[Review] Knights of Pen & Paper +1 Edition

[center]Knights of Pen & Paper +1 Edition[/align]

[BBvideo 640,400]http://www.youtube.com/watch?v=EPJvz-KClZM[/BBvideo]

[justify][tab=30]Parta em uma grande aventura neste RPG de pixel-art estilo retro, inspirado nos grandes títulos da década de 90. Você se sentirá jogando uma tradicional sessão de RPG de papel e caneta enquanto controla ambos os personagens jogadores E o mestre do jogo, podendo criar suas próprias quests e escolher quais batalhas lutar. Coloque um bando de monstros para fazer uma luta difícil e seus esforços serão igualmente recompensados​​![/align]


[justify][tab=30]Com 12 diferentes classes (6 desbloqueáveis), como cavaleiro, clérigo e mago, e 17 personagens (5 desbloqueáveis) que irão representar essas classes, como a avó, o nerd ou a professora, enfrente as mais de 100 missões, 50 monstros e 100 itens e equipamentos espalhados pelo jogo. Ferreiros, encantadores, mineração, coleta, tesouros escondidos e muito mais te espera, dando aos jogadores muitas formas de personalizar sua experiência de jogo.[/align]


[justify][tab=30]Criado originalmente para iOS e Android, onde vendeu mais de 100mil cópias, pela empresa brasileira Behold Studios, Knights of Pen & Paper +1 Edition chega agora aos PCs através da Paradox Interactive, em 5 línguas: Inglês, Português, Italiano, Espanhol e Alemão.[/align]


[justify][tab=30]Não espere mais, o mundo do Pen & Paper precisa de você![/align]


[justify][tab=30]Opinião:
[tab=30]Quem já jogou RPG de mesa vai se sentir em casa nesse jogo. Desde o Dungeon Master contando a história até as sacadas dos “jogadores”, tudo remete à uma mesa de jogo (afinal, é o q o título do jogo diz). Os gráficos em estilo pixel-art também remetem essa sensação de nostalgia, criando uma atmosfera que combina com a proposta do jogo.
[/align]


[justify][tab=30]O jogo fez sucesso no iOS e no Android, por isso a versão pra PC não é nada “espetacular” graficamente ou sonoramente falando (mesmo tendo ficado bem legal). É notadamente um jogo feito pra se jogar “rapidinho”, na fila do banco ou enquanto espera no trânsito, já q a opção de escolher quais e quantos inimigos enfrentar somada à possibilidade de salvar à qualquer hora permitem que facilmente se continue depois.[/align]

[justify][tab=30]Cada “jogador” tem sua própria personalidade, que confere bônus diferentes durante o jogo, assim como cada classe tem seus poderes. Tanto as Classes quanto suas habilidades remetem à Dungeons & Dragons, mais um ponto à favor. Você ainda pode desbloquear mais jogadores e classes cumprindo algumas quests durante o jogo. Isso aumenta o gameplay de certa forma. Há muitas referências durante o jogo, não somente aos rpgs de mesa, mas à cultura nerd/geek em geral, como o Dungeon Master “Mago Guerreiro”, claramente o Mestre dos Magos do desenho Caverna do Dragão, ou em um dos desertos onde pode-se ver um StarGate enterrado, ou items como a “Pena de Fênix” que revive um companheiro inconsciente; há até um item chamado “O Um Anel”, que aumenta grandemente a vida e magia do portador. As “conversas” entre o Mestre, os jogadores e os NPCs também colaboram para a imersão e sensação de uma mesa “real”, como quando ao chegar a uma vila o Mestre diz “Uma garota se aproxima, ela parece assustada” e um dos jogadores pergunta “Pelo menos ela é bonita?”, ao que o Mestre responde “É justo, ela tem Carisma 19”, e após cumprir a missão um jogador já começa “Vamos lá falar com aquela gatinha de Carisma 19” e o mestre termina com “Quem surge é o namorado dela, que os agradece por terem cumprido a missão”.[/align]

[justify][tab=30]Infelizmente, a opção de escolher quantos inimigos enfrentar é o que determina a dificuldade das batalhas, se você quiser enfrentar apenas 1 inimigo de vez, será muito fácil, o que demonstra a proposta casual do jogo. Os poderes das classes também não são muito variados, apenas 4 cada. Também não são todos que gostam de gráficos e sons “Old School”, o que também pode afastar jogadores que prefiram um rpg com mecânicas mais profundas.[/align]

[justify][tab=30]De qualquer forma, é um jogo divertido, e é muito bom ver a Paradox dando novamente espaço para mais um jogo feito no Brasil.[/align]

[BBvideo 640,400]http://www.youtube.com/watch?v=zG1RIEnTb64[/BBvideo]

beholdstudios.com.br/knights-of-pen-paper/
paradoxplaza.com/games/knigh … t_game-tab
store.steampowered.com/app/23174 … 1_7_15__13

Muito interessante… você sabe mais sobre a empresa brasileira? Acho isso fenomenal, empresas brasileiras fazendo sucesso e criando games -

Não mto, fora o q tem no site da empresa (q está em inglês, ok, vendas mundo afora etc e tal, mas bem q podia ter uma "versãozinha em pt-br).
São de Brasília (sim, acreditem, há vida inteligente lá), foram fundados em 2009, inicialmente criando jogos para dispositivos móveis, têm uma equipe de 6 pessoas e um portfolio de 7 jogos, já ganharam prêmios internacionais, principalmente com o KoP&P, que fez tanto sucesso que a PI se interessou em publicar para PC.