[INTERATIVO] Centro de Inteligência Romaniana

[center]Centro de Inteligência Romaniana[/align]
[font=Times New Roman][size=150][i]

[tab=30]A independência do Reino da Romania despertou muita inveja daqueles que desejavam que a mesma continuasse presa a um Império que já estava em fragalhos. Com isso, planos malignos para ruir a soberania romaniana foram arquitetados por seus vizinhos rivais, que espalharam uma rede de espiões por todo o território romaniano.

[tab=30]Neste contexto que surge o CIR, Centro de Inteligência Romaniana. Uma agência estatal de espionagem e contra espionagem, que prestará serviços às Forças Armadas e ao Poder Executivo e Moderador, quando forem solicitadas , garantindo a integridade e soberania do povo romaniano.

[tab=30]Utilizando-se dos meios mais recentes de espionagem e obtenção de informações, o CIR será responsável por toda e qualquer operação de caráter ultra-secreto do Governo Romaniano, além de auxiliar demais setores da sociedade civil, como a Carabinieri em alguns casos específicos.

Diretor-Geral: Marco Flavius Oreste(NPC)

Efetivo: 100 Agentes

Dados de Construção
[spoil][tab=30]Nos arredores de Quartieri di Immigrati operários da Construtora Nova Roma iniciam o cercamento de um terreno e colocam várias placas informando que ali era uma obra do Governo Real.Ao lerem os informes, os cidadãos ficaram entusiasmados ao saberem que as forças militares estava passando por um processo de reforma, para se equiparar as demais potências do globo.

[tab=30]Logo de início, é criado um posto para contratação de novos empregados, enquanto diversos materiais de construção chegam no local. Os operários que ali já estavam, começaram a tratar do solo, para que ele fique firme e aguente toda a construção.

[/spoil]

[/i][/size][/font]


[tab=30]Após seleção externa, os vários candidatos aos postos do CIR passam por seleções internas, como testes físicos e mentais, bem como avaliação de outras capacidades. Muitos possuem sua vida analisada atenciosamente, para verificar o quão fiel tal candidato pode ser ao Reino a ao CIR.


[tab=30]Dos milhares de que se candidataram ao CIR, pouco a pouco muitos vão sendo eliminados. O processo de levantamento de dados acerca da vida pessoa vem minando a possibilidade de muitos candidatos de seguirem carreira na instituição, haja visto que tais possuem atividades suspeitas em momentos oportunos e, as vezes, unilaterais de suas vidas. Enquanto isso, diversas informações chegam de todos os lados do Reino e das nações vizinhas.

[font=Times New Roman][size=150][b]
[i]- Tomem essas armas, talvez precisem.

  • Obrigado senhor.

  • O dinheiro que necessitarem já está na mala de vocês, bem como outros instrumentos necessários às operações. Fiquem tranquilos, mas hajam com descrição e cuidado, qualquer piso errado pode ser fatal. Boa sorte senhores. Avé Cesár, Avé Reino!

  • Avé Cesár, Avé Reino![/i][/b][/size][/font]

[font=Times New Roman][size=150][i]
[b]- Senhor, aqui estão os relatórios que me pediu.

  • Certo, deixe-me ver… hmm… muito bom, parece que estão a missão está indo bem. Informe-os que prossigam com os trabalhos e descrição.

  • Encaminharei a mensagem agora mesmo senhor.[/b][/i][/size][/font]

[font=Garamond Bold][size=150]

  • Diretor, que bom que o encontrei, os agentes estão prontos para partir, aqui estão os documentos da Operação Ascensão.

  • 10 em Gardignon e 10 em Firgen. O Departamento de Contrainteligência vai ficar com 30? Certo, inicie a operação e chame os 10 que estão dormentes, vamos iniciar a Operação Civilização.

  • Sim, senhor.

[/size][/font]

[font=Garamond Bold][size=150]

  • Senhor, relatório da Operação Civilização.

-… A infiltração foi um sucesso? Maravilhoso, comunique a célula de Monte Bello, eles devem trabalhar nisso também. Alguma novidade do CI?

  • Sim Diretor, o Chefe Augus trouxe esse relatório para o senhor.

  • Essas suposições parecem muito lógicas, os draconianos estão focados no oeste e não obtivemos informes de ações em solo romaniano, mas mesmo assim quero que fiquem atentos. Já a Dugardenha… essas suspeitas são muito graves, chame o Chefe Augus e envie um comunicado para a célula de Áquila, eles devem investigar isso.

  • Sim senhor.

[/size][/font]

[font=Garamond][size=150]
[tab=30]Segunda-Feira.

  • Diretor, relatório de Gardignon.

  • Salvatore? Faz tempo que não ouso esse nome… traga os arquivos da Família Salvatore.

[tab=30]O Diretor analisou as informações que a CIR tinha sobre o grupo mafioso, grande parte das informações foram coletadas na época da Ordem ou entregues por um informante cuja identidade era conhecida apenas pelo Diretor. Terminada a análise dos arquivos, o Diretor reuniu alguns dos seus melhores agentes, explicou a situação e os despachou.

[/size][/font]

[font=Garamond Bold][size=150]
[tab=30]O dia amanheceu agitado dado ao fato que grande parte dos funcionários passou a noite trabalhando, o Departamento de Contra Inteligência era o mais ativo, possíveis ativos estrangeiros eram continuamente analisados, alguns se confirmavam como ativos e passavam a ser investigados, outros no entanto não passavam de estrangeiros.

[tab=30]Em meio ao ir e vir de relatórios sobre a situação interna e externa, o Diretor Orestes viu um pequeno relatório que em muito lhe agradou, o referido relatório tratava da Operação Res publica, o Diretor analisou cada folha com grande atenção, terminada a análise ele despachou algumas ordens codificadas para as células da Capital e de Monte Bello.

[/size][/font]