, Brandenburgo é finalmente mestre de seu próprio destino.

Infelizmente, Bradenburgo foi presa em União durante os primeiros anos, quando todas as alianças estavam sendo feitas, ficando asism poucas opções. Acostume-se a esse sentimento - em breve todos na Europa vão odiar a sua coragem por causa de todos os países que você vai ter que destruir para tornar-se Alemanha. Para fazer isso, no entanto, Brandenburgo precisará de algumas poucas nações-chaves para gostar de você, e gostar muito de você, digamos assim, eles são nada menos que os eleitores do Sacro Império Romano.

Você pode na votação escolher a si mesmo - basta clicar no ícone abaixo do seu escudo de eleitor na tela de eleitores para definir seu voto, e clique em seu próprio escudo, aquele com um “-” ao lado. Isso é um voto. Para tornar-se imperador, o rei de Brandenburgo precisa de mais votos do que qualquer outro concorrente - o que significa cerca de dois ou três outros eleitores além de você mesmo. Felizmente para o seu orçamento, a maioria dos eleitores são países pequenos, e eles podem ser subornados por um punhado de Ducados. Você quer que eles te amem mais do que qualquer outra coisa, então faça-o o possível e o impossível para conseguir os seus votos. Se você tem que aceitar casamentos reais ou acordos comerciais, fazê-lo, você pode sempre cancelar aqueles mais tarde. Outro modo também é vassalizando os eleitores por meio de guerras, assim eles votarão em você, mas ainda assim mantenha uma amizade com eles acima de 50.

Uma vez que Brandenburgo garantiu os votos, é esperar até o atual imperador morrer. Sim, esperar o outro governante morrer traz um pouco de dor, mas este é um jogo de longo prazo, e uma década ou duas podem ser poupadas. Basta manter o envio de comerciantes e esperar por boas oportunidades para revelar-se.

Uma palavra sobre alianças

Como foi dito anteriormente, alianças no inicio do jogo serão muito improváveis, porém você ainda pode se aliar a algumas subornando-os. Para Bradenburgo é interessante se aliar à Dinamarca ou à Polônia. Mas não espere que eles irão contigo para qualquer guerra, seja cauteloso. Eles são aliados valorosos em uma guerra com alguns países do Holy Roman Empire, porém, não os deixe entrar muito, afinal, tudo isso será seu no futuro, e será mais difícil de tomar se eles conseguirem manter essas regiões.

Unindo o Império pela força das armas

Quando o Imperador atual finalmente morrer e você for eleito sacro imperador romano, serão investidos uma enorme quantidade de mão de obra e reforçará com muitos investimentos de Estabilidade. Você também vai descobrir que poderá suportar grandes regimentos sem sofrer penalidades de manutenção - esta é uma vantagem importante para Brandenburgo, porque se você tem sido bem sucedido em trazer grandes rendas do comércio, você vai achar que pode pagar o aumento militar e a manutenção dessas tropas. Essas vantagens vão diminuir com o tempo, mas, por agora, é um poderoso conjunto de vantagens que vêm com uma desvantagem significativa - a defesa do Império agora é de sua exclusiva responsabilidade. Espere umas boas chamadas de alianças à distância. Em algumas dessas guerras você poderá libertar alguns estados, o que significa mais investimentos de estabilidade para o Imperador, mais recursos humanos, mais manutenção e regimentos gratuitos disponíveis para seus exércitos. Para manter-se eleito imperador, tente manter os eleitores felizes, e defendendo o Império ajuda a manter o seu relacionamento elevado com os eleitores do Império.

Quando o Império estiver em paz, você poderá ampliar os seus exércitos com mais tranquilidade,feito isso é hora de pegar as primeiras vítimas. O jogador não terá nenhuma dúvida visto que o Sacro Império Romano é um emaranhado de alianças, e declarar guerra com qualquer minor é declarar guerra a mais uns três, além dele.

A Diplomacia europeia exige que você tenha um bom Casus Belli antes de ir derrubando os países pequenos, mas, felizmente, há uma série de maneiras para criar um. Enviar uma rodada de avisos para seus vizinhos e bater algumas garantias de independência em qualquer que você acha que são susceptíveis de serem atacados. Você também pode tentar insultos, mas é improvável que as nações menores irão lhe atacar só por um insulto - uns maiores podem morder a isca, mas se eles fizerem isso, você pode ter certeza de que eles têm o que é preciso para derrotar-te. Se nenhum desses truques funcionar e você não teve a sorte de conseguir um “Imperial Ban” ou “Imperial Liberation”, há outras duas formas bastante desleais para obter-se um casus belli.

Forma 1: Royal Fratricide

Está tática é bem simples. Veja que países estão em crise de sucessão, feito isso é só mandar um casamento real. Se o monarca for burro o bastante para aceitar, você pode reivindicar o seu trono, mas como você tem um casamento real, lhe custará 1 de estabilidade, mas você recuperará rápido, já que você é o imperador.

Forma 2: Forging a Claim

No inicio do jogo, seus sliders estavam voltados para mercantilismo, o que lhe deu 5 espiões, que você provavelmente não deve ter usado. Você pode usar cada 1 deles para forjar um casus belli contra outra nação, mas escolha com cuidado, agora que você esta voltado para o comércio livre, não terá mais espiões disponíveis.

Resto do jogo:

Daí para frente é com o jogador, porém a partir do protestantismo ter estourado na europa, você pode se tornar Prússia, e as revoluções prussianas são muito boas. Depois disso é tentar virar Alemanha, para isso você terá de ter algumas regiões e core nelas, aproveite uniões pessoais, pois quando você herdar o país dentro do HRE, se você for o imperador, a província virá com core. Ou até mesmo os casus Belli “Imperial Ban”, se você declarar guerra e pegar a província que você tinha reivindicado com este casus belli, você recebe core na região. Formada a Alemanha, é dominar o resto da Alemanha e bater nos outros países, resumindo, dai pra frente é só diversão :smiley:

Eu tento e tento seguir este guia mas nunca dá…

Não rola este esquema de meta econômica, com foco nos COT e mercadores… simplesmente se gasta mas do que se lucra.

Existe algum lets play de Brandenburgo em PT?