Salão Verde



Este salão é o local de encontro de todos os membros do Partido, um local para conversarem com mais privacidade e sentirem o patriotismo que exala dos quadros e esculturas aqui encontrados.

Após dispensar a sua guarda, o Chanceler se dirigiu ao Salão Verde, se serviu de um pouco de vinho da romania, se sentou em uma das várias cadeiras e ficou admirando os quadros que retratavam vários eventos da História do Império.

Após sair do Senado, o Chanceler vai para a sede do Partido, conversa brevemente com alguns membros dos Punhos e alguns apoiadores, em seguida vai pro salão verde, como fora solicitado, dois membros dos punhos estavam do lado de fora.

Ninguém ainda? - diz o Chanceler ao se sentar e por o sabre e o quepe sob a mesa, em seguida ele serve um pouco de whisky e aguarda a chegada dos outros.

Erwin chega em seu cavalo, adentra o salão após se identificar, senta na mesa do Führer e diz:

-Boa noite Mein Füher, Fui pontual? Onde estão os nossos outros Kamaradens?

Boa noite Sr. Erwin, eles não chegaram ainda, deseja beber algo?

Adoraria beber uma cerveja alemã feita na minha cervejaria, mas infelizmente a CIC ainda não a reabriu. Pode ser uma água.

Adentrando o salão verde,Stanislau se põe em rumo a mesa onde estão sentados seus compatriotas,senta em uma das cadeiras e fala:

-Boa noite Führer,compatriota Erwin.

Ah a cerveja, eu adorei a cerveja de vossa cervejaria mas aqui está a sua água.
Excelência, é bom vê lo, deseja beber algo também?

-Por acaso terias Vodka?Eu não resisto a uma boa e velha vodka russa

Vodka? - diz o Visconde olhando as prateleiras.
Não tenho certeza se é russa mas temos essa aqui - diz o Visconde ao servir um copo ao Sr. Abramov.

Erwin lhes disse:

[font=Garamond][size=150]-Então Kamaradens, viemos aqui para beber ou para ver a situação de nosso partido? Eu gostaria, primeiramente, de discutirmos quando sairá o decreto que me tornará juiz imperial?

Após isso os compatriotas deram uma tímida gargalhada.[/size][/font]

Vejo que temos um homem ambicioso entre nós - diz o Visconde ao tomar um pequeno gole de whisky.
Bem, será logo, assim que a PEC da Integridade for aprovada.

Stanislau faz uma ligeira pausa para tomar um gole de vodka,que pelo gosto parecia ser mais álcool destilado do que vodka.

-Senhores,gostaria de saber se poderiam se juntar à mim para aulas de Systema,nestes tempos incertos qualquer precaução tem seu espaço.

[font=Garamond][size=150]-Só se for ter desconto para membros do partido!

Após isso todos soltaram uma longa gargalhada.[/size][/font]

Fico grato pelo convite, mas não tenho tempo para isso e confio plenamente nos Legionários.

-Desconto…ummmmmmm,bem,creio que não há mal em dar um pequeno desconto para membros do partido,o que me diz de,5%?

-Eu pensava em 100%, mas aceito sua proposta como está. Senhores, já que não temos o que discutir, vamos beber!
Por favor, a bebida de maior teor alcoólico que tens!

Como eu não pretendo ficar bêbado, me manterei com este whisky.
Sr. Ministro, é verdade que o senhor possui uma… fonte termal aqui na capital?

-Sim,ela se localiza na fronteira entre a Baixa Gardenne é os Prados da Vitória,atualmente está em reforma devido a baixa temporada do verão.