Marrocos

[BBvideo 560,350]http://www.youtube.com/watch?v=cxzBQJQwFd0[/BBvideo][center]Musica para combinar[/align]

[center][/align]

Marrocos, descendentes dos mouros que no passo conquistaram quase toda Iberia e ainda invadiram França mas cristão expulsaram, mas iremos conquistam novamente ALLAHU AKBAR.

Capital: Fez
Forma de Governo: Monarquia
Governante: Sultão: Eyrrikhhm da dinastia Al Brakham
Aliados:
Inimigos:

[justify][tab=30]O Reino da España, na figura de seu honorabilíssimo Rei Alejandro da Casa de Padilla, Primeiro de Seu Nome, vem questionar acerca da intromissão marroquina na guerra entre Espanha e Portugal. O Reino exige a retirada imediata das forças marroquinas da Ibéria, e o retorno dos territórios conquistados ao controle espanhol.[/align]

[justify][tab=30]O Reino da España, na figura de seu honorabilíssimo Rei Alejandro da Casa de Padilla, Primeiro de Seu Nome, nota com pesar o descaso marroquino ante a diplomacia espanhola, dada a recente declaração de guerra ao Reino de Portugal. Assim sendo, exige a cessação das hostilidades entre o Sultanato do Marrocos e o Reino de Portugal, e o retorno dos territórios ibéricos ao comando espanhol, em um prazo máximo de 48h.[/align]

[justify][tab=30]O Reino da España, na figura de seu honorabilíssimo Rei Alejandro da Casa de Padilla, Primeiro de Seu Nome, reitera o prazo de 48h concedido ao sultão marroquino, e reitera que não irá aceitar a intromissão marroquina no conflito.[/align]

[justify][tab=30]O Reino da España, na figura de seu honorabilíssimo Rei Alejandro da Casa de Padilla, Primeiro de Seu Nome, em resposta à última missiva do sultão, decide cortar pela metade o prazo concedido. O Sultanato do Marrocos tem até as 15:18h do dia 16 de Janeiro de 1914 para cessar todas as hostilidades.[/align]