[VIC2] ''Ou ficar a patria livre ou morrer pelo Brasil''

[shadow=blue]Eae galera xD , essa vai esta sendo a primeira AAR que escrevo, por isso peço que tenham paciência e deem o máximo de dicas para que eu as melhore, vou estar jogando com o Brasil no Victoria 2,meu jogo tem todas as DLCs e vou estar usando o PoD (Pop Of Darkness)
meu objetivo será: terminar como Great Power e ter ao menos uma Colônia na África, não tem o índice ainda por que só tem esse capitulo por agora, e não irei ficar voltando no save, ou seja: Se eu fizer merda e me ferrar já era. E eu estarei tentando postando 1 capitulo por semana ja deixando o primeiro aqui fixado[/shadow]

Capitulo 2-A morte de uma Republica

Capitulo 3-Problemas Internos

Capitulo 4-Guerras sem fim

Capitulo 5-Batalhas sem fim

Capitulo 6-Desejo de vingança

Capitulo 7-Guerra da Venezuela

Capitulo 8-Lucros Com a Guerra

Capitulo 9-Revoluções Absolutistas

Capitulo 10-Segunda Guerra da Cisplatina

Capitulo 11-Quase Vitoria

Capitulo 12-Dupla Vitoria

Capitulo 13-Força Liberal

Capitulo 14-Guerra de 3 dias

Capitulo 15-Expansões

Capitulo 16-Sangue e Ferro

Capitulo 17-Imperialismo Brasileiro

Capitulo 18-Expansionismo

Capitulo 19-Fronteiras Naturais

Capitulo 20-Marcha Sobre Buenos Aires

Capitulo 21-Guerra do Pacifico

Capitulo 22-Guerras Africanas

Capitulo 23-Guerras Coloniais

Capitulo 24-Guerra do Paraguai

Capitulo 25-Novas Conquistas

Capitulo 26-Ajudando os Aliados

Capitulo 27-A Grande Guerra da America

Capitulo 28-Resistência Brasileira

Capitulo 29-Fim da Guerra

Capitulo 30-Outra… Guerra?

Capitulo 31-Os Ingleses Estão Chegando !

Capitulo 32-Recuperação

Capitulo 33 e 34-A Grande Guerra

Capitulo 35-Imperialismo Brasileiro

Fim

Capitulo 1-Guerra de Farrapos

O Brasil ja esta a um ano enfrentando uma revolta no Rio Grande do Sul e Santa Catarina que quer se separar em uma Republica, e estes se encontram em guerra com o Império pela sua independência

Antes de serem preparados os exércitos, O rei e o Parlamento declaram os direitos civis do homem, algo nascido na revolução Francesa mas so agora declarado no Brasil, e então, dia Primeiro de Janeiro de 1836 é declarado os direitos do homem no Brasil

Os exércitos perto da fronteira com a Republica Rio-Grandense são recuados para Campinas e vão ao encontro do exercito que estava na capital. é ordenado o recrutamento de artilheiros,dragões e soldados de infantaria para o combate contra a recém-formada republica que vão se reunir todos em Campinas para combater o RS, felizmente a população começa a se estabilizar e com isso o imperador aproveita e aumenta alguns impostos

Um grupo de radicais conhecidos foram visto em um sobrado na rua de Cato regularmente durante vários meses. Eles faziam parte do grupo radical republicano, suas tentativas de recrutar novos membros, levaram as autoridades locais a levantar as sobrancelhas nessa questão e manter o olho bem aberto sobre o grupo. Em um ataque do amanhecer pela polícia esta manhã, foram confirmadas as suspeitas como o grupo foi pego em flagrante planejando um assalto em um conhecido membro do Conselho de Ministros, em preparação para um futuro golpe de Estado. Embora eles nunca arriscaram o plano. O incidente provocou um debate na Câmara Alta sobre a necessidade de limitar e regulamentar o direito de se reunir, o Imperador anunciou apoio aos liberais que acham que todos devem ter o direito de se reunir livremente

Um grupo de conservadores populares em Minas Gerais tem convencido a população a apoiar o conservadorismo e vem lhes ensinado seus valores.

Passando-se certo tempo o exercito para combater nossos inimigos é recrutado, ele conta com 9000 dragões, 3000 peças de artilharia e 15.000 soldados de infantaria o imperador decidiu que já era hora de atacar os sulistas já tinham ocupado uma cidade, os soldados marcham ate uma cidade que estava sendo atacada e vencem os invasores deixando alguns poucos sobreviventes que fugiram sobre perseguição brasileira. Quando eles começaram a se reorganizar as tropas brasileiras chegaram e os venceram novamente em batalha obrigando-os a recuar

Mundo em 27 de Julho de 1836

Vai focar na colonização ou na dominação continental?
Acompanhando :wink:

Primeiro vou tentar resolver os problemas das guerra, depois vou estabelecer um protetorado na Africa e aos poucos pegando as regiões que eu achar mais importante na America e na Africa que não forem tão difícil

Booooa! Acompanhando aqui :wink:

Sempre legal acompanhar um AAR com o Brasil! :brasil

Acompanhando! Que vontade que me deu de jogar com os Farrapos.

Eu ja tentei, dificil e depois de se separar, mas se manter e facil, e so vc ir perseguindo as tropas do BR antes deles recrutarem e juntarem tudo, mas a IA insiste em tomar as provincias…

Acompanhando aqui! Bom trabalho até agora!

Ta bem legal, quero ver os próximos capitulos =]

Ótima escolha, aguardo ansiosamente pelo próximo capítulo

Capitulo 2- O fim de uma Republica

O império em pouco tempo reconquista a cidade ocupada pelos gaúchos que agora tentavam capturar uma cidade vizinha, as forças imperiais marcham para esta cidade para impedir o avanço gaucho.
A Argentina solicita acesso militar já que esta em guerra com o Paraguai , o Brasil nega pois a Argentina e um dos poucos candidatos a potencia regional da America do Sul que poderiam representar perigo.

Duas noticias animadoras chegam ao Brasil, a republica rio-grandense fugiu intimidada pelo exercito brasileiro e recuou de vez para seu território o que facilitará para a tomada de sua capital. A outra noticia e que o povo Pernambucano tem se tornado cada vez mais patriótico.

Os brasileiros aproveitam-se de um descuido sulista e toma-lhe as capital enquanto eles tentam avançar sobre o Brasil os deixando sem seu presidente que agora já-se preso na prisão de Santa Cruz.
Os Amazonenses exigem o direito de comerciar livremente com outros estados e nações, esse pedido acabou gerando uma polemica que fez com que a câmara alta debatesse sobre o assunto, os liberais queriam a abertura dos portos, os conservadores que tudo se mantivesse e os reacionários que eles só pudessem vender para a capital. Apos longos debates os liberais vencem fazendo com que os portos fossem abertos

Na America Central, O pais de Nicarágua declara independência e a vence a confederação central em uma curta guerra.

O ano termina e o novo se inicia com os soldados avançando para salvar Desterro da mãos gauchas, assim expulsando de vez os gaúchos do Brasil.

O imperador envia uma oferta de aliança militar ao Chile em que ambos deveriam se ajudar em caso de guerra, os chilenos aceitam.

José Gomes de Vasconcelos Jardim presidente da Republica Rio-Grandense se rende perante os brasileiros os dando a vitoria ao império e finalizando a guerra e deixando o Rio Grande do Sul como um estado livre da escravidão

Mundo no fim do capitulo

Farrapos vencidos. :choro

Cuida na tua escrita pois tu estás meio repetitivo. Exemplo: o exército do Brasil, perseguiu e o do RS fugiu e a gente poderia chegar antes deles mas eles fugiram…
E assim por diante, isso torna a leitura cansativa e confusa.

Capitulo 3-Problemas Internos

Com a guerra vencida, o Brasil envia uma nova oferta de aliança ao Chile, se o mesmo o chamasse para a guerra agora o Brasil estaria pronto, o Peru pede acesso militar e o Brasil concede já o Peru agora lutava pela sua independência da Confederação, e quanto menos países grandes na America melhor.

Porto alegre está novamente sob controle brasileiro. Os gaúchos no entanto, prometeram continuar sua rebelião contra a falta de liberdade já que a escravidão lá foi abolida como consequência da guerra o que irritou aristocratas,pode revelar-se difícil nos próximos anos para manter a região calma.

A confederação pede o direito de mover suas tropas em nossos territórios e novamente negamos+

As pessoas começam a protestar pedindo mais representação politica, assim, solicitando uma reforma Politica, enquanto a aristocracia queria que as coisas se mantivessem assim, o governo arquiva o pedido de reforma politica

O Rio Grande do sul se torna mais Libertario, O imperio manda suas tropas para lá perto, la já houve movimentos separatistas, o povo se torna libertário e há noticias de movimentos Republicanos, seria bom evitar uma guerra civil

Uma Monarquia Africana, o Reino do Kongo chamou a atenção do Imperio, ela estava na Africa, de acordo com as informações não era aliada de outras tribos africanas e nem de nenhuma nação ‘’civilizada’’, era a chance do Brasil começar a se expandir na Africa, e prontamente o pais começou a buscar justificações para uma guerra

Mundo no fim do capitulo

Bah… adiar apoio a reformas é retrocesso, é ruim pro país :frowning:

O problema e que ali eu arquivava ou simplesmente dizia: ‘‘Reformas tem seus tempos certos, e não é agora’’ :choro

Mas a primeira opção dá apoio na população… e a segunda causa Militância, se bem me lembro… ou é Consciousness? Não lembro de cabeça… Se for Consciousness por uma lado é melhor, quanto mais Consciousness mais o povo “percebe” o que ocorre no país.

Ficou melhor nesse ep?

As 2 dão consciousness e militancy, a primeira da para as ‘‘elites’’ e a segunda para os pobres

Ah bom… mas é melhor ter militância na elite q nos pobres… afinal, são menos numerosos…

Concordo ^^, mas tem aquela treta, o mod faz com que provavelmente ocorra a proclamação da republica, seria dificil parar os oficiais furiosos junto com a aristocracia, porem mais facil do que segurar uma revolta gigante

Belo capítulo cara.
Em todo esse tempo de VIC, eu raramente jogo com outra nação que não seja o Brasil, só virei república uma vez, por isso eu sugiro que não tema uma revolta republicana, ela raramente acontece e quando acontece não passa de algumas poucas brigadas nos extremos da nação.

Não entendo nada da lógica o VIC, mas parece que o povo vai ficar bem insatisfeito… Isso não vai gerar mais separatismo e rebeliões?

E o Brasil é assim desde a colônia… xD