[INTERATIVO] 1º Corpo de Bombeiros

[center]1º Corpo de Bombeiros[/align]

[size=140][font=Times New Roman][justify][tab=30]Em meados de maio de 1893, por determinação do Comissário-Geral Pedro Mascarenhas, o Corpo de Bombeiros deixou de ocupar as dependências da Sede da Gendarmeria Nacional, mudando-se para um local mais apropriado, num prédio localizado à Avenida di Napoli, no bairro Pequena Sicília.
[tab=30]É dever do Corpo de Bombeiros prestar socorro no combate de incêndios, bem como no auxílio a população em caso de sinistros e em situações de resgate.

Comandante: Vago
Efetivo: 100 Bombeiros

Histórico[/align][/font][/size][spoil][font=Garamound][justify][tab=30]A partir da lei de criação do Corpo de Bombeiros Imperiais é destinado uma ala da Gendarmeria para que ali fosse estabelecida. Além dos aposentos para os bombeiros que estarão de plantão, há também um depósito para os equipamentos e, ao fundo, a garagem onde ficarão estacionados dois carros para o combate de incêndios bem como o local de abastecimento de água destes.[/align]

Chefe Geral: VAGO[/font]

[/spoil]

[justify][tab=30]Com a dotação orçamentária foi possível adquirir duas carroças para efetuar o combate a incendios, potencializando a efetividade do Corpo de Bombeiros.[/align]

[center][/align]

Os bombeiros tem mostrado sua necessidade já neste curto intervalo de tempo desde sua criação. Em breve receberão equipamentos melhores para o combete de incêndios e no resgate e prestação de socorro a vítimas de acidentes diversos.

Em virtude da falta de luz, várias pessoas utilizaram-se de velas, lampiões e similares para iluminarem suas casas. Com a falta de prática no uso desses equipamentos houve a ocorrência de alguns princípios de incêndios. A maioria foi apagada antes que houvesse necessidade da atuação do Corpo de Bombeiros, contudo em algumas casas houve a necessidade dos bombeiros, que conseguiram evitar que o fogo fizesse vítimas e que a maioria das casas se incendiassem.

Apressado um legionário vai até o quartel do CBI e entrega um bilhete ao Comandante.

Longos dias se passaram em busca ao mineradores desaparecidos, contudo dois deles não foram encontrados. Pelo longo tempo de trabalho ininterrupto, o Comissário estabelece dez dias de folga para os bombeiros que trabalharam na referida operação.

Rapidamente o Comissário chega aos bombeiros comunicando que alguns deles devem ir para Hrimceald.

Após a dificultosa implementação do corpo de bombeiros, os mesmos pensam em treinar parte da população para evitarem incêndios e estarem preparados para quando ocorrerem.

[justify][tab=30]Por ondem do Comissário Geral, alguns oficiais saem em busca de um terreno vago nas imediações do centro da cidade. Intenciona-se com isso, encontrar um local mais adequado para o estabelecimentos de um quartel independente da sede da Gendarmeria Nacional.[/align]

[justify][tab=30]Com a aprovação do Comissário-Geral Mascarenhas, os homens do Copo de Bombeiros passaram a limpar e reparar o prédio que abrigará a nova sede da corporação, na Pequena Sicília.[/align]

[justify][tab=30]Finalizada a pintura interna e externa e, com o mobiliário e os equipamentos já transportados, desde o início do mês de maio, o 1º Corpo de Bombeiros já opera em sua nova localização, na Pequena Sicília.[/align]

O corpo de bombeiros trás uma maior segurança ao bairro, mesmo neste período bélico.

Os bombeiros auxiliam na construção de diques e canais em razão do crescimento do bairro.