[INTERATIVO] Batalha de Aosta

[center]Batalha de Aosta[/align]

[center][tab=30]Neste tópico deverão ser postadas as ações e manobras das partes beligerantes durante a Batalha de Aosta.[/align]

[tab=30]Aproveitando-se do tempo necessário para a mobilização das tropas romanianas o 2º Regimento de Engenharia de Combate que consta com 500 Soldados e 10 Metralhadoras avança pela cidade.

100 soldados se direcionam até a estação ferroviária, 150 vão até o forte levando 4 metralhadoras, 200 soldados vão até a loja de armas levando 6 metralhadoras e 50 soldados montam uma patrulha pela cidade, em grupos de 10 soldados.

Edit:
[offtopic]Só postei as movimentações de tropas para ficar mais claro mas qualquer batalha deverá ser realizada aqui.[/offtopic]

[offtopic]Richard refaça as suas ações, você ignorou completamente as barricadas erguidas pelos Carabinieri.

Obs: Existem 100 Carabinieris na cidade.[/offtopic]

[offtopic]Quando eu comecei a postar ainda estava somente o post anterior de milicianos na cidade. Ao final da tarde eu arrumo. :wink:[/offtopic]

[offtopic]Tranquilo, vou apagar aqueles posts e mover o que eu fiz na cidade para cá, assim mantemos um certo nível organizacional.[/offtopic]

[offtopic]:wink: Beleza. Outra coisa: minhas tropas estão a poucos metros (menos de 100) da margem e distante uns 450 metros da parte urbana da cidade. As tuas estão aonde?[/offtopic]

[offtopic]A barricada está bem na entrada da cidade, ou seja, no começo da área urbana.

Edit: Então… ao invés de apagar as mensagens acabei apagando os tópicos… Palmas para mim. Vou postar a ação da Carabinieri aqui.[/offtopic]

[font=Garamond Bold][size=150]
[tab=30]Camponeses avistam tropas gardenhanas na praia e correm para a cidade, assustado o Intendente envia telegramas para Monte Bello e Áquila, já o Capitão da Carabinieri reúne os seus homens e monte uma barricada na entrada da cidade, a grande maioria ficou atrás da barricada, alguns no entanto se abrigaram em prédios.

[/size][/font]

As tropas se organizam e guardam posição até que o General-de-Exército Maurice Blanche (8/10) desembarque com 7ª e a 9ª Brigadas de Infantaria. O General-de-Exército Peter Richardson (9/9) ordena que comuniquem a I Frota.

[offtopic]Mas a que distância da margem? Também 100? Lembre-se que há os navios e no mapa a cidade fica bem na margem. Edit: esqueci de postar a ação das tropas.[/offtopic]

[offtopic]A cidade fica a aproximadamente 5km, ao menos sempre foi assim que o Pedro a considerou.[/offtopic]

[offtopic]Os cálculos não fecham (100+450 = 550 metros). Sei que o mapa é apenas uma ilustração mas ele é a nossa base de atuação. Podemos por que o centro da cidade fique à uns dois quilômetros da praia, até porque a cidade não é tão grande assim. Dá uma olhada que editei o post anterior com a movimentação das tropas dugardenhanas.[/offtopic]

[offtopic]Certamente a cidade é costeira. Então, no máximo, seria plausível uma distancia de 2 quilômetros do centro da cidade até a praia. Até um porto havia em Aosta, ao que me consta, e nunca foi mencionado que este porto ficasse 5 km distante da cidade. Inclusive, poderoa-se conferir no tópico da cidade. Mas onde ele está? Sumiu?[/offtopic]

[offtopic]Pela descrição da cidade no tópico, ela é costeira: Fundada há muitos séculos como uma colônia pesqueira, Aosta cresceu e se manteve fiel ao seu passado, passando os longos séculos tirando todo o seu sustento da pesca e do comércio. Al cidade também é conhecida por abrigar o Museu Romaniano de da Pesca, local que proteje as mais antigas tradições da comunidade pesqueira.[/offtopic]

[offtopic]Sim, essa era a ideia inicial, mas quando ela passou a crescer assumimos que ela se expandiu para o interior, em suma a área costeira seria mais uma colônia de pescadores e a cidade propriamente dita ficaria a aproximadamente 5km, a área urbana por assim dizer.[/offtopic]

