Pride of Nations: Dev Diary #2

Uma das primeiras decisões que fizemos no Pride of Nations (antes conhecido como “Vainglory of Nations”) foi que usar uma única moeda para fazer de tudo dentro de tal nação não seria uma coisa legal.
Como muitos de vocês sabem, a maior parte das indústrias da era não eram financiadas pelo estado, mas pela inciativa privada. Por outro lado, os exércitos e armadas eram mantidos pelo governo, usando várias taxas e medidas financeiras excepcionais para cobrir os custos.

Então, para nós, a conclusão lógica era que não seria realista para o jogo se misturassemos maçãs e laranjas. Decidimos então criar dois tipos de “dinheiro”: Capital Money (Dinheiro Capital) e State Funds (Fundos do Estado). Ambos co-existem dentro de uma mesma nação, mas são usados para fins diferentes. A parte legal disso é que podemos reproduzir com naturalidade diferentes perfis de diferentes nações, como a Grã-Bretanha e sua enorme quantidade de invetidores (então capital privado), e no outro lado, a Rússia Tzarista com sua quase orgânica incompatibilidade com a indústria por falta de dinheiro privado (os Bolsheviques não estavam em cena ainda, lembre-se disso!)

A Rússia Tzarista não poderia decidir do nada criar vastos complexos industriais, mesmo que o Estado (O Tzar) quizesse! Essa simplesmente não era a maneira que as coisas aconteciam no século XIX (19).
Porém, esses dois lados da mesma moeda estão firmemente ligados. Não é difícil imaginar que fundos capitais adicionais gerariam ainda mais fundos capitais, no bom e velho estilo capitalista: investimentos em indústrias geram lucros, e assim ainda mais fundos privados. O Estado tambémpode receber investimentos privados; por exemplo, existiram os infames “Títulos de Trilhos Russos”, quando a Rússia Imperial levantava fundos internacionalmente para financiar sua malha de estradas de ferro por meio de muitos investidores privados. A história é que, com a Revolução de Outubro, o empréstimo nunca foi pago aos investidores. Quer dizer: você pode quebrar o círculo vicioso de não ter fundos privados suficientes para inciar sua aventira capitalista, mas será mais custoso e demorará mais do que seria para países com um setor privado forte.

O outro lado da moeda, State Funds (Fundos do Estado) é mais direto. Sendo o Estado, você vai ter várias ferramentes (também conhecidas como taxas) para levantar fundos de vários setores. Você pode taxar a indústria, as frotas comerciais, os bens de luxo, a população, ou estipular uma tarifa. Todas essas opções vão gerar State Funds. Esses fundos serão usados para pagar a manutenção de seu exército e armada, a criação de novas unidades e navios, financiar expedições coloniais (outra grande parte do jogo), colocar ordens (ao setor privado) para novas tecnologias e equipamentos, e iniciar reformas militares. Fqiue tranquilo que terá amplas oportunidades para gastar todo o seu dinheiro do Estado. Você pode até emprestar dinheiro a outros países, com uma taxa de juro variável…

Isso, prezados jogadores, é a base da economia no PoN. Em breve mais, agora sobre como indústrias e o comércio funcionam…