[INTERATIVO] Gabinete do Marquês

[center][tab=30]Neste gabinete o Marquês recebe seus convidados e trata dos assuntos referentes a Marca da Cisalpínia.[/align]

A carruagem de Silverius finalmente chega a cidade e sem perca de tempo se dirige até o Prédio reformado da Prefeitura e suas dependências.
Após estacionar-se no pátio do prédio, o cocheiro abre a porta da carruagem e Silverius desce da mesma como de praxe com sua pasta em mãos e sua cartola e caminha em direção a porta aonde os funcionários o esperavam para iniciar os trabalhos da gestão Cisalpense que deveras estava atrasada.
Silverius acena a todos e dirige-se até seu gabinete na ALA B do prédio aonde começaria a despachar melhorias ao presente e futuro de Cisalpe.

[spoil]

[/spoil]

Um mensageiro chega:

[center]Carro estacionado no pátio da Intendência.

[/align]

[font=Palatino Linotype][size=150][justify]Adentrando no prédio da Intendência de Porto de Cisalpe, o Governador-Geral da Gardennha encontra apenas funcionários da zeladoria e da segurança. Nenhum responsável pelo Gabinete foi encontrado.

Como não queria interferir em jurisdição autárquica, deixaria as instalações.[/align][/size][/font]

O Visconde de Firgen passou pela Intendência onde redigiu seus primeiros Atos Administrativos como Intendente Imperial de Windhelm.

Após redigir os dois primeiros atos administrativos de Windhelm, o Visconde partiu em sua viagem de volta à Firgen.

Pela noite o Visconde de Firgen chegou a Intendência e começou a atualizar-se e redigir algumas coisas.

Selma e Renan chegam a Intendência procurando pelo Visconde de Firgen.

[font=Palatino Linotype][size=150]Após ser informado por sua secretária, o Visconde de Firgen veio de encontro àqueles que o aguardavam.

  • Boa noite! Fui informado de que estavam em minha procura. Em que posso ajudá-los?[/size][/font]
  • Boa noite, Visconde. - respondem ambos.

  • Eu sou Renan e esta é minha noiva Selma. Eu sou tenente dos fuzileiros e ela é inspetora chefe da Gendarmaria e pupila de Sir Caçador. E, pela amizade que tens peli Comissario, estamos convidando o senhor e sua esposa para serem nossos padrinhos de casamento. O senhor aceita?

[font=Palatino Linotype][size=150]Surpreso pelo convite, Victtorio esperou algum tempo para recompor-se e respondeu.

  • É um pedido inesperado, meus caros… Eu aceito prontamente o vosso convite! Já há data marcada para o casamento?[/size][/font]
  • Será dia 30 agora de outubro na sede da Igreja Batista em Gardignon. Os convites em breve ficarão prontos. - respondeu Selma. - também tenho assuntos empresarias a tratar com o senhor. Primeiramente tem a votação no Parlamento sobre a estatização da CEDR e também fiquei sabendo que o padrinho gostaria que alguém cuidasse das finanças de suas empresas. Se isto é verdade lhe informou que poderemos cuidar disso.

- É a mais pura verdade! Há muito que procuro alguém que contabilize as contas de minhas empresas. A proposta de estatização de Alexander foi colocada em pauta novamente?

  • Estou pensando em cobrarmos 5% do custo-base das empresas para que façamos toda a contabilidade das mesmas, pode ser?. Logicamente teremos que abrir um escritório para isso antes. E sobre a estatização, o Comissário a reabriu no começo da semana.

- De acordo, de acordo… Bem, posso enviar um telegrama com meu voto a favor da mesma.