[offtopic]Well, cadê a prova disso? E é um pouco forçado uma cidade de 230 mil habitantes ter 10 quilometros de diâmetro. De qualquer forma ela é uma cidade facilmente bombardeável por mar.[/offtopic]

[offtopic]Estranho? Não sei como é no RS, mas aqui em SC basicamente todas as cidades pesqueiras seguem esse tipo de crescimento, expansão em direção ao interior, e como o Piemonte é uma ex colônia portuguesa seguimos esse parâmetro. Sim, ela é facil de ser bombardeada, nunca disse o contrário.[/offtopic]

[offtopic]Camboriu, Itapema, Bombinhas são exemplos do que eu disse. Elas, com toda certeza não possuem 10 quilômetros de diâmetro. E é lógico que elas crescem em direção ao interior. É o único lugar disponível…[/offtopic]

[size=140][font=Times New Roman][justify][tab=30]Finalmente, após inúmeras viagens, os dois monitores que transportavam as tropas dugardenhanas vindas de Montrajon, desembarcaram as últimas peças do 3º Regimento de Artilharia Montada. Aos comandantes das embarcações fora determinado que uma nau permanecesse ancorada próxima da costa, até segunda ordem, e que a outra deveria partir para as imediações de Reggio, a fim de cumprir uma missão secundária.
[tab=30]Desta forma, as tropas passaram a se organizar para uma invasão da cidade. No comando das operações estava o, já veterano, General-de-Exército Peter Richardson. Após uma tenda ser erguida às pressas um mapa foi disposto sobre uma mesa e peças entalhadas em madeira indicavam o posicionamento ocupado pelar tropas naquele momento.

[tab=30]Após trocar algumas palavras sobre a estratégia de invasão com o Tenente-Coronel Hugo Marchant e o General-de-Exército Maurice Blanche, o General Richardson determinou que um piquete com 8 soldados fosse formado e enviado com uma bandeira branca até a barricada que havia sido erguida, há algumas centenas de metros a frente.

[hr]

[tab=30]Já diante da barricada, há cerca de 10 metros, o Capitão Oliveira e seus comandados pararam. Então o oficial falou em voz alta.

- Em nome do General-de-Exército Peter Richardson, demando uma audiência com o Intendente desta cidade.

[spoil][offtopic]Forças Dugardenhanas

  • General-de-Exército Peter Richardson: Estratégia 9 / Fidelidade 9
    2ª Regimento de Engenharia de Combate / Efetivo: 500 Soldados / 10 Metralhadoras Willer Death Gun .12

  • General-de-Exército Maurice Blanche: Estratégia 8 / Fidelidade 10
    7ª Brigada de Infantaria / Efetivo: 1.400 Soldados / 10 Metralhadoras Willer Death Gun .12
    9ª Brigada de Infantaria / Efetivo: 1.400 Soldados / 10 Metralhadoras Willer Death Gun .12

  • Tenente-Coronel Hugo Marchant: Estratégia 9 / Fidelidade 10
    3º Regimento de Artilharia Montada / Efetivo: 30 Peças[/offtopic][/spoil][/align][/font][/size]

[font=Garamond Bold][size=150]
[tab=30]O Intendente atravessa o bloqueio, ele usava um antigo uniforme da Guarda Romaniana e carregava em sua cintura um sabre de cavalaria.

  • Sou o Intendente de Aosta, Sir. Karl Müller, quem sois vós?

[tab=30]Enquanto isso os Carabinieris oriundos de Monte Bello entravam pelo outro lado da cidade, após serem informados da situação eles se uniram aos cidadãos que estavam se preparando para o combate.

[spoil]Forças Romanianas:

Comandante: Major Luís Felippo Franco - Estratégia: 1 / Lealdade: 1.

Carabinieris - 600
Milicianos - 4.000[/spoil]
[/size][/font]

[justify]- Sou o Capitão Juvêncio Oliveira, senhor. Estou aqui em nome do General Peter Richardson, que solicita uma audiência com Vossa Senhoria. O senhor pode formar um pequeno grupo de escolta, se lhe aprouver, e então vos conduziremos até a tenda onde encontra-se o General, em nossa posição.[/align]