Proposta: Campanha Comunitária

Senhores, proponho que façamos uma campanha comunitária jogando com o Brasil no Victoria 2, quase que um rpg de mesa. Eu jogarei de fato, mas os que desejarem assumirão papeis na governança do país como ministros, generais, almirantes…

3 Curtidas

Postos

Primeiro Ministro/Presidente: Fabote
Ministro da Fazenda: Hiryuu
Ministro da Guerra: Vago
Ministro das Relações Exteriores: Vago
Ministro da Ciência e Educação:Vago
Ministro da Justiça: Vago

2 Curtidas

Situação Geral

Em 1 de Janeiro de 1836 a America do Sul encontra-se no caos, inclusive no Brasil.
A província rebelde do Rio grande do Sul encontra-se em rebelião aberta contra o jovem imperador, embora seja apenas uma província contra todo o resto do Império os farroupilhas são financiados pelas Províncias Unidas do Rio da Prata e já possuem 15 mil homens mobilizados e marcham para o norte.

O Exército Imperial conta com 30000 homens liderados pelo promissor Luis de Alves e Lima e Silva.

Como podem ver precisamos de ministros competentes para orientar as ações dessa jovem nação.

(os que quiserem participar podem enviar qualquer tipo de requerimento para prints e informações)

3 Curtidas

Os que não conhecem tão bem o jogo e por acham que irão atrapalhar assumindo algum ministério podem ajudar como assessores.

2 Curtidas

Assim que eu comprar esse game bora MP

2 Curtidas

Ministro da Indústria, pode não? Rsrs
Aceito a Fazenda se ninguém mais quiser…

2 Curtidas

um Ministro da Indústria em um país sem indústria não iria ter muito o que fazer rsrs

2 Curtidas

Assembleia Governamental - Econômica I

Caro Ministro da Fazenda, senhor @Hiryuu, a Nação encontra-se em situação econômica debilitada dado a guerra e temo que o prolongar dos combates apenas causará mais impactos, entretanto desistir da província do Rio Grande do Sul não é uma opção e por isso, na falta de um Ministro da Guerra, eu formulei uma um plano e estou prestes a ordenar sua execução. Prevejo que as hostilidades no sul irão durar entre um e dois anos, por isso a Nação requer que o senhor produza um plano econômico satisfatório para a manutenção dos esforços de guerra.

Como pode constatar a situação financeira não é estável, teremos que subir os impostos para manter nossos homens no fronte.

Eu tomei a liberdade de redigir um esboço do rearranjo.

O senhor está livre para fazer as modificações que achar necessárias.

Outras informações que pode achar necessárias para vossa tomada de decisão:

Custo atual de uma brigada de infantaria

Custo Atual de uma Brigada de Cavalaria

Força de Trabalho

Produção

Trade

Os maiores produtores de material bélico do mundo estão em guerra, fora os EUA, e isso gerou a subida dos preços, principalmente de armas pessoais.

Embora os ativos militares não estejam com um preço muito acessível, eu solicito autorização orçamentária à aquisição para estocagem estratégica de 500 unidade de cada ativo militar.

2 Curtidas

Assembleia Governamental - Militar I

Como ainda não possuímos um ministro da guerra eu formulei um plano para lidar com os separatistas do sul.

Despacharei 30 000 homens para Curitiba onde eles se dividirão, 18 000 homens ficarão em Curitiba e o resto segurá para oeste e formará uma trincheira ao longo do rio Iguaçu. A força aguardará momento propicio para dar batalha à força de Bento Gonçalves que tomará atrito na ocupação de Santa Catarina.
A Armada Imperial seguirá com todos os meios disponíveis para o sul, onde executará um bloqueio total, impedido a compra de material bélico estrangeiro e sufocando a exportação de carne bovina.

Terreno de colinas em Curitiba

A selva em Castro torna impossível manter um grande contingente, mas a também facilita a vida dos poucos defensores suportados

A mesma coisa em Guarapuava

Possuímos um exército razoavelmente profissional

Senhor @Hiryuu, peço orçamento para o recrutamento de duas brigadas de artilharia do Rio de Janeiro, nosso exército carece de canhões.

Manterei o general Luis Alves de Lima e Silva no comando da força principal.

2 Curtidas

Assembleia Governamental - Educação e Ciência I

Na falta de ministro eu peço a solicitação dos senhores para decidir entre essas três propostas

Tecnologia I

Tecnologia II

Tecnologia III

2 Curtidas

Assembleia Governamental - Justiça I

Ainda não temos muita coisa nessa pasta, mas vale lembrar que estamos em período de regência e que a militância não para de subir.

2 Curtidas

Assembleia Governamental - Relações Exteriores

Espero diretrizes de quem irá assumir.

2 Curtidas
- Senhor Presidente, agradeço pela confiança. Sei que nossa situação não é das melhores, mas esse embate é necessário. Farei o possível para disponibilizar os fundos solicitados, mas isso nos obrigará a subir maisnos impostos para ao menos 90%. É certo qe o povo protestará, mas enquanto essa guerra perdurar não teremos outra opção. Esperemos qe Lima e Silva consiga conter a revolta o mais rápido possível.

- Embora não seja diretamente minha área, uma Bolsa de Valores deve aumentar nossa receita ao termos maior controles dos valores negociados, então têm minha preferência.
2 Curtidas
- Já iniciei a compra dos materiais necessários para o esforço de guerra. Usei os dois NF para incentivar burocratas nas duas províncias mais populosas, pretendo elevar a nossa eficiência na taxação. Recusei a proposta de aliança do Chile, é obvio que eles pretendem se envolver em uma guerra com as Províncias Unidas do Rio da Prata, mas não temos interesse em mais um conflito, ao menos não no momento.
2 Curtidas

Relatório Janeiro de 1836 - Setembro de 1838

-Senhor Ministro, fico feliz em informa-lo que a subida dos impostos em 5% teve o resultado esperado e conseguimos ficar com as contas no positivo.

-O nosso exército formou a linha Paraná no final de fevereiro. Bento Gonçalves tentou romper a linha no único ponto que não era selva, Curitiba.

-O Marechal do Império rompeu o centro inimigo com nossa cavalaria e pôs os estanceiros em debandada.

-O Exército Imperial perseguiu os inimigos, encontraram-se novamente em Lajes.

-Mas dessa vez o inimigo matou mais dos nossos do que nós os dele. Mas continuamos a perseguição até Porto Alegre.

-Com pesadíssimas baixas para o nosso lado, foi decidido a retirada estratégica para a linha Paraná.

-Bento Gonçalves, vendo que não poderia manter seus esforços de guerra tanto tempo quanto nós podemos manter o nosso, decidiu travar uma batalha decisiva em Curitiba, essa batalha decidiu o destino do conflito.

-Com 16 000 homens para cada lado a batalha foi equilibrada, mas no fim, o rio foi essencial para neutralizar a cavalaria gaucha que tentava cruzar sob muito fogo imperial. Luis Alves de Lima e Silva perseguiu novamente o inimigo no que seria conhecida como a Segunda Batalha de Lajes.

-O exército farroupilha foi massacrado e agora o caminho para Porto Alegre estava livre. Os uruguaios, mergulhados em uma guerra civil Blancos-Colorados, ofereceram uma aliança militar, mas eu, encarregado dos assuntos diplomáticos, achei melhor esperar a inevitável vitoria Colorada e depois aceitei os convidando para a guerra.O Uruguai é um pequeno país espremido entre duas potencias regionais e é bem claro na doutrina diplomática deles que para manter sua independência eles precisam se aliar a uma dessas potencias.

-Bento Gonçalves preferiu ver os gaúchos de joelhos antes de se render.

Viva o Imperador!

4 Curtidas
Vindo com dificuldades da região de Passo Fundo, Ricardo de Medeiros consegue chegar à capital Imperial. Solicitando uma entrevista com o Regente ou algum representante seu, expõe seu histórico e motivações.

- Sou nascido e criado na cidade de Passo Fundo. Como sou monarquista ferrenho precisei escapara dos rebeldes republicanos para chegar salvo à capital. Sou formado em Direito, um inventor principiante e possuo uma importante madeireira que opera ao longo dos rios Uruguai e Paraguai. Então podes entender como a Revolução Farroupilha trouxe-me prejuízos. Sabendo da situação de fragilidade do Império neste período regencial me disponho a servir nossa pátria na função que melhor o Regente aprouver. Embora, se permite-me, posso melhor trabalhar junto aos ministérios da Justiça, Relações Exteriores ou Ciência, nesta ordem.
2 Curtidas