[HoI2] HQ em ação

[center]Quartel General em Ação,
Aprenda a Usar seu HQ com Eficiência.[/align]

Este guia foi criado originalmente por czar1111. Favor ver este tópico no Fórum da Paradox para a versão original.

[center]HQ e Planejamento, a Invasão da Polônia[/align]

Esta AAR é mais uma discussão do uso do HQ Units no HoI2. Ao escrever esta AAR, percebi que esse elemento particular poderia facilmente estar sozinho como uma discussão de Unidades de Quartel General, sua influência e seus efeitos sobre o planejamento operacional.

HQ é novo para o HoI2 e muitas pessoas (inclusive eu) estão ainda com complicações quanto a seu uso correto. Muitas pessoas ainda duvisam que eles são mesmo necessários. Bem, talvez não, mas eu repeti esse cenário várias vezes e na primeira eu tentei o meio “HoI”. Isso mesmo, eu tentei no modo HoI - sem HQ. Vamos apenas dizer que as coisas não vão bem. Isso não é Hoi. Se você quer fazer bem no HoI2 você tem que estar preparado para usar as novas ferramentas à sua disposição; HQ e o comando ‘Support’. Usando essas novas ferramentas eu descobri que tive mais sucesso e o tempo para “pegar” foi particularmente mais “histórico”.

Primeiro de tudo, você deve ver Land Combat Efficiency FAQ que diz respeito a os HQ postado por Fiendix.

Os HQs oferecem um bônus para o número de divisões que um líder pode controlar; um bônus para a eficiência do ataque e defesa; HQs oferecem uma incrementação para uinidades ESE (Efetiva Suprimento Eficiência) por um HQ adjacente ou na mesma província.

[center]Habilidades do Comando por um HQ[/align]

Olhe a próxima imagem. Eu coloquei um HQ e irei chamá-lo de “Comando Vermelho” em Oppeln:

O que mostra é que um HQ em Oppeln oferece um apoio direto para unidades aliadas em Kustrin, Brealau, Poznan, Czestachova, Cracow ae sem dúvidas Oppeln. Agora, obviamente, algumas dessas são províncias polonesas o que significa que o HQ vai apoiar todas as unidades de ataque de Küstrin, Brealau e Oppeln em Poznan, Czestachova e Cracóvia.

Mas isso não é tudo. No HoI2 movimento é o ataque, então qualquers unidades em Kustrin, Brealau, Poznan, Czestachova ou Cracow atacando uma província vizinha ainda ganhará os bônus! Isso significa que um HQ em Oppeln conseguirá bônus para os seguintes ataques:

Kustrin para Bydgoszcz; Kustrin para Poznan; Oppeln para Pozna; Oppeln para Czestachova; Oppeln para Cracow; Brealau para Cracow e Poznan para Bydgoszcz; Poznan para Lodz; Poznan para Czestachova; Czestachova para Poznan; Czestachova para Radom; Czestachova para Kielce; Czestachova para Cracow; Cracow para Czestachova; Cracow para Kielce; Cracow para PrzemyalE isso tudo sem o HQ efetuar nenhum movimento!

Isso mostra as províncias polonesas que podem ser atacadas e ganhar suporte de um HQ estacionado em Oppeln.

8 províncias! Agora, eu espero que você seja um iniciante no que diz entender como um HQ pode ser útil.

Um HQ dá mais eff nos suprimentos (então suas unidades ganharão org muito mais rápido) ebônus em combate (de eff em suprimentos) e um grande bônus de combate (para a dispensa das penalidades de 75% para as unidades de comando sobrecarregadas). E se você pesquisa mais doutrinas, isso dará mais mudanças nos eventos de combate.

O pequeno bônus de combate (ESE bonus) pode não ser pequeno quando se usa EmpilhaKrieg! A chance de evento de combate é difícil de avaliar. Portanto, use um HQ se você é uma das principais nações e tem numerosas divisões ou frequentemente atacar com mais de 12 divisões em uma província!

Mas há outra coisa a considerar aqui, onde é que o ataque vem? Isto é importante porque apenas as unidades de ataque de províncias adjacentes ao HQ começar o ataque e os bônus ESE - assim que a direção e a origem de seu ataque é crítica. Assim, enquanto um ataque de Cracow para Przemyal seria ajudado por uma HQ em Oppeln - um ataque de Kielce para Przemyal não. Este fato incentiva realmente algo novo no HoI2: Planejamento de Batalha.

[center]Planejando a Invasão[/align]

Como você pode ver, o plano usa de vantagens do HQ tendo certeza que os ataques irão de províncias influenciadas pelo HQ. Em alguns casos, as mais distantes províncias pode ser atacado em várias direções (Bydgoszcz, Lodz e Kielce), mas em outros, há apenas uma província possível, o ataque pode ser lançado (Radom e Przemyal).

OK. Isto é tudo muito bom. Mas podemos fazer melhor? Como sobre a introdução de um segundo HQ? Certo. Mas onde vamos colocá-lo? Obviamente que queremos cobrir o maior número possível de novas províncias - Então vamos tentar Elbing. Vamos chamar esta nova sede de “Comando Azul”, e isso mostra a área de influência dos dois comandos combinados:

E com essas informaçõesa podemos criar um Plano de Batalha:

O plano mostra o ataque que pretende fazer e onde vamos fazer a partir deles. Setas azuis mostram que os ataques podem ser feitos com o apoio do HQ sem move-lo. As setas verdes mostram o ataque que deve ser feita sem o apoio do HQ a menos que mova-os Não há certamente nada de errado com isso, então neste caso: o Comando Azul deve avançar a partir Elbing de Torun e o Comando Vermelho deve seguir por trás do avanço da frente de Oppeln para Czestachova a Kielce e, finalmente, Zamosc. Ao fazer isso todos os ataques mostrado pode ser feita com o apoio do HQ. A linha vermelha mostra uma linha de demarcação entre a área aproximada de cada comando é responsável.

É um plano viável neste momento e, certamente, suficiente para completar a invasão da Polônia.

Mas, vamos olhar para o plano com um olhar crítico e ver se tem nenhum ponto fraco. Bem… A mais forte resistência polonesa deverá ser em torno de Danzig, Bydgoszcz, Lodz e Varsóvia. O plano de chamadas por muitos dos ataques a estas áreas a ser controlado pelo Comando Azul. Os ataques de Danzig deve vir de Elbing e Bydgoszcz e ter o apoio do HQ. Na verdade, olhando para o plano, uma série de ataques devem ser provenientes de Elbing! (Isso significa que temos de transportar as unidades lá começar com.) Stettin Também não tem suporte de todos os HQ - que se o ataque polonês lá? Será que vamos estar em desvantagem? Então, há uma maneira melhor?

Movendo o HQ?
Se o Comando Vermelho é afastado Oppeln, o ataque de Küstrin ou Brealau torna-se claro que é menos eficaz. Entanto movendo o Comando Azul para Konigsburg porém apresenta algumas novas opções interessantes:

Mas, novamente, muitas das mesmas fraquezas existem. E agora Tudo em Danzig deve vir de Elbing se queremos apoio de HQ lá. O que é mais, agora atacando unidades em Bydgoszcz não têm apoio HQ se para a frente de ataque para Lodz.

A solução é um terceiro HQ! (Assumindo que você deve ter um)
Esse mapa mostra o “Comando Verde” em Stettin.

Assim o suporte em regiões como Lodz e outras aumentará por causa do maior número de HQ.

Somente traduzi corrigi de acordo com a necessidade.

Isso ae… gostei da análise sobre a estratégia do Odin.

E acredito que no AoD esteja assim tbm.

Bah muito bom mesmo este tuto.

Pena não termos mais coisas do tipo por aqui.

Agora deu para entender perfeitamente a funcionalidade dos HQ’s e tb deu para entender que a função deles é estacionária em um combate, ou seja, o melhor é ele ficar parado em uma posição do front onde consiga exercer o comando de um determinado contingente.

Legal seria agora entender qual o efeito que o comandante da divisão do HQ exerce nesta complexa rede de apoio, comando, suporte e etc. Tipo, devo deixar o HQ sob o comando de um ótimo general, para maximizar a influência do comando, ou se deve utilizar este general em um exército de ataque?

Precisávamos mais organização nesta seção. Subdividir ela nos jogos HoI II, HoI III e AoD e criar guias fixos com estes tutos que existem pela net ai, traduzindo eles corretamente. Fazer da seção HoI do GSB uma fonte de consulta sob HoI em português. Isso torna mais relevante a comunidade para os players.

muito bom trabalho, tony

Isso ai, concordo.

Não é minha praia ficar escrevendo tutoriais ou manuais (apesar que daz veiz em quando cai um pr´eu fazer).

Mas dou o maior apoio e faço os testes.

Concordo contigo Philippus sobre a seção.

Também gostaria de entender melhor essa história de um general comandando um HQ, coloquei um bom, quando poderia tê-lo colocado no front… :frowning:

Interessante.

bomtrabalho*

Já que maioria dos guias estão fixados, ou todos os guias, por que não fixa este?

Huahuahuahuahuahu

Não…

=====
Me explica isso:
Legal seria agora entender qual o efeito que o comandante da divisão do HQ exerce nesta complexa rede de apoio, comando, suporte e etc. Tipo, devo deixar o HQ sob o comando de um ótimo general, para maximizar a influência do comando, ou se deve utilizar este general em um exército de ataque?

Foi de grande ajuda, mas continuo sem entender porque eu atacando com 24 divisões, com um Marechal de campo, com um HQ na mesma provincia, mesmo assim recebo aquelas malditas ‘‘staking penaltys’’, alguem pode me explicar?

Em qual versão?

Lost Ark: AoD 1.4

no meu ultimo jogo com a alemanha, a frança tava empilhando 34 divisões na linha marginot e eu acabei continuando a brincadeira e empilhando naquele mesmo lugar. resultado, fiquei sem divisão para ajudar na bélgica, perdi luxemburgo pra frança e ainda por cima não consegui tomar toda a bélgica, desisti do jogo e ia iniciar outro mas perdi a vontade.

34 numa província? Com 12 tu vence na ofensiva (isso sem atacar de duas províncias diferentes) e com 9 tu defende muito bem tamanha a penalidade que levam.