[INTERATIVO] Cidade de Bäquän

Bäquän era a cidade fronteiriça com o Império Vermelho, fundada as margens do rio Gengis teve um crescimento exponencial graças a grande comercio entre Império Vermelho e Sunegod, agora com a guerra da unificação e devido a proximidade da segurança com o Império Vermelho, Bäquän foi escolhida como capital da Sunerias Unidas.

Ao centro da cidade ficava o palácio Khan, residencia do lider politico da Sunerias Unidas que, para manter suas origens, não se denominava nem rei nem imperador ele era Teach Khan, o Khan dos Khans.

População aproximada: 110.000 habitantes

População aproximada das Sunérias Unidas: 350.000 habitantes

[offtopic]Criei a capital da Suneria do Norte para iniciar minha trajetória, quem quiser melhorar a descrição fique a vontade e se tiverem imagens melhores podem usar.

Caso algo fique fora do RP vamos mudar.[/offtopic]

o Grande Conselho estava reunido, todos estavam insatisfeitos com os rumos que a guerra estava levando e então Khan solicitou uma audiência com estado maior para iniciar a próxima fase.

  • Senhores, chegou a hora de sairmos das sombras, é hora de ocuparmos nosso lugar de destaque nessa ilha.

Um alvoroço de gritos e comemorações se fez.

  • Hasteiem nossa bandeira e preparem a comitiva.

Gritos se formaram e uma agitação começou a Bandeira da Sunerias Unidas foi erguida.

A bandeira simboliza a união dos povos da lua com os do sol, mas com olhar mais atento era possível perceber a intenção de dominação da lua sobre o sol.

Poucas horas depois a comitiva estava preparada para partir.

  • Minokhan Vane, deixe tudo preparado para o plano B se for preciso.

E assim a comitiva partiu para os dias de viajem que viriam a seguir.

Corvos disfarçados de comerciantes e alguns destes, chegam à cidade e mesmo sob a intensa desconfiança e vigilância da população local estabelecem um contato amistoso (até onde pode-se afirmar isso) com o governo local. O mesmo ocorre em Caödi-ka e Khoyor.

Depois de muito trabalho consegue-se descobrir que possivelmente a filha do Barão de Morais está na capital Vermelha. Alguns comerciantes retomam o caminho para Dugardenha com a desculpa de levar produtos das Sunérias Unidas. Um plano de fuga é estabelecido.

O plano de fuga será posto em prática à meia-noite.

Solicitei a alguns soldados que trouxesse a garota, com quase dois anos já não tinha mais suas feições de bebe.

  • Vane, despache uma comitiva e leve a criança direto para Arqueduquesa Selma Santini Souza e Silva. - Ordeno ao segundo homem em comando.

  • Mas senhor, vamos nos desfazer de uma moeda de troca tão importante?

  • Vane, temos outras preocupações, não podemos ter um exercito em nossas costas enquanto tentamos concluir essa guerra. Aprenda se você quer ter a confiança de alguem tem que lhe dar a sua primeiro.

Sem pestanejar mais Vane atendeu a ordem.

  • Prepare um barco, minha ultima reunião com aquela mulher não foi muito boa, tive que me retirar para organizar as coisas aqui, mas ainda temos um ultimo reino a visitar. Continuaremos o plano do ano passado.

  • Afirmativo senhor.

Em poucas horas, 5 veleiros partiam rumo a Romania.

[font=Garamond][size=150]
[tab=30]Os agentes romanianos chegam na cidade e se estabelecem em uma pequena casa no subúrbio, logo pela manhã iniciarão a sua missão.

[/size][/font]

  • Vane, não recebemos informes dos espiões de que a Frota chegou na Romania - Informa um soldado acordando Vane de sua tenda.

  • Mas que droga, a essa hora já era para estarem na mesa junto ao Rei Romanio e poderíamos pressiona-lo. Algo de saiu fora de controle, aposto minhas fichas que a esquadra Romania, atacaram nossa frota. Temos acordo de não agressão com as outras duas nações. Apenas eles poderiam fazer isso.

  • O que faremos?

  • Como assim o que faremos? Estamos falando do Teach, príncipe herdeiro do Império Vermelho, preparem a esquadra inteira, organizem todos os barcos quero 50 mil homens embarcados. Esse Romanios irão pagar se fizeram algo ao Governador.

  • Carregamos artilharia?

  • Não a artilharia Romania é melhor, vamos precisar nos movimentar rápido. E chega de perguntas providencie o que pedi.

Enquanto os homens executavam suas ordens, Vane observava todo movimento, atento a cada detalhe.

Após mais de 3 horas de preparação;

  • Senhor conseguimos alocar todos em 250 Fluyt.

  • Ótimo. - Diz Vane, subindo em uma delas. - De o sinal, preparar para zarpar a toda vela, proximidade a costa, quero observadores em todas as torres do mastro principal olhando para todos o lados, caso avistem algo quero ser informado imediatamente.

E assim a Esquadra I parte rumo a Romania em busca da Frota perdida.

[offtopic]Sabado vou criar o tópico da esquadra, vou criar direto no mar da Dugardenha, para pular a parte do Mar da Draconia que não interferira em nada no RP[/offtopic]

[offtopic]Só lembre do tempo de viagem e também do tempo para as informações chegarem. Visto que a medida padrão é de 7 dias entre Firgen e Midsurrise, daí tiramos as denais medidas por terra. Por mar o tempo é menor então teríamos que calcular esse movimento.[/offtopic]

Rumores da morte do Governador das Sunérias Unidas faz surgir pequenas rixas entre alguns de seus generais.

As rixas já existentes pela morte de seu Khan chegam ao extremo quando o Império Vermelho invade o território das Sunérias Unidas. Poucos dias depois, é sabido da morte do Imperador Vermelho e da existência de ao menos três candidatos ao Trono Vermelho.

Aparentemente, uma grande guerra civil se iniciaria entre estes três herdeiros ao Trono Vermelho e de ao menos dois generais sunerianos.

A guerra civil envolvendo a sunerians unidas e o Império Vermlho prossegue: os dois generais sunerianos se unem para resistir à invasão Vermelha.
Já o filho do Imperador, que estava no extremo oeste do Império encontra resistência de seu primo que estava na capital. Assim, duas frentes de combate se formam.