[PEC 010/1890] Da Diplomacia e afins.

[font=Century Gothic]Excelentíssimos colegas, trago até vós uma proposta que tem como finalidade organizar o órgão diplomático de nossa pátria bem como atualizar determinados aspectos de nossa estrutura governamental.
Proponho as seguintes alterações em nossa Carta Magna:

[/font]

[center]Aprovo, penso que esta medida ,de dar mais autonomia a diplomacia, tornara o império mais impermeável a fugas de informação especialmente num assunto de tal importancia como a diplomacia.
Uma critica que faço é que o trabalho do senado é avaliar leis ,não carácter, o que é necessário num trabalho como o de diplomata a meu ver o Primeiro-ministro devera escolher um Chanceler e este devera ser aprovado pelo imperador se for de seu agrado.[/align]

-Vossa Excelência, o nosso Chanceler já e nosso Primeiro-Ministro.

[center]Perdão? Eu estou apenas comentando o que esta sendo proposto(O titulo Chanceler passa a ser essencialmente o encarregado da diplomacia e o Primeiro Ministro passa a ser o titulo correspondente ao actual Chanceler),peço que se esclareça.
Esta dizendo que isto já foi aprovado e o Chanceler esta acumulando o cargo de Primeiro-ministro,algo do género… ou algo completamente diferente?[/align]

  • Ha, sim claro, eu estava achando que o senhor estava dizendo outra coisa…bem, o que importa e que eu APROVO esta PEC.

[offtopic]Desnecessário, e essa PEC deveria ter sido arquivada quando do Decreto Imperial 24/1890.[/offtopic]