[INTERATIVO] Cidade de Inbhir Nis

[center]

[/align]

[size=150][font=fantasy][justify][tab=30]A cidade de Inbhir Nis, foi fundada há pouco mais de quarenta e cinco anos por jovens casais de suecos, noruegueses, escoceses e gesebianos, que não possuíam dinheiro suficiente para comprar terras em Wician-Dun mas apenas aos pés da Cordilheira Draconiana.

[tab=30]O nome da cidade significa boca de rio em draconiano antigo e refere-se a localização da cidade ser na nascente do Rio Gardennay, e não na foz do rio como se poderia presumir. Os habitantes da cidade, que pelo censo 04/1891 chegam a 308.344 sobrevivem da extração de madeira, da pesca, caça e da mineração.

[tab=30]Vários habitantes vão até as montanhas da cidade para se divertirem com esquis e trenós. Além de aproveitarem alguns pequenos lagos com água termal.[/align][/font][/size]

[center]Obras e prédios públicos:[/align]

[tab=30]- Diques de contenção do degelo;
[tab=30]- Escola de ensino básico;
[tab=30]- Escola técnica com formação para professores, geólogos e construtores;
[tab=30]- Posto médico;
[tab=30]- Orquestra sinfônica;
[tab=30]- Coral adulto e juvenil;
[tab=30]- Sistema de Saneamento Básico;
[tab=30]- Programa de Erradicação do Analfabetismo;
[tab=30]- Força de Suporte à Gendarmeria (40 gendarmes auxiliares);
[tab=30]- Calçamento com pedras no perímetro urbano;
[tab=30]- Base dos Rangers Draconianos (50 rangers).

[tab=30] Dois meses de intenso trabalho passaram mas os operários ficam felizes em terminarem as obras para contenção do desgelo das montanhas draconianas antes de iniciado o inverno.

[center]

[/align]

[center]E as obras tem início poucos dias após a resolução de Sir Richard Caçador destinando o dinheiro para as obras.

[/align]

[center]Com o terremoto uma avalanche atingiu algumas casa da cidade, rapidamente os moradores foram em busca de seus conterrâneos que poderiam estar soterrados, conseguindo salvar alguns mas foi contabilizado a morte de dezessete pessoas.

[/align]

[center]Os moradores recomeçam a construção dos diques contra o degelo das montanhas e solicitam que alguns geógrafos façam um estudo para a construção e melhoramenteo dos diques utilizados para barrar avalanches.[/align]

[center]Mesmo sendo a cidade mais atingida da região, Inbhir consegue voltar ao normal. Geólogos fazem estudos para determinar onde será possível construir as casas destruídas pela avalanche e como serão feitas os diques de contenção para avalanches.[/align]

A maioria das obras na cidade foram concluídas e as escolas já começam a funcionar . Em breve as obras de saneamento e de calçamento serão finalizadas.

[justify][tab=30]Com a conclusão da construção da Base dos Rangers em Inbhir Nis, 50 Rangers Draconianos passam a fazer a segurança dos cidadãos, agindo em conjunto com as forças da Gendarmeria.[/align]

[center]Finalmente é concluída as obras de saneamento básico e de calçamento da cidade.

[/align]

Geólogos da ITGE chegam à cidade na busca da criação de uma rota direta entre a cidade e Caernarvon, ou ao menos com alguma parte do deserto para, assim, facilitar a comunicação entre as mesmas.

As defesas da cidade ficam por conta de voluntários enquanto os homens treinados vão para a fronteira com a Romania.

[tab=30]Corvos conseguem se reunir com muitos apoiadores.