Roleplay via fórum

Então, não sei se esse é o subfórum correto, mas ainda não temos nada nesse estilo, então vou colocar aqui mesmo.

Um RPG play-by-post já é uma ideia recorrente dos usuários aqui do GSB, mas hoje eu venho fazer uma proposta um pouco diferente, mas ainda assim extremamente semelhante: um roleplay. Difere-se de um RPG comum por não ter um sistema de jogo. Não existem níveis, regras profundas sobre habilidades, classes… nada disso.
Tudo depende da imaginação de cada jogador, da interpretação do seu personagem e interação com o mundo e outros jogadores. Por não ter muitas regras, conta-se com o bom senso dos participantes tanto para a criação do mundo quanto conflitos. O importante aqui não é ganhar, mas sim, como o nome sugere, interpretar o papel do seu personagem, até mesmo se, em certo ponto da narrativa, o papel do seu personagem seja morrer.

As possibilidades são infinitas, dependendo apenas da imaginação dos envolvidos. Utilizaremos esse tópico para discussão geral sobre a ideia, queria saber quem teria interesse em participar e cenários em que gostariam de jogar.
Alguns exemplos são os de steampunk, cyberpunk, fantasia medieval, sci-fi, pós-apocalíptico…

pós-apocalíptico fantasia medieval, um pós apocalíptico com fantasia medieval, ou então um fantasia medieval mesmo.

E o apocalipse aconteceu como com tecnologia medieval? ._.
Não sei vocês, mas acho apocalipse zumbi muito chato.

Também acho mais tipo, uma doença ou um meteoro que atingiu a terra e alguns sobreviveram ou então fantasia era das cavernas ate quando a tecnologia pode ir.

Bugado, seria um RPG, não tem como “ir até quando a tecnologia for” com um humano que vive em média 80 anos.

Você é algum tipo de leitor de mentes, Ferreira? Eu estava pensando em fazer uma postagem sobre isso e ver o que o pessoal pensa e tinha até conversado com o Sandman sobre isso (Até iria conversar com você, mas tu nunca fala na Steam). Creio que se tratando de cenário, nós devamos fugir do medieval optando pelo Cyberpunk ou algo moderno. Não precisa ir muito longe para ter ideias por exemplo: Fallout, Shadowrun, Mass Effect, Cataclysm DDA, X-COM, EVE, Crimson Skies etc. Não vou explicar todos, até consumiria muito tempo, mas ainda iria mais longe: sugiro a criação do nosso próprio mundo alternativo até.

Eu já tinha pensado em algo do tipo pós-apocalíptico com uma espécie de Cataclysm DDA e talvez um pouco de exploração espacial. Para quem não sabe o jogo é um zombie survivor. Se tirarmos os zumbis e adicionarmos fantasia tipo uma raça alienígena e vários planetas e tal e colocarmos um inimigo em comum (estamos entrando no Mass Effect até) teríamos um possível RPG? Eu usaria algo assim, um cenário futurista cheio de bióticos, bionicos, mutantes, raças alienígenas e etc. No outro lado tem Shadowrun (não sei de nada sobre) ou até Vampiro: A Máscara (ou sei lá como escreve) - outra opção minha. Seria legal “tentar” simular essa história de clãs e tal.

E sim, eu estava pensando em apresentar um projeto já pronto. Mais um motivo para eu fazer um mapa. xD

Pensei em dois temas principais. Gostaria de sugestões.

A) Steampunk, baseado na cultura vitoriana com militaria no estilo 1ª guerra, guerras com trincheiras e afins, e aeronaves estilo dirigíveis. O jogo focaria na pirataria, utilizando essas naves. Jogadores seriam piratas/mercenários, tripulação de uma dessas naves. Teria um pouco de intriga política, dentro de uma cidade livre, governada por piratas/mercenários, mas também envolvendo nações maiores, além de combate, obviamente. Teriam missões variadas, nem sempre focadas no combate e nas naves. A primeira arc aconteceria durante um período de guerras constantes entre algumas das nações mais desenvolvidas(culturalmente parecidas com diferentes nações europeias da era vitoriana). Seria mais focado nas rebeliões e dificuldades encontradas pelo povo do que no conflito em si.
[spoil][image]http://i.imgur.com/nz46pod.png[/image]
[image]http://i.imgur.com/wHyyH2o.png[/image]
[image]http://i.imgur.com/is1yCQu.jpg[/image]
[image]http://i.imgur.com/bfSPao3.jpg[/image][/spoil]

B) Cyberpunk. Não pensei tanto nesse segundo cenário, mas existem muitas opções dentro dele.
A população da Terra chegou à níveis monstruosos, e os centros urbanos cresceram muito. Focaríamos em apenas uma mega-cidade. Com uma população exorbitante, a criminalidade é alta nos bairros menos ricos(a maior parte deles), já que a polícia não tem como cobrir toda a cidade.
Terrorismo está em alta, tanto cibernético quanto governamental. Movimentos anti-governo são comuns e por vezes protestos se tornam rebeliões. A polícia não tem uma maneira eficaz de lidar com isso e acaba apelando para a violência. Mortes nos protestos são frequentes, o que acaba criando mais protestantes e terroristas.
A política teria uma grande parte em um jogo com esse cenário, penso eu. Não diretamente, mas os políticos/partidos teriam ligações com alguns grupos terroristas, sindicatos criminais e grandes corporações, e isso teria um grande reflexo no jogo.
Penso num cyberpunk não tão exagerado tecnologicamente. Nada de robôs com inteligência própria e esse tipo de coisa. Também acho que uma pegada mais noir ficaria interessante, com as máfias, detetives particulares e esse tipo de coisa.
Os jogadores fariam parte do submundo. Não de nenhuma organização, acho eu. Talvez uma própria dos jogadores. Acho que seriam espiões, mercenários, assassinos, etc, de alta perícia, contratados pela parte mais rica da sociedade(políticos, corporações e máfias).

[spoil][image]http://i.imgur.com/cqgxB45.png[/image]
[image]http://i.imgur.com/V4d5uLe.png[/image]
[image]http://i.imgur.com/AWIz8ov.jpg[/image]
[image]http://i.imgur.com/K855LTh.jpg[/image]
[image]http://i.imgur.com/mQk74Lz.jpg[/image]
[image]http://i.imgur.com/KGR4nYQ.jpg[/image][/spoil]

Bom, eu teria interesse. Na verdade, eu andei desenvolvendo uma ideia de RPG interessante.

Se vocês são fãs de coisas futuristas e/ou já jogaram SMAC, poderíamos tentar um rpg de viagem espacial. Os players seriam passageiros de uma grande nave, que teria a missão de achar um novo lar para os humanos (a Terra estaria em meio a uma crise). Porém, um acidente no fim da viagem causa a destruição da nave, forçando os players a usarem scape pods para atingir a superficie do planeta. Lá, teriam que sobreviver em um ambiente hostil e cheio de segredos, dependendo da ‘natureza’, dos destroços e de trabalho em equipe para sobreviver e desvendar os segredos do planeta.

Se vocês não forem muito fãs de futuro e espaço e tal, poderíamos tentar algo parecido, só que na Terra atual mesmo: Os players seriam náufragos em uma ilha (mas não uma ilha comum…)

a) Crimson Skies é perfeito, não mais. :smiley:

b) Sandman tem umas ideias especiais de distrito (eu acho) - ele poderia explicar mais como funciona. Não gostei da ideia da “cidade mundial”. Nada impede, mas poderia ser até em outro mundo. A ideia é boa, dá pra misturar um pouco de shadowrun e até mirror edge, tipo: os jogadores podendo ser “criminosos” e mercenários. Ah, tem Syndicate também, pronto, falei o que tinha de falar, Syndicate é foda.

c) A ideia é boa G1K, podemos tentar também.

Outro???

Ok, divirtam-se, só ñ qro ver mais ninguém quebrando o pau por causa disso…

Como assim outro? Não tem nada a ver com o NES/Laurentiania. :frowning:

Não foi pra vc, :amor

:welcome

Por mim steampunk e a ideia do Golden.

Eu pessoalmente sou um adepto fanático pelo estilo Cyberpunk com misturas de exploração espacial e fantasia interplanetária.

Acho dois assuntos muito massantes e chatos que é o medieval e o apocalipse zumbi.

Quanto ao sistema que vocês querem desenvolver, eu pessoalmente acho que a inexistência de regras tornaria a jogabilidade e até mesmo o roleplay impossível. Todos aqui tem a naturalidade de querer se manter vivo e assim o farão com os personagens. É inevitável alguém querer enfiar um sharingan, uma asa de demônio, chifres, auréolas, orelhas pontudas ou alguma outras habilidade OP ou característica copiada de algum anime ou jogo. Logo acho que o uso de regras é muito importante.

Depois de ver a discussão de vocês pela escolha de um palco para o jogo, pensei em algo como “Mundos Convergidos”, seria algo como a mistura de várias dimensões(futurista, medieval, fantástico, com uma pitada de magia) e o cataclisma espacial, temporal, dimensional e geográfico que essa conversão acarretaria. Um grupo se formaria por indivíduos de todas as “dimensões” e eles teriam de desvendar ou parar com esse cataclisma. Seria algo interessante de se ver, mas ao mesmo tempo eu jamais participaria se não houvessem regras e um GM, eu me frustraria de mais vendo as pessoas matando Tarrasques com uma pedra que ele viu no chão que subitamente se tornou a rocha do coração do dragão do caralho alado mais poderoso que existe em todas 3 googolhões de dimensões que estava na coroa da rainha do Acre.

Prefiro Sindicatos, a ideia de por a moral do jogador em foco por uma “missão do sindicato” parece algo bem legal - mas sempre tem aqueles leais bom que são cruéis… :cabecada

Tá chegando a hora de criar uma sessão RPG(PBF) aqui huehueuhe Já estamos na frente da Valinor atualmente, nesse quesito :hihi

Bom, eu participaria. Mas tudo vai depender do tema e regras do RPG, porque como o Sandman disse, acho que deve haver regras, e alguém moderando, pq senão vira baderna. É horrível jogar quando alguém acha q é o fodão e sai demolindo tudo e todos…
Mas já deixo claro q não entendo nada de jogos cyberpunk, steampunk e afins, nunca joguei nenhum dos jogos citados até agora, então estou meio perdido rsrs
Mas levando em conta a descrição feita pelo Ferreira, ACHO que steampunk seria mas interessante… Eu apenas sou contra magia e tal, não sou fã dessas coisas. Mesmo se fosse um mundo alternativo, em minha opinião os “humanos” deveriam ser só isso mesmo: humanos. E o resto, a história e o contexto a gente desenvolve ;/

Pra isso que tem um GM.

Por isso que as sessões seriam fechadas e com jogadores escolhidos pelo GM.

Amplo demais, imo.

Steampunk ou Medieval

E tenho dito xD

Um Cyberpunk pós-apocalíptico… Em um mundo de guerras e colapsos econômicos, os antigos governos falidos não tiveram opções a não ser ceder as grandes corporações, que cada vez mais se aprofundavam nesses países destruídos. Tudo se torna privado, até mesmo a polícia. As antigas cidades falidas teriam de ser migradas e teríamos de pensar em um ambiente… Com a modernização, veio a verticalização, então uma cidade vertical não seria estranho. Como uma piramide hierárquica, a cidade poderia ser dividida em “andares” e quanto mais alto, maior era o poder aquisitivo do povo que lá vive, até chegar ao nível zero, que é a zona mais baixa, onde as pessoas vivem em condições sub-humanas. Não precisaria ser no chão. Talvez enormes prédio ou construções flutuantes de GIGANTESCO porte flutuassem e as ruas e avenidas seriam “pontes” que ligariam estes prédios uns aos outros. A cidade voa, e na cidade baixa (o ponto mais baixo da cidade) realmente daria a impressão que estaria no chão, embora a cidade estivesse a 300 metros de altura. Os carros e os meios de transporte em geral voariam, e a forma mais prática de trocar os níveis seria um meio de transporte que sobe e desce paralelamente em um sistema eletrônico que garantiria nenhum tipo de engarrafamento, já que tudo seria controlado eletronicamente… Quanto mais níveis para cima, menor a quantidade de ruas que se ligavam entre os prédios, uma vez que são poucos os prédio que chegam até a altura máxima da cidade. Enquanto no nível zero mal se consegue enxergar o real solo da terra (300 metros abaixo) devido a grande quantidade de ruas, no nível mais aquisitivo as ruas se limitariam a esferas ao redor dos poucos prédios que chegam tão alto. Para migrar entre esses prédios, também somente com a ajuda dos meios de transporte voadores…

O Nível Zero seria o ponto de exploração máximo, Condições sub-humanas e complicações enormes. Propagandas eletrônicas se espalhariam pelo nível zero propondo migrações para minas em outros planetas colônias, de forma enganosa, fazendo-os achar que seria algo melhor, embora fossem praticamente escravos.

Ótimo spartacus