[INTERATIVO] Terminal Ferroviário de Bologna

[center]TERMINAL FERROVIÁRIO DE BOLOGNA[/align]

[font=Times New Roman][size=150][i]

[tab=30]Após vários dias de construção, o Terminal Ferroviário de Bologna finalmente é concluído, sendo o ponto de ligação entre as ferrovias da Companhia Ferroviária Romaniana. Composto por cinco plataformas de embarque e desembarque, o Terminal será capas de possuir até dez trens em suas plataformas, sem atrapalhar o fluxo dos mesmos e causar transtornos aos passageiros.

Dados de Construção[/i][/size][/font]
[spoil][i][size=150][font=Times New Roman][justify][tab=30]Tendo chegado à Bologna no início da tarde, os operários da Nova Roma Infraestrutura iniciaram a demarcação do lote, assim como a alocação de materiais, preparando o solo para receber as estruturas do alicerce. Estimava-se que o tempo de construção seria rápido, estando a obra concluída nos próximos 5 dias.

[/align][/font][/size][/i][/spoil]


[tab=30]No início da manhã, um trem de passageiros vindo de Napoli para na estação, desembarcando todos seus ocupantes.


[tab=30]Vários trens vindo do Porto de Catania, desembarcam milhares de imigrantes e mercadorias, necessárias ao impulso econômico da cidade e, consequentemente, de todo o Estado.

[font=Times New Roman][size=150][i]
[tab=30]No amanhecer do dia 16, um trem vindo de Venezia estaciona na estação. Entre os vários passageiros que desembarcam na estação, está o Governador Schimidt, da Alta Lombardia, que vem a pedido de Ivysson Hohenzollern para conversações acerca das recentes políticas tomadas pelo seu vizinho.

[tab=30]Oficiais da Carabinieri levam o governador até um táxi fora da estação, de onde partirá até a residência do Governador da Baixa Lombardia, a poucos metros do local.[/i][/size][/font]

[tab=30]Os primeiros milicianos recrutados começam a se aglomerar na entrada da estação, onde tomam algumas armas, munições e suprimentos, antes de subirem nos trens que partirão para o norte do Piemonte.

[font=Times New Roman][size=150][i]
[tab=30]Os primeiros soldados voluntários chegam no Termina Ferroviário. Enquanto todo o contingente convocado não chega na região, são entregues armas, alguns suprimentos e munições para os novos combatentes, de modo a auxiliarem-nos nos combates.

[tab=30]Alguns minutos mais tarde, Ivysson Hohenzollern chega no terminal em seu uniforme do Exército Prussiano, acompanhando de Wilhelm, seu filho, tomando o primeiro trem para Bolzano junto com a III Divisão de Guarda de Voluntários da Lombardia.[/i][/size][/font]