[INTERATIVO] Cidade de Midsurrise

[center][/align]

[justify][tab=30]Midsurrise é a cidade suneriana mais próxima de Firgen, com população aproximada de 70 mil pessoas. Serve de entreposto comercial entre a região sul da Sunéria, especialmente a cidade de Saikolyn, e a capital suneriana, SunneGod. Também possui uma base militar do reino, que foi criada para vigiar os povos do leste.
[tab=30]Cidade de ricos comerciantes, aproveitou-se da aproximação com Gesébia para realizarem negócios, sendo que a maior parte das caravanas sunerianas partem daqui.[/align]

População aproximada: 55.000 habitantes (destes, há em torno de 1.000 gesebianos)

[justify][tab=30]Tendo ficado dois dias na cidade, Richard e seus companheiros interagem com a população, sendo uma atração para estes. Lucas aproveita para fechar mais alguns tratados comerciais. Enquanto Douglas e Richard visitam o templo do Deus Sol, bem como a “escola” que funciona junto ao mesmo.

[tab=30]Quando informado às autoridades locais sobre as antigas funções de Richard, são convidados a visitar os prédios administrativos da cidade, que teriam as funções de prefeitura, posto fiscal e delegacia. Conversando com as autoridades locais, os mesmo perguntam qual a natureza da visita, ficando frustrados em saber que não é uma missão oficial do governo gesebiano.[/align]

[font=Times New Roman][size=150][i][tab=30]No sábado, alguns representantes do Banco Hohenzollern e do Grupo Empresarial chegam à Midsurrise. Os representantes analisaram toda a situação econômica do local, com o intuito de criar novos entrepostos comerciais na região, expandindo os negócios de um dos maiores impérios industriais de Gesébia

[center]Área central de Midsurrise[/align]

Apesar de apresentar uma sociedade e arquitetura muito aquém da apresentada no Império Gesebiano, Sunéria apresenta uma sociedade um pouco desenvolvida, com uma população frenética, e local onde a produção de tapetes e artigos têxteis são produzidos com excelente qualidade.[/i][/size][/font]

Representantes do Banco Hohenzollern, enviados a alguns dias para Midsurrise, decidem que entrarão em contato co a sede do banco para poderem dar início a construção de uma agência bancária na região, com o intuito de financiar a atividade têxtil no local. Além disso, existem a possibilidade da Companhia Comercial e Navegação expandirem seus negócios para o local, visando a exportação dos artigos têxteis produzidos, uma vez que estes são muito requisitados e valorizados.

Identificando as inúmeras potencialidades que Sunéria oferece aos diversos segmentos da indústria, representantes do Banco Hohenzollern, já familiarizados com o local, decidem viajar amanhã, pela manhã, até SunneGod, capital desta grande nação no deserto, com o intuito de poder conversar com os governantes da nação e negociar taxas especiais para que o grande conglomerado gesebiano usufrua desta terra, favorecendo a todos os envolvidos numa futura negociação.

Ao nascer do sol já era possível, para a caravana, ver a cidade de Midsurrise no horizonte. Ao meio dia era provável que ja chegassem a mesma.

[size=140][font=Times New Roman][justify][tab=30]A comitiva romaniana era composta de 20 homens. Destes, dez eram experientes soldados da 1ª Brigada de Infantaria do Exército Real, encarregados da escolta do grupo. Outros cinco, eram engenheiros ou cartógrafos, provenientes da Estafe do Comando do Estado-Maior do Exército. O restante tratavam-se de burocratas, destacados a acompanhar o diplomata destacado pelo Regente para representar o Reino da Romania, o Sr. Filippo Ezio Matarazzo, Barão de Udine.

[tab=30]Já transitando pelas ruas da cidade de Midsurrise, Filippo não pode deixar de observar, através da janela de sua carruagem, o quão inquieto e tenso era o semblante dos sunerianos. Não poderia ser diferente, pensara para si, uma vez que a guerra poderia estar prestes a cair sobre suas cabeças. Seguindo a comitiva, todos esperavam por um momento de descanso, já que as breves paradas eram somente noturnas, destinadas ao descanso e alimentação dos homens e dos animais.[/align][/font][/size]

Tendo ficado apenas um dia, a caravana sai de Midsurrise em direção a Sunnegod já na sexta=feita, pouco antes do por do sol.

Uma família de agentes passa a morar em Midsurrise e servir de entreposto para os comerciantes gesebianos e até de algumas caravanas sunerianas.

[tab=30]Instalados a meses, representantes do antigo G.E.H., continuam ainda a estudar as possibilidades de advento de comércio com a Cidade de Midsurrise. Procurando entrar em contanto com grandes produtores locais, tais representantes ainda possuem o desejo de efetivar a criação de uma empresa de comércio internacional com o local. Espera-se apenas, a conclusão dos trabalhos e aprovação do financiador, o Cônsul Romaniano, para que os planos finalmente saiam do papel.

[justify][tab=30]Após a longa viagem pelo deserto, a equipe da Montanha de Ferro finalmente chega na cidade suneriana. Após descansarem da viagem e conversarem com locais sobre suprimentos, iniciam os trabalhos.[/align]

[font=Garamond Bold][size=150]
[tab=30]Uma equipe de acadêmicos romanianos se estabelecem na cidade, a equipe, formada em sua maioria de arqueólogos, fora enviada pela Universidade de Monte Bello com o intuito de reunir maiores informações sobre a Civilização Suneriana.

[/size][/font